Fui dita que estive no Registro Akáshico deste universo

Registros Akáshicos

Pergunta:

Sr. Domingos:

Ao ouvir sua entrevista para o programa enigmas, sinto-me a vontade para relatar fatos que ocorreram comigo há anos atrás. Procurarei ser breve: Uma noite antes de dormir, alguém ficou falando repetidamente “pegue lápis e papel”. Eu respondia que precisava dormir mas fui obrigada a obedecer e só fui ler no dia seguinte, quando retornei do trabalho, descobri que era uma fita de relaxamento intitulada “Escada de luz”. Bem, gravei em uma fita e fiz o referido relaxamento, continuei recebendo várias mensagens até que pedi que parasse pois eu estava muito confusa. Uma certa noite, tive “um sonho” que lembro com detalhes e desde então busco respostas. Sonhei que flutuava no Cosmo muito estrelado e perto de mim apareceu um cubo branco com inscrições neste cubo, [mas] faltava um pequeno pedaço que consertei e completei uma escrita nele já gravada. Imediatamente fui parar numa sala toda branca com mesas que tinham quadrados em seus tampos; perto de mim apareceu um ser muito alto, eu não vi seu rosto, só gravei bem o símbolo que ele trazia numa túnica meio cor de cereja. Ele me perguntou se eu sabia trabalhar ali, eu respondi que sim, então ele foi embora e eu passava as mãos sobre os quadrados das mesas e estes acendiam e apagavam. Acordei muito intrigada com o sonho e passei a buscar respostas. Uma certa ocasião um espírito me disse que eu estive no Registro Akáshico deste universo. Bem, além desta passagem tenho alguns escritos que recebi de um ser totalmente dourado com os olhos lilás. Ele era pura energia elétrica chamado Sium. Aguardo um parecer seu.

Muito obrigada,
Clélia

Resposta:

Prezada Clélia,

Grato por sua pergunta.

Pelas minhas experiências e vivencias “in loco” no assunto, posso assegurar a você que existem milhares, até milhões, de pessoas vivendo na Terra, cujos espíritos são de origem extraterrestres, dos mais variados planetas e constelações da nossa Galáxia e de outros recantos do Universo. Pessoas, cujos espíritos para cá vieram ou “foram empurradas” para cumprirem determinadas missões, tais como, aprendizado, esclarecimento, distribuição de conhecimentos e ao mesmo tempo, serem intermediários/médiuns, entre os campos físico e o energético, entre o terrestre e o extraterrestre, e com certeza, você e o seu espírito são uma dessas pessoas, que abençoadas pelo que eu chamo em meu segundo livro de “O bendito Esquecimento” quando nada lembram do que foram ou que fizeram ou ainda de onde vieram, mas seus DNAs, sabem, trazem registrados intrinsecamente dentro dos Registros Akhashikos Universais, todos esses detalhes.

Consequentemente, para muitas dessas pessoas, o Universo Grandioso, se torna pequeno frente a todas as suas possibilidades e potencialidades e, desta forma, “marcam encontros” com seus antigos “patrícios” de seus antigos planetas para em determinada época de suas vidas em desabrocharem essas possibilidades e se reencontrarem, e aqui, para reiniciarem o que ficou programado há milênios atrás, assim como outros, que estão passando pelos mesmos problemas e terão a oportunidade de serem esclarecidos e formarem uma base, após lerem estes nossos comentários.

O seu caso é típico de uma dessas pessoas. Seu “duplo etérico”, que é uma espécie de corpo-semi-material, que nasce com o corpo físico e se interpõe a ele e o perispirito (corpo astral), e serve também de um almofadado entre os dois, sendo ele o Agente da dor, ou seja, afastando-se o duplo etérico do corpo, seja por hipnose física ou química, seja por traumas violentos, o ser humano fica isento da dor física, podendo ser operado, podendo fazer os tratamentos que seriam os mais dolorosos normalmente, completamente sem dor e, no seu caso. no meu e no de outros, ele é atraído para fora do corpo físico e acompanha nosso racional para viagens astrais, dentro e fora do planeta, dentro e fora do astral e para dentro das naves extraterrestres que, na maior parte das vezes, ficam estacionadas nas proximidades da casa “do viajante”, seguindo todos os movimentos necessários para uma boa viagem e compreensão do “status quo” da ´pessoa naquele momento e, como “Um Repórter de Campo”, vê, ouve e fotografa mentalmente tudo, sem correr riscos de medos ou pavores, velocidades, ou queda de pressão sanguínea e outras deficiências ou defesas orgânicas que viriam a atrapalhar ou a interromper aquela missão. Ao retornar ao físico, rememora o acontecido, o que presenciou, narrando ou escrevendo em livros para outros poderem absorver, conhecer e divulgar. Exatamente o que fazemos agora.

Para aqueles que estão acostumados com esse “pseudo sofrimento”, sabem que não é um sonho, e também não é desdobramento, pois este se dá durante o sono e inconscientemente, enquanto que as Viagens Astrais ou, o que é chamado também por mim de ” Projeção do Duplo Etérico à Longas Distancias”, ocorre em estado de vigília, conscientemente.

Aconselho a você e os demais leitores lerem meus livros e a entrarem no meu site, onde vocês encontrarão outras respostas, outras afirmativas e detalhes nunca antes mencionados. Os livros estão em PDF e você poderá adquirí-los diretamente no website.

Por essas e outras razões, aqueles que são “abduzidos” mentalmente, ou fisicamente, parece já conhecerem aqueles que os vêm buscar. Mas, tudo já foi adrede preparado, programado minuciosamente, apenas o “pivot” da viagem, que é o sensitivo, de nada se lembre de antes. Portanto, você esteve dentro de uma nave extraterrestre e foi acompanhada por seres que já a conheciam e a acompanham, talvez há milênios.

Continue escrevendo, se possivel, anexe ao meu e-mail o que você tem de escritos, talvez possam servir para algum esclarecimento.

Abraços.
DYezzi::.

Anúncios