O Que Acontece Após a Morte?

O Que Acontece Após a Morte?

Pergunta:

Olá novamente Sr. Domingos!

Poderia me responder algumas perguntas que me deixam em dúvida dia e noite?

  1. O que acontece quando morremos?
  2. Como é o processo?
  3. Existem seres que ajudam a gente “do outro lado”?
  4. Se existem seres iluminados, como encontrá-los?
  5. Caso não encontrá-los ou caso eles não existirem, o que fazer?

Muito obrigado,
Uerê

Resposta:

Prezado Uerê,

Aqui vão minhas respostas. Quase um livro. Peço a você que divulgue pois, muita gente precisa e vai querer saber desse este assunto:

  1. Não existe desencarne (morte) e reencarne (nascimento) iguais, apesar de aparentemente, parecerem ser idênticos! Ou seja, a morte e o nascimento são diferentes para cada pessoa. O moribundo pode estar sofrendo muito ou não estar sofrendo, mas, seu desprendimento será peculiar, exclusivo para ele, pois, vai depender do grau de adiantamento, de conhecimento e sobretudo, dos níveis de toxidade que ele pode estar carregando sobre si. Entenda-se por toxidade, todos os tipos de vicissitudes que dominam o ser humano, quando em vida, por exemplo, se no momento de sua morte ele estiver, vingativo, invejoso, avarento, odiando, não perdoando, cobiçando, tiver feito mal-uso de seus sentidos, como sexo, voz, olhos, ouvidos, mãos, pés, tiver sido um viciado em álcool, fumo, sexo, drogas, estiver ainda preso aos determinados tipos de alimentação, ter sido criminoso, traficante, desviado o dinheiro público ou de terceiros, mal uso da palavra, mal uso de suas prerrogativas de mando, de poder, seja em que área for, pública ou privada, enfim, ter sido um mal elemento, mesmo que as pessoas não tenham ficado sabendo de seus atos nefandos, e ainda mesmo que aparentemente ele possa não ter qualquer tipo de consciência, tudo ficará registrado nos chamados “Registros Akáshicos” ou seja, registros universais/siderais, tudo, mas, tudo mesmo, será o lastro, ou peso que o manterá por longo tempo dentro do corpo, até que a putrefação das células e moléculas se se desintegrem, arrebentando-lhe o cordão magnético que o prendia ao físico, e após, ele, já com seu teor magnético mesurado, será atraído para as regiões astralinas, tanto no Umbral como nos níveis mais elevados, nos quais, expurgará entre “amigos” comuns, ou seja da mesma afinidade ou como se diz na gíria, (da mesma laia) até que devidamente desintoxicado em seu Períspirito ele possa ser atraído para seu antigo clã familiar, de preferência e lá poder receber seu novo corpo. Devo frisar, que nem sempre o tempo que ele permanecer no astral, até que ele seja atraído para o novo corpo pode ser suficiente para ele se desintoxicar plenamente, daí ele trazer para sua nova vida, todos os sintomas das doenças ou dos vícios (os quais, também podem ser emocionais, mentais e etc.) e desta forma, volta para drenar suas toxinas em forma de doenças graves e de variadíssimos tipos. Teremos então, os elementos com deficiências graves, como câncer na laringe, no estomago, nos intestinos, fígado, baço, pâncreas, órgãos externos e outros órgãos internos, como olhos, voz, ouvido (os surdo-mudo) os aleijados, os portadores das doenças e tumores cerebrais, os portadores de síndrome de down e outras síndromes, incluindo-se as várias manifestações de epilepsia, catalepsia, loucura definitiva, aquela que é incurável, por sérias lesões cerebrais e mentais, de nascimento e por ações externas, tais como, choques, traumas e etc., bem como, as esquizofrenias, as depreções, os medos e tabus, os quais, também poderão estar ligados ao excesso de substância dopamina no cérebro, além dos distúrbios de mediunidade descontrolada ou mediunidade aberta. Todos esses sintomas e doenças, em sua maior parte, o indivíduo traz dentro desi karmicamente, pois ele retornou a vida com esses tipos de deficiência ou de carência, que com certeza, os especialistas das áreas da psiquiatria e psicologia, saberão como atenuar. É preciso salientar que, NÃO EXISTE INJUSIÇA DIVINA, tudo o que o ser humano aqui plantar, aqui ele colherá, mesmo que seja em reencarnações subsequentes. Eu vou mais longe dizendo que ” A BALA PERDIDA SÓ PEGA EM QUEM A ATIROU ANTES”, quer dizer que, não existe vítimas perante o Criador, apesar de no momento do acontecido, quando uma criança inocente é atingida, ela e seus parentes, inconformados, não sabem e não aceitam a fatalidade, mas, o espirito do que foi atingido sabe ou vai saber. O Mestre dizia “Eu Não vim para Mudar a Lei mas sim para cumpri-la” e Ele, sem exceção também foi aparentemente vítima da Lei Universal (veja o capitulo especifico sobre a Morte e a Missão de Jesus no meu segundo livro “O DNA Do Espirito E Os Extraterrestres“! Há outros casos de desencarne como aqueles provocados por acidentes, por assassinatos e outros que ocorrem inesperadamente, mesmo nestes casos, quando o espírito é expulso do físico, repentinamente ou abruptamente, estarão sujeitos ao peso das toxidades e ao tempo de desintoxicação. Há também os casos de suicídio, quando a pessoa, por covardia ou