Entrevista com Jô Soares

Comentário:

Olá Sr. Domingos.

Tive o prazer de conhecê-lo há poucos dias através da internet. Assisti no YouTube sua entrevista no Jô Soares realizada em 2010 o que acabou por confirmar minha opinião sobre esse apresentador que como entrevistador, continua sendo um excelente comediante.

Ouvi atentamente sua explicação sobre o Sol e entendi perfeitamente mesmo não possuindo altos conhecimentos sobre física, química, etc. Já providenciei a encomenda do seu primeiro livro e sei que aprenderei muito mais com ele.

Realmente nossos irmãos interplanetários sabem escolher seus “trabalhadores” porque é preciso ter uma paciência e tolerância muito grandes com as pessoas tão cabeças duras que surgem pelo caminho. Desculpe o comentário mas é que eu me impaciento muito com isso porque ninguém é obrigado a ler ou ouvir esses ensinamentos e, portanto, não tem o direito de ficarem retrucando, pondo em dúvida, fazendo piadinhas e etc. Pessoas assim continuam vendo o Universo através de uma única janelinha, presos a páginas escritas há séculos, perdendo a chance de entender melhor essa imensidão onde estamos mergulhados. O ser humano tem muito medo de seguir em frente; prefere ficar amarrado às coisas já postuladas há tempos não percebendo que tudo evolui e que até os ensinamentos transmitidos chegam à nós conforme nossa capacidade de entendimento. Eu não desrespeito nenhum daqueles que foram instrumentos do Mais Alto para nos ensinar em tempos remotos mas eles também tinham noção de que o conhecimento é muito maior do que imaginamos. É maior mas nem por isso difícil. Nós é que gostamos de complicar tudo para dar uma aparência de algo superior e inatingível. Também não sigo nenhuma religião por considerá-las limitantes e querer que nos consideremos meros joguetes a mercê de um Deus que só pune e castiga. Tenho como guia, Mestre Jesus que para mim é um irmão mais velho que quis nos mostrar o caminho mais fácil da evolução.

Obrigada Sr. Domingos e saiba que tem em mim uma aluna muito atenta e interessada.
Rosa G., São Paulo

Resposta:

Querida Rosa,

O Ser humano em pleno século XXI não acredita na existência do espírito, não acredita na reencarnação e, como você acha que ele iria reagir frente a uma afirmação bombástica destas? Eu já a publiquei em 1978 num jornal de Ribeirão Preto, foi o maior auê!

Tenho consciência de que uma afirmação desta mudará todos os conceitos científicos e para-científicos, mudará tudo, dai a relutância e a inconformação dos leitos menos avisados. Agradeço a você pela amabilidade e após você ter lido meus livros e explorados meu site, volte a me escrever, estarei a disposição.

Quanto aquele apresentador, é uma boa pessoa, como você disse, um ótimo comediante, mas me deu a oportunidade de mostrar minhas afirmações.

Abraços e Feliz Natal!
DYezzi::.