O Sol e sua influência em atividades sísmicas na Terra

O Sol e sua influência em atividades sísmicas na Terra

Todos sabemos que o Sol é um astro gigantesco e conforme minhas afirmações é Um Astro Frio. Ele é um gigante magnético e como tal emite radiações de energias magnéticas por todo o nosso Sistema Solar, consequentemente, todos os planetas, no caso a Terra, estão atrelados às Forças Centrifugas e Centrípetas geradas pelo Sol dentro do Sistema. Dai as forças de Gravidade, de atração e repulsão que mantém os planetas em órbita do Sol e este em Órbita de Um Ponto Magnético Central. Isso tudo aliado a Vácuo Total onde todos os planetas estão situados e por conseguinte lhes dá a cada um Peso Zero no Espaço Sideral, os mantém em órbita constante e permanente, diferentemente das estações espacias “rebolantes” que o homem lança ao Espaço e lá se mantém devido as forças de empuxo inicial e se utilizando de parte da Lei da Inércia, mas vez por outra caem, despencam sobre o homem, o qual teve sorte até agora delas não terem caído sobre suas grandes cidades e promovido grandes destruições. Sim, digo parte, pois a Lua que também sofre todas essas influencias do Sol e Siderais, se mantem em orbita, despencando vertiginosamente pelo menos uns 40 mil quilômetros quando se mostra como Lua Cheia, mas logo após retorna à sua posição inicial.

Como já explanei em meus livros, as chamadas explosões solares são choques de energias magnéticas que ocorrem nas altas camadas do Sol, resultado das ondas de reflexo dessas mesmas energias sobre cada planeta, os quais, servem de espelhos siderais mais seus grandes satélites naturais, que retornam ao Sol e se chocam com as outras que naquele momento estão sendo emitidas por ele. Portanto, as influencias do Sol sobre os vários tipos de sismos na Terra, ocorrem devido a grande energia magnética emitida por esse gigantesco gerador que é o Sol e, bem como, pelas forças centrifugas e centrípetas que descrevi.

Quanto as teorias astrológicas, e sem querer desmerecer os competentes astrólogos que se dedicam a esse mister, eu diria que elas precisariam ser revisadas, pois conforme minhas afirmações o nosso sistema solar é composto de 12 planetas mais o Sol, portanto há as influências de mais três planetas que ainda não foram descobertos pela ciência, mas existem, estão lá! E depois, e principalmente, temos cada um de nós nosso espirito com seu potencial e kharma especifico, particular, que nos dá nossas diretrizes do passado, presente e futuro, ou seja “O Eterno Presente”. Caso contrário, todos seríamos iguais, pois muitos nascemos no mesmo dia e hora e no entanto, uns são pobres, morrem pobres, são doentes, morrem jovens, outros são milionários e morrem velhos, com muito ou pouco sucesso em seus empreendimentos! O que demonstra que, sem a mensuração dos valores intrínsecos espirituais de cada um de nós, nenhuma influência planetária ou carta astrológica têm valor exato, matemático.

Agora, a partir de hoje, vocês vão ouvir falar de que os cientistas para darem valor a aplicação de Oito bilhões de dollares na construção daquele reator subterrâneo de partículas, estão dizendo que encontraram a partícula de Deus!!! Se encontraram, ótimo, mais uma descoberta que vem corroborar as minhas afirmações de que o “Big Bang” nunca existiu. É, portanto, uma farsa!

Como vocês podem perceber, não sou o dono da Verdade, mas a Ciência também não é, e eu prefiro ficar com as minhas afirmações e não teorias, pois sem querer ser “jactante”, elas têm mais lógica, pois me são ensinadas por seres mais evoluídos que eu.”

Abraços e disponham.
dyezzi:.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s