desespero, dá fim a sua própria vida pensando que assim se libertará de seus problemas, ledo engano! Ela, entrará num estágio tão penoso quanto, ou pior do aquele em que se encontrava quando em vida! Terá contra si, todo o peso de suas toxidades, mais uma agravante que é a de ter fugido da vida e a ter encurtado no seu tempo real programado para seu destino. Além de que, sofrer os traumas espirituais ou perispirituais do tipo de morte que provocou sobre si, ou seja, se foi por tiro, por veneno, por ter se atirado debaixo de um trem ou de um veículo qualquer e agora, por terem se utilizado de cartuchos de dinamites em volta do corpo, matado a si e a outras centenas de pessoas, que estarão atrás dela lá nas regiões umbralinas, em locais específicos só para os suicidas.
  2. Respondido acima.
  3. Sim, há seres socorristas do lado de lá que fazem o possível dentro de suas limitações para guiarem o desencarnado em seu novo “status”, bem como, preparando-os para a nova reencarnação, no exato momento para isso. Mas, essa ajuda não livrará aqueles que devem passar ou arcar com seus processos e responsabilidades.
  4. Sim, há seres iluminados do lado de lá, mas, como se encontram em patamares vibratórios mais elevados, só poderão ser encontrados, se o ser humano tiver também sua vibração elevada, ou se eles baixarem suas vibrações, o que é um grande sacrifício para eles, descerem até o ser menos elevado.
  5. Na verdade, a reencarnação é automática, ou seja, o ser desencarnado encontra-se do lado de lá necessitando retornar á matéria, pois essa é uma das cláusulas da Lei Universal, ele será atraído automaticamente para o seio do seu antigo clã, de preferência familiar, mas, para isso ocorrer, será necessário que haja alguém para dar à luz a ele e disposto a recebê-lo. Normalmente, já deverá ter havido um acordo para essa aceitação entre eles. A ajuda dos seres mais elevados Reencarnacionistas se dá no sentido de resguardar o nascimento de intromissões indesejáveis, tais como, inimigos do reencarnante, da futura mamãe e outros, que, por qualquer motivo, até pelo tipo de “habitat” inóspito, colocarem dificuldades várias! Vou dar um exemplo aqui, um tanto “animalesco”, mas, que penso, facilitará o entendimento de todos os que se interessarem pelo assunto. Temos aqui na Terra um exemplo típico que nos mostra como funciona essa questão do reencarne ou renascimento: A humanidade da Terra , é carnívora por excelência, então, assistimos a morte de milhões de animais bovinos, suínos e conforme os países, todos os outros tipos de animais, deveria haver a pergunta: Se existe a Justiça Divina e ela é igual para todos, como permite toda essa matança? Os mais afoitos dirão: Os animais vieram para alimentar o ser humano, consequentemente não há por que ter pena deles: Eu respondo: Sim, de certa forma, o nosso habitat permite e facilita a ingestão de carne de animais, o que não ocorrem em outros planetas evoluídos, sempre salientando, evoluídos, desta forma, aqui, quanto mais os animais são mortos, mais eles se reproduzem e retornam “dentro daquele bendito esquecimento” que já mencionei em capito especial do meu livro e dentro do meu site, e, quando o fazem, não retornam vingativos, ao contrário, voltam mansos, e se sujeitam a serem mortos até cruelmente para serem ingeridos de várias maneiras, quando que se no lugar deles, fossem os seres humanos a serem massacrados dessa forma, com certeza viriam vingativos e o círculo vicioso do kharma se instituiria “ad eternum”, ou seja, para sempre, mas, os animais, logo após serem sacrificados, são imediatamente atraídos para o seu meio, e não lembram do que passaram anteriormente, daí a reprodução continua, o que é uma “dádiva” para os criadores e pecuaristas que se enriquecem cada vez mais com essa indústria da morte de animais! Para evitar isso, conto aqui uma passagem pessoal comigo: tive uma cachorra da raça dogue alemão, grande, toda dourada, olhos dourados, nariz vermelho, de nome DAPHNÉ, em homenagem a suíte Daphnis et Clohé, de Ravel, que estava tocando no meu rádio, no momento exato em que eu a puxava do ventre da mãe dela no ato do seu nascimento. Ela só falta falar e eu aprendi com ela a sua linguagem que era, e é, pelos sopros do nariz, ou seja três curtos, três longos, um curto dois longos e assim por diante. Assim, criei uma afeição por ela e, quando por uma fatalidade, minha casa passou por uma grande enchente, não pude salvá-la, o que foi uma dor horrível para mim, como se eu tivesse perdido um ente da família, então num ato de desespero e para evitar esse “reencarne automático” que já mencionei, pedi ao meus Guias da terra, que não permitisse que ela reencarnasse, pois, gostaria de reencontrá-la quando eu retornasse ao campo espiritual. E assim foi feito! Hoje ela serve de cão guia para os socorristas que adentram ao Umbral para buscar alguns necessitados e eles a trazem para mim que a vejo, balançando sua cauda de contentamento quando me vê! Portanto, a todos aqueles que têm os mesmos princípios, podem fazer o mesmo com seus animais de estimação!

