Carnival's Energy

Carnival's Energy

Question:

Sent by Marco Mantuano on January 15, 2013

At the time of carnival, is there really an “opening” (astral, energy, vibration, I don’t not know the technical term because of my knowledge as a beginner compared to yours) where the negativity is more conspicuous in the air? During a period when I was involved as an observer of my relatives in umbanda, I heard this comment quite a lot [among them saying] that they had to protect themselves and such. What can you concretely tell me about the period of carnival (so that I, as well as my wife, who is an undeveloped advance medium, and my children can go through this period less affected as possible)?

Hugs!!!
Mantuano

Answer:

Dear Mantuano,

It’s a mistake to think that only in carnival these openings occur. We must not forget that in the headquarters of the schools of samba there is carnival throughout the whole year, because they need to raise monies to complete the carnival funds. AND these environments are ruled by alcohol, drugs, promiscuity and finally all possible and unrevealed barbarities. But there are a lot of serious people among all this. I always say: “Who is enlightened, illuminated, can enter any place that the negative entities do not see them.” The more tuned in “high harmonics” [one is], the less of any “low harmonics” will enter! Therefore, we are all surrounded, more and more each day that passes, just don’t tune into their frequency and nothing will happen. Let’s be active mediums, or not! God gives us the danger, but also gives us the forms of defense. Was not so, the world would have ended quickly.

There is no need to become a saint, just learn the usefulness of “pray and watch,” the rest will depend on our kharma (destination). I have a saying that says: “Woe to thee, or happy thee, on the day that your present meets your past.” The universal algebraic laws will enter the game, and if the previous production, either in this life or in past lives, was negative and in this (present life) is also negative, it equals the same, as they sum up, [and] in the same way if it was positive. Different signs are reduced, prevailing the sign of the greater. Do you understand?

The missed bullet only reaches those who shot it before!

Hugs,
DYezzi::.

Translated by Christina Chalréo Breault

[box type=”note”]Texto Original: Energia do Carnaval[/box]

Energia do Carnaval

Energia do Carnaval

Pergunta:

Enviado por Marco Mantuano em 15 de janeiro de 2013

Nesta época do carnaval, existe realmente uma “abertura” (astral, energética, vibracional, não sei o termo técnico devido meus conhecimentos de iniciante diante dos seus) onde a negatividade fica mais propícia no ar? Durante um período onde estive envolvido como observador de meus familiares na umbanda ouvi bastante este comentário (de que eles tinham de se proteger e tal). O que você pode me falar de concreto sobre o período de carnaval (para que eu passe este período o menos afetado possível, e minha esposa que tem mediunidade avançada mas não trabalhada, e filhos)?

Abraços!!!
Mantuano

Resposta:

Prezado Mantuano,

Engano se pensar que é só no carnaval que ocorrem essas aberturas. Não devemos esquecer que nas sedes das escolas de samba é carnaval o ano inteiro, pois elas precisam angariar fundos para completar a verba carnavalesca. E esses ambientes são regrados a álcool, drogas, promiscuidade, enfim todas as barbaridades possíveis e não reveladas. Mas há muita gente séria no meio disso tudo. Eu sempre digo: “Quem está aceso, iluminado, pode adentrar a qualquer lugar, que as entidades negativas não os enxergam”. Quanto mais sintonizado em “sintonia alta”, nenhuma “estação baixa” entrará! Portanto, todos estamos rodeados, mais e mais a cada dia que passa, basta não entrarmos na sintonia deles que nada nos ocorrerá. Sejamos médiuns ativos ou não! Deus nos dá o perigo, mas também nos fornece as formas de defesa. Não fosse isso, o mundo já teria tido um fim mais rápido.

Não há necessidade de ser santo, apenas aprender a utilidade do “orai e vigiai”, o resto dependerá do nosso khárma (destino). Tenho um ditado que diz: “Ai de ti ou feliz de ti, no dia em que o teu presente encontrar o teu passado”. As leis algébricas universais entrarão em jogo, e se a produção anterior, seja nesta vida ou em vidas passadas foi negativa e nesta (presente) também é negativa, sinais iguais: soma-se, assim também se foi positiva. Sinais diferentes diminuem-se, prevalecendo o sinal do maior. Deu pra entender?

A bala perdida só atinge a quem a atirou antes!

Abraços,
DYezzi::.

Nota do Autor: Prezados Leitores. Devo acrescentar que nada tenho contra o carnaval ou contra os carnalescos, até gosto pois é uma manifestação da mais pura alma popular brasileira, mas sinto-me na obrigação, por conhecer, de alertar os menos avisados sobre os vários tipos de energias deletérias ou negativas, que ocorrem e são exaladas e exudadas durante esses dias em alguns locais, pois quem os frequenta se deixa influênciar pelos mais diferentes instintos, o que com certeza, vão resultar numa quarta-feira de cinzas, mais cinzenta do que o normal. Abraços, DYezzi::.

[box type=”note”]Translated Text: Carnival’s Energy[/box]