Todas essas informações apesar de eu ter-me alongado, ainda poderiam ser mais profundas, mas, para não ser cansativo e extenuante, pararei por aqui, não sem antes informar que, todas elas eu as recebi de seres mais evoluídos que eu, ou seja eu as verifiquei “in loco”, ou seja pessoalmente, mas, assim mesmo não me dá o direito de ser infalível. E ainda, que em planetas mais evoluídos, tudo ocorre diferentemente, devido ao nosso “habitat” ser um tanto grosseiro e dar margem a todas essas mazelas descritas!

O ser terráqueo não faz ideia nem de longe o que vem a ser a vida e o renascimento entre seres evoluídos!

Um forte Abraço e por favor divulgue sem exceção!
DYezzi::.

Viagem Astral

Viagem Astral

Pergunta:

Oi Domingos tudo bem? Eu quero muito aprender a fazer viagem astral. Quero muito mesmo. Eu preciso para eu poder saber quem eu sou, da onde eu vim, o que eu estou fazendo aqui e se tenho alguma missão aqui na terra, pra eu poder me guiar aqui nesta vida para que eu poça evoluir positivamente meu espirito, minha mente. Minha intuição me diz que com a viagem astral eu vou conseguir tudo isso que eu disse e quem sabe eu poça até ajudar os outros se Deus permitir. Esses dias sonhei com Jesus. No sonho eu tinha pedido pra ele me ajudar a fazer viagem astral. Daí ele tocava seu dedo indicador no meio da minha testa e eu sentia uma energia muito forte, principalmente no local onde ele tocava. Daí ele pega e coloca suas mãos, uma de cada lado da minha cabeça, e eu senti a mesma energia. Eu sentia uma alegria que não tenho palavras pra descrever o tamanho da minha felicidade no sonho. Eu queria sua opinião sobre este sonho e se ele tem algum significado. E eu queria te perguntar se você conhece algumas técnicas para fazer viagem astral, técnica de respiração, ou concentração, ou alguma outra técnica? Eu já ouvi falar de algumas mas não sei se realmente funciona. Eu queria sua opinião e se você puder me ajudar serei muito grato há você. Obrigrado pela atenção e fica com Deus. Abraços, Fernando S.

Resposta:

Prezado Fernando, A viagem astral, no meu caso, é uma consequência, ou um resultado, de minhas ações de vidas anteriores, onde eu já a praticava, que registraram em meus DNAs físico e espiritual. É uma espécie de válvula de escape para meu duplo etérico e meu perispirito, mas, mesmo assim, devido as minhas ocupações desta vida, consegui voltar a fazê-las ajudado pelas Entidades Espirituais e Extraterrestres que me acompanham; com muito sofrimento e muita dificuldade e muito a contra gosto, pois, ao contrário de você, eu queria jogar meu futebol, nadar, caçar passarinhos, tocar meu violino e jamais entrar nesse campo. Entretanto, as coisas não ocorrem conforme nossas vontades atuais, mas sim conforme o que ficou registrado e designado como nova missão. Não serão as viagens astrais que vão informar a você quem você foi ou quem será no amanhã, mas sim, uma preparação e e uma designação além da propensão a sensibilidade de psicometria, que é um tipo de mediunidade um tanto rara. Essa volta ao passado, poderá ser obtida através de uma hipnose regressiva ou até por um trauma físico grave, que obrigará o espírito a retornar ao seu passado, ultrapassando a “barreira zero”, ou seja, a divisão, dentro do útero da mãe, que separa o ser de uma reencarnação da outra. No caso de uma hipnose regressiva, precisa ser feita com profissional especializado, baseado cientificamente, para permitir o retorno do espírito e sua mente aos seus dias atuais, caso contrário, ele poderá ficar retido em uma de suas encarnações e voltar dizendo “que é Napoleão”, como muitos pacientes dos Hospitais Psiquiátricos, que apesar de serem tidos e tratados como loucos, não são loucos, apenas perderam a noção de tempo e espaço, “vivendo” em outros tempos que marcaram suas vidas e consequentemente, seus DNAs. Sou de opinião, pela minha vivência e experiência total, de que não se deve mexer em “time que está ganhando”, ou seja, deve-se deixar as coisas ocorrerem ao sabor da Natureza, pois muitas vezes ao forçarmos uma situação que não foi prevista, vamos desencadear outras séries de acontecimentos e possíveis infortúnios, dos quais vamos nos arrepender e não teremos as chances de consertá-los! Abraços, DYezzi::.

O que são os sonhos?

O que são os sonhos?

Pergunta:

Vi que você é um homem que estuda muito e talvez possa me ajudar a entender um sonho …

Obrigada,
Carmizeth M.

Resposta:

Prezada Carmizeth,

Grato por seu e-mail.

Sem sombra de dúvidas, meus livros são o resultando de muitos estudos, experiências e sobre tudo vivencias pessoais e não por ouvir dizer. Tenho certeza de que você obterá muitos conhecimentos novos através deles.

Com certeza, o que chamamos de sonho, tem suas causas em alguns fatores, tais como: Esgotamento físico, estresse, problemas não resolvidos a contento, quando estamos em estado de vigília, ou seja, acordados. Nestes casos, o corpo e o cérebro, mesmo estando dormentes, continuam trabalhando incessantemente em busca das soluções e, esta busca leva o cérebro a trilhar outros caminhos, tais como, os vários tipos de fantasias. Contudo, eles ficam estáticos, imóveis, assistindo uma espécie de cineminha particular, onde uma cena leva à outra e no final, a pessoa desperta mais estressada do que quando foi dormir. Mas, grande parte dos sonhos, ocorrem por “desdobramento”, quando o espírito e a mente, inconscientemente, saem a vagar pelas imediações, atraídos por desejos incontidos, problemas que precisavam ser resolvidos e diversos outros assuntos, inclusive, atraídos por seus inimigos, que os “chamam” mentalmente, para poderem se vingar ou ainda, ele mesmo sai em busca de suas vitimas etc. Nestes casos, são chamados de pesadelos e não são programados previamente, ocorrem forçosamente contra a vontade da pessoa que, quando acorda, se lembra ou não de alguns fatos, que as deixam intrigadas, pois não foram dormir com aquela intenção, mas que está registrada no seu subconsciente. Agem maquinalmente, como um robot ou zumbi. Muitas vezes, a pessoa é levada a presenciar fatos qua ainda vão acontecer, isso graças a seus predicados de sensibilidade paranormal, trazidos do passado recente ou do passado remoto, outras vidas por exemplo. Grande parte dos seres humanos e dos estudiosos desconhece que, quem morreu com mágoa ou viciado em vários tipos de drogas “continuam vivos energeticamente do lado de lá”! E, por afinidade, necessidade ou vingança, imantam-se, também por similaridades de vícios ou sentimentos, naqueles que aqui deixaram, e estes, inadvertidamente, fornecem os fluídos dos seus vícios, os quais são sugados em forma de essência para a continua e degradante alimentação daquelas entidades doentias, as quais, procurando saciar seus desejos e vontades, escravizam seus vampirizados, levando-os a vícios ainda maiores e até criminosos. Portanto, todos somos frutos do que pensamos e fazemos, mesmo que pensemos que não estamos sendo vistos por ninguém, aparentemente.

A outra forma de sonho é aquela programada, da projeção astral, consciente, quando a pessoa sai fora do corpo e é atraída para locais nunca antes visitados e nem conhecidos por ela. Muitas vezes, são avistadas em outros locais distantes, enquanto seus físicos permanecem em seu leitos, tranquilos, mas registrando tudo o que lhe ocorre à distancia. Nestes casos de “bi-locação”, o duplo etérico juntamente com o espírito, levam consigo os fluídos ectoplasmáticos, que lhes permitem serem avistados por outras pessoas, pois se materializam. Nestes casos, incluem-se também os contatos com seres extraterrestres e as viagens astrais conscientes.

Penso que já me estendi demais. Tente ler meus livros e faça novas perguntas,

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”info”]Translation: What are dreams?[/box]

Vídeo Sugerido:

Vidas Passadas

Vidas Passadas

Pergunta 1:

Bom dia, Domingos,

Tudo bem com o Sr? estou terminando de ler seu primeiro livro e mais pra frente vou formular mais perguntas, por enquanto as que tenho são as seguintes:

  1. O que se leva de uma encarnação para outra? Por exemplo: se sou mais quieto que falante em uma vida, na outra terei essa característica? Se sou um economista nessa, terei facilidade e aptidão para ser economista na outra? Em suma, qual a herança genética e intelectual que se cultiva de uma para outra? Posso ser magro e nascer gordo em outra?
  2. Como posso saber das minhas outras vidas? Alguma técnica pode ser feita?

Grande abraço!
Robson

Resposta 1:

Prezado Robson,

Grato por seu e-mail.

Há vários fatores hereditários que podem ser acumulados e levados de uma reencarnação a outra. Vamos estudar uma pessoa completamente sã durante sua vida toda e ao mesmo ativa, procurando sempre aumentar seus conhecimentos, tendo também procurado não adquirir vícios ou vicissitudes durante a vida. O que é muito difícil para quem vive no planeta Terra, mas existe e vamos dizer que você seja um destes que, ao desencarnar quase virou santo. O que ficará registrado em suas celulas físicas, ou DNA Físico? Ficaram registradas todas as suas nunces de saúde e alta espiritualidade. Isto na parte físico/mental. Se fosse ao contrário, você fosse um viciado, maldoso, traficante, criminoso e muitas outras negatividades, que seriam resumidas em toxinas e ao mesmo tempo lastro fazendo-o pesar mais que os demais, você também levaria essas defasagens para a outra vida. Com certeza, se tivesse uma boa inteligencia, e tenha uma profissão, tal como você mencionou, um economista, em sua próxima reencarnação você teria deixado uma especie de portal ou resíduo celular positivo em seu DNA Físico que permitiria a você ter certa facilidade nesse assunto ou assuntos correlatos. Contudo, mais importante que o DNA Físico é o DNA Do Espirito, ou seja, tudo aquilo que lhe aconteceu durante a vida estariam registrados indelévelmente no Espirito, este sim levará para sua próxima reencarnação toda a sua herança genética de conhecimento que nunca se apagará, mesmo que o corpo e suas células se transformem em pó. É ele, o DNA espiritual, que vai nos dizer, que mesmo você ter tido origens bem comuns, nesta vida, bem simples e não ter conseguido graduar-se em cursos superiores, por motivos de khárma (destino), ou de desvios de comportamento físico, que você já vem de uma lata formação anterior e consequentemente, mesmo sendo um simplório, vai ter facilidades e uma mente aberta para outros empreendimentos, se lhe forma dadas as devidas oportunidades. Você, se sentirá que está a frente dos demais, mas nada o leva a cursar novas graduações. Portanto, leva-se tudo o que for de bom e de ruim, mas a seleção será feita pelo DNA Espiritual. Ou seja, você receberá de acordo com o que semeou, e, isto nada tem a ver com religião ou religiosismo barato. São apenas leis Universais. Se não entende, volte a perguntar.

Quanto ao conhecimento de suas vidas passadas, facilitaria se você fosse portador da mediunidade de “psicometria” que nos permite “ler” o passado, o presente e o futuro” ou seja o Eterno Presente, mas se não é portador, teria que se submeter a Regressão ou retrogradação de memória, por um especialista o qual, submeterá você a uma hipnose regressiva e “se você permitir”, pois há casos que a pessoa passou por choques muito traumáticos nesta ou em suas vidas passadas, que, quando o analista tenta chegar neles, ela não permite com medo de revelar ou passar novamente pelo mesmo processo.

Abraços,
DYezzi::.

Pergunta 2:

Entendi perfeitamente, muito obrigado pelo esclarecimento.

Outra coisa, minha esposa sofre de transtorno bipolar, segundo os médicos que temos aqui na terra isso não tem cura, apenas tratamento. Ela está lendo seu segundo livro, que me parece, fala que há cura para tais doenças psicológicas. O que pode ter gerado esse transtorno nela? Experiencias anteriores, de outras vidas? Ou pode ser apenas traumas de infância? E o que pode ser feito nesse sentido?

Resposta 2:

Prezado Robson,

O transtorno bipolar tem como consequencia, primeira, excesso de Dopamina no cérebro, causado por traumas psicológicos, traumas físicos ou psíquicos, neste último, tem-se detectar se ela não está com mediunidade aberta, ou seja está sendo involuntáriamente acionada ou acompanhada por entidades espirituais desencarnadas. Ela tem algum parente, atais como, mãe, pai, avós, tios ou amigas intimas recém falecidas? Se tem, deve procurar um Centro espirita, de Umbanda, de preferência, pois estão mais aptos a afastar quem a perturba, ou qualquer outra religião na qual ela tenha fé ou confie. Mas, se for a primeira hipótese, os psiquiatras devem ministrar a medicação em doses corretas, as quais poderão não curá-la mas vão aliviar os sintomas quase totalmente. Deve consultar um psiquiatra para tratamento, inclusive radiografias do cérebro para se detectar alguma parte afetada.

Consultem as duas fontes, médico e centro espirita de Umbanda.

Abraços,
DYezzi:.

Pergunta 3:

Ela já foi em 3 psiquiatras diferentes e os 3 disseram a mesma coisa. Sobre a mediunidade, em todos os lugares que ela foi disseram que sim, ela tem mediunidade e os desencarnados podem estar buscando ela como meio de ajuda.

Muito obrigado por esses esclarecimentos e por tomar o tempo do senhor.

Uma questão mais filosófica: tenho uma teoria sobre diferença entre Sabedoria e inteligência.

Sabedoria é quem sabe levar uma vida mais digna, longe dos vícios da terra, longe do apego pelo dinheiro, longe do apego por coisas materias. Enfim, quem não atrela o conceito de felicidade à uma casa maior e mais bonita, a um carro do ano, as coisa secundárias, sabedoria penso que é buscar sempre conhecimento e sempre dar exemplo de coisas boas através de coisas boas.

Inteligencia é uma pessoa que tem um cérebro bem desenvolvido, mas que usa pra conseguir poder, dinheiro e coisas que não trazem felicidade, porque quando o poder e o dinheiro acabar não se terá nada.

Não sou muito bem interpretado quando tento falar isso, penso que me expresso mal. O que o senhor pode falar sobre isso?

Não quero ser chato com muitas perguntas e questões filosóficas. Tens toda a liberdade de podar e desculpe perguntar tanto mas quero uma visão de pessoas sábias e de mentes abertas e por enquanto só tenho o Senhor.

Resposta 3:

Oi Robson,

Grato por suas palavras. Eu vim para isso, e, tendo tempo, estarei à disposição.

Não temo qualquer pergunta, seja ela de gênero ou ordem. Pode pergunta o que lhe vier á mente.

No entender e tendo em vista minha larga experiência e vivência nesta vida e em muitas outras, eu diria que Inteligência e sabedoria, andam juntas, pois se o individuo é só inteligente, pode ter um alto QI mas, pode não ter sabedoria, e a dirige apenas para os focos que lhe interessam e, Sabedoria, o individuo pode ser sábio, pois viveu o suficiente para saber distinguir as nuances da vida, levá-la em frente e pro alto, sabendo dar exemplos e ensinamentos e ainda distribuir seus conhecimentos, mas pode não ser altamente inteligente.

Como medir então essas duas propriedades e qualidades humanas, não existe uma maneira mecânica de se medir, apenas os atos e procedimentos do individuo vão mostrar em que nível ele se encontra. Um exemplo, Jesus era um sábio em quase tudo, principalmente no que se referia a humanidade, a sociabilidade, ao humanitarismo, mas poderia não conhecer inteligentemente os cálculos astronômicos, a trigonometria os computadores e as programações, mas era inteligente o suficiente para absorver esses conhecimentos rapidamente. Portanto, inteligencia e sabedoria resume-se em mente de 360º na qual, tudo cabe, tudo é possível, nada é rejeitado, pois sua amplitude abrange o Universo e nele se situam todas as coisas e seres. Outro exemplo, descrevo no meu primeiro livros aquele acidente aéreo entre um Capitão da aeronáutica, americano de nome Capital Mantell, homem super bem formado, inteligente, mas não soube usar sua sabedoria, ou não tinha sabedoria para usar, pois ao avistar a nave Marciana foi de encontro a ela com o seu F-80, esquecendo-se de sábio seria aquele que sondaria o “terreno” primeiro e só depois encetaria alguma investida, não o fez, foi despedaçado no ar. O mesmo ocorreu com os quatro jovens tripulantes da nave que, eram altamente inteligentes, muito acima da média terrestre, mas não foram sábios, mas inocentes, sem maldade, se esqueceram de que o avião era feito de metal e sua nave tinha, como tem, um poderosíssimo campo de forças, que feito para desintegrar tudo o que for estranho pela frente, permitiram que o avião se aproximasse entrando no campo da nave, que o desintegrou inexoravelmente. Como você vê, há vários ângulos de se constatar essas propriedades.

Você disse bem, não querendo parecer o que não sou, mas penso que na Terra não há outro igual a este seu amigo aqui. Agora estão nascendo dezenas deles em novas missões redentoras. Razão pela qual, meus livros também são únicos.

Por favor, divulgue estas respostas aos quatro ventos e se quiser e puder, também as suas perguntas, pois vão ajudar muita gente. Isso é inteligência e sabedoria.

Abraços,
DYezzi:.

Transtornos Mentais

Pergunta:Transtornos MentaisPrezado Sr. Domingos Yezzi,

Em primeiro lugar gostaria de lhe agradecer por ter escrito o extraordinário livro “O DNA do Espírito e Os Extra-terrestres” o qual estou tendo a oportunidade de ler e que me está sendo muitíssimo esclarecedor e útil. Estou apaixonada pela leitura. Já comprei o segundo livro, o qual lerei em seguida.

Bom, acontece que no livro o senhor fala de transtornos mentais e possíveis curas e eu fiquei curiosa quanto ao meu caso. É o seguinte: fazem aproximadamente 3 anos que eu comecei a conhecer o espiritismo e também a ufologia e fui cada vez mais me interessando. Isto começou quando comecei a desconfiar de que eu tinha uma mediunidade. Na verdade eu não sabia o que acontecia comigo, já que venho de família católica. Algumas vezes (poucas) tive visões, escutei vozes e muitas vezes tive sonhos com premeditações e pessoas desencarnadas (parentes próximos) me mandando mensagens. Quando eu era pequena eu tinha vários amigos imaginários e conversava muito com eles, segundo minha mãe. Então, meu namorado disse que seria interessante eu procurar um centro espírita ou de umbanda. Ao procurar, em 3 centros de umbandas diferentes, me disseram a mesma coisa: tu tens uma mediunidade aflorada e ficas muita aberta, por isso está sempre com medo e muito sensível ao meio. Me aconselharam a começar os estudos e disseram que, se eu não desenvolvesse esta mediunidade, com o tempo, iriam achar que eu tinha problemas mentais e me mandariam para um médico da cabeça. Falaram também que tinha uma fila, com milhares de seres desencarnados, junto comigo querendo minha ajuda, por enxergarem a minha luz, que era muito bonita. Eu fico com dúvidas quanto a isso, pois desde então, raríssimas vezes tive alguma comunicação com outros seres desencarnados, parece que fico na dúvida, será que sou mesmo médium? Até na última vez que estive no centro espírita tomando um passe, escutei pessoas dizendo furiosas: o que tu está fazendo aqui? E um monte de palavrões. Abri os olhos e todo mundo continuou normal, de olhos fechados tomando o passe. Saí assustada dali, mas os trabalhadores da casa continuaram sorrindo, então pensei: acho que só eu escutei isso. É normal o médium parar de escutar, ver, por um tempo? Ou ele vê e escuta seguido?

Bom, eu comecei os estudos no centro espírita kardecista, o qual está me esclarecendo muita coisa. Porém, estou recém no primeiro módulo, faltam dois anos ainda para eu começar o estudo mediúnico. Acontece que, com uma infinidade de fatos: desde meus 22 anos eu me sentia perturbada, troquei várias vezes de emprego, tinha instabilidade no relacionamento, pensamentos ruins, me achava um lixo e tal e até pensamentos do tipo: para que eu sirvo? Eu nem precisava estar aqui, quero morrer e tal. Ano passado, acabei procurando uma terapeuta e depois de 6 meses de tratamento ela me diagnosticou com transtorno bipolar, me encaminhou para um psiquiatra o qual me receitou Lithium e depois trocou para Quetros. Comecei o tratamento em dezembro do ano passado, acredito estar melhor, porém ainda me sinto estranha, por vezes perturbada, irritada, com pensamentos ruins.

Gostaria de saber a sua opinião sobre o assunto e se existe algum encaminhamento que eu deva dar, como regressão, tratamento, etc.

Desde já agradeço,
Betania

Resposta:

Prezada Betânia,

Grato por suas palavras. Você está lendo o segundo livro, o primeiro chama-se “O Que Os Extraterrestres Pensam E Esperam De Nós?”, neste eu dou muitos exemplos sobre mediunidade, inclusive sobre as minhas e as da minha saudosa primeira esposa, que possuía todas elas, mas o tempo dela aqui entre nós havia que terminar e assim ela se foi e eu, que pensava saber tudo, fui o último a saber que ela iria, imagine você o meu sofrimento. Contudo, passados quase dois anos de sua partida, O Criador, através do meu khárma e merecimento colou-me outo anjo em minha vida, que não podia parar e assim cheguei até aqui.

Sinto-me honrado em poder ajudar as pessoas que me procuram como você. Posso adiantar o seguinte. Eu também no inicio, com meus oito anos, passei muitas atribulações e não podia comentar com ninguém, pois estava me arriscando a levar uma surra, o que aconteceu inúmeras vezes.

O que vem ocorrendo a você é normal, devido a sua inexperiência, pode sim parar de ouvir, interromper suas sensibilidades até que você possa se entrosar com os fenômenos e praticá-los.

O distúrbio bipolar, como já expliquei a outras pessoas, tem como causa primeira, o excesso de Dopamina no cérebro, tendo também como causa os vários tipos de traumas, tais como, físicos, mentais, psíquicos(espirituais) e a mediunidade aberta, ou seja, tais pacientes tem seus plexos e cháckras que são vórtices energéticos, pelos quais, quando giram harmoniosamente um sobre o outro da esquerda para a direita, ou seja, no sentido dos ponteiros do relógio e, que felizmente ou infelizmente poucos sensitivos conseguem detectar essas disfunções, entram as energias positivas e conseguem captar as vibrações e emanações de entidades espirituais, positivas. Desta forma, quando esses centros de força estão harmonizados em suas funções, a pessoa tem sua aura ou campo de força plenamente acesa, deixando transparecer os vários matizes de cores, as quais retratam fielmente o intimo daquela pessoa e seus estado físico e emocional. Portanto, para um sensitivo treinado, não há como a pessoa mentir pois ele capta tudo o que está se passando com ela no campo emocional, tais como sentimentos mais íntimos, no campo físico, os vários estados de saúde e no campo do psiquismo, tais como mediunidades várias e as entidades que a acompanham. Porém, quando tudo isso está inversamente funcionando, ou seja, os plexos e chákras girando da esquerda para a direita, captando e aprisionando em si, energias deletérias, maus fluídos, e um detalhe que a medicina nunca menciona pois talvez ainda não conheça, a imantação dos “chamados miamas”.ou seja a “bactéria da bactéria”, que quer dizer o seguinte: uma pessoa doente, seja de qual moléstia for, carrega dentro de si a bactéria ou vírus de determinada doença, mesmo não sendo esta contagiosa, ao estar contaminada, ao estar sofrendo, exala pelos seus poros, pelas vias respiratórias, pela boca e demais órgãos , os fluídos miasmáticos, energéticos negativos que ficam pairando no ar em volta dela e seguem em direção ao mais fracos, fracos fisicamente e principalmente mental/espiritualmente, que são os casos de depressão, desajustes vários, como vícios de todo tipo, incluindo drogas e mesmo medicações pesadas quando não solucionam as deficiências, mediunidade aberta, a qual, na maioria dos casos atraem negativamente entidades doentes, viciadas também em todo tipo de degeneração moral e física que, desesperadas em realimentação de seus vícios,”encostam” e atacam suas vitimas, sugando suas energias vitais e e por tabela seus vícios, permitindo a entrada dos miasmas que vão, lentamente, minando as forças de suas vitimas ou ex-algoses, disseminando aos vários sintomas, muitas vezes descontroláveis e que os levará finalmente aos hospitais psiquiatricos, aos hospitais gerais, as cadeias e aos manicômios, bem como aos ambientes de alta degeneração moral como, as danceterias, os locais de prostituição generalizada, de trafico de drogas e influências degradantes dos seres humanos, promiscuidades de forma geral, enfim tudo o que se generazou-se chamar de “baixo astral”, que se a medicina fosse menos técnica e mais espiritualizada, verificaria que a maior parte dos internados são “médiuns”, ou seja intermediários tanto para o Bem como para o Mal, bastaria aplicar sobre eles o desenvolvimento mediúnico, a ativação de seus plexos e chákras, através do emprego do Reike, passes vibratórios aplicados por sensitivos positivos, fazendo com que eles se harmonizasse e criassem nova vontade de viver, novos objetivos de vida, se livrassem dos males que os afetam e assim, diminuiriam a frequência dos “pseudos” doentes mentais nos manicômios e os candidatos á dementes nas cadeias públicas e sargetas.

Eu acrescentaria que, as várias religiões existentes também poderiam visar menos a aquisição de dízimos ou mensalidades e por em pratica seus dons de ajuda ao próximo e o amai-vos uns aos outros e minorar o sofrimento de milhões de pessoas sedentas de ajuda física, moral e espiritual. O kardecismo que é pioneiro na comunicação com as entidades espirituais e na divulgação da existência da reencarnação, e eu os felicito por isso, mas pecam por querer transformar a Mediunidade em tabu, em algo que precisa de cursos e escolaridade para ser exercida, não é verdade, a mediunidade é um dom ou propriedade de todos os seres humanos e que quando não é exercida no tempo certo, ela descamba em desarmonias várias, e o sensitivo já estando vitima das perturbações psíquicas, não tem tempo para aprendizado, tem que exercê-la com todo o seu potencial e nestes casos, os ramos da Umbanda e Candomblé, o fazem cabalmente, retirando as entidades perturbadoras, doentias, sejam elas negativas ou positivas mas em desarmonia com seu “eu” ou seus DNA Físicos e DNA Espirituais.

No seu caso, prezada Betânia, sendo os sintomas de bipolaridade com fundo em distúrbios físicos cerebrais, você deve procurar um bom psiquiatra e sugerir-lhe que ministre a medicação apropriada para amenizar o fluxo de Dopamina no cérebro e para que você tenha um relaxamento do músculo para-simpático que passa sob o peito deste o pescoço até a virilha e quando tenso, provoca as desarmonizações nervosas e digestivas, além de desarmonizar os centros de força e consequentemente a aura humana.

Na minha opinião, você deverá desenvolver sua mediunidade sem receio, num centro de Umbanda e bem como, aprender a fazer aquela aplicações de passes e reike sobre você, que tenho certeza tudo se harmonizará. Faze sim O Bem. Coloque um copo com agua na cabeceira de sua cama, faças suas orações, tome meio copo antes de dormir, pela manhã, antes de levantar-se tome o resto da água. Faça isso diariamente indefinidamente, sempre concentrada nas forças, guisas, anjo da guarda, em fim em quem você acreditar. Isso levar´a medicação espiritual a você e permitira maior harmonia em seu sono.

Bom, aqui você tem um pequeno compendio escrito especialmente pra você o qual, espero, que leve até você esclarecimentos novos.

Gostaria que você os divulgasse para todo mundo, e nas redes sociais e outros meios, pois, perguntas como a sua servem para esclarecimento de muita gente vivendo o mesmo problema.

Finalmente, gostaria de saber sobre seu perfil, de onde me escreve, que idade tem, se é casada e tem filhos e quantos, apenas para minha curiosidade. abraços, e volte sempre

Abraços,
DYezzi::.