Frequência Cerebral

Frequência Cerebral

Pergunta:

Olá!

Parece que existe um motor dentro da minha cabeça, como se fosse um barulho de frequência igual quando ouvimos no fone. O que achas que pode ser?

Muito obrigado,
Zack

Resposta:

Prezado Zack,

Alguns sintomas mentais/cerebrais/espirituais, cada um vibra numa frequência especial e por conseguinte, deve ser examinado de perto, pois assim, por telefone ou por e-mail, corre-se o risco de se cometer enganos, mas, se você está dizendo, eu vou me basear no que você está me dizendo, OK?

Esse tipo de sintoma, é típico de cérebros e mentes que estão abertos a “sintonias finas” as quais poderão ser emitidas por cérebros e mentes potentes de seres extraterrestres ou mesmo de seres extraterrenos (ou seja, de entidades espirituais), mas, também podem ser oriundas de descompensação de pressão arterial, que pode estar baixa ou alta, neste caso, antes de qualquer conclusão, a pressão deve ser medida, OK? Mas, como você já tem a tendência de fazer a projeção astral, pode ser um indicativo de um inicio de uma projeção astral. Neste caso, sabendo-se que não se trata de pressão arterial alterada, você deve se auto condicionar para uma possível “viagem astral”. Isso ocorreu e ainda ocorre comigo, pois, as vibrações externas são muitas e de vários tipos e gamas diferentes entre si!

Abraços,
DYezzi::.

Anúncios

Viagem Astral

Viagem Astral

Pergunta:

Oi Domingos tudo bem? Eu quero muito aprender a fazer viagem astral. Quero muito mesmo. Eu preciso para eu poder saber quem eu sou, da onde eu vim, o que eu estou fazendo aqui e se tenho alguma missão aqui na terra, pra eu poder me guiar aqui nesta vida para que eu poça evoluir positivamente meu espirito, minha mente. Minha intuição me diz que com a viagem astral eu vou conseguir tudo isso que eu disse e quem sabe eu poça até ajudar os outros se Deus permitir. Esses dias sonhei com Jesus. No sonho eu tinha pedido pra ele me ajudar a fazer viagem astral. Daí ele tocava seu dedo indicador no meio da minha testa e eu sentia uma energia muito forte, principalmente no local onde ele tocava. Daí ele pega e coloca suas mãos, uma de cada lado da minha cabeça, e eu senti a mesma energia. Eu sentia uma alegria que não tenho palavras pra descrever o tamanho da minha felicidade no sonho. Eu queria sua opinião sobre este sonho e se ele tem algum significado. E eu queria te perguntar se você conhece algumas técnicas para fazer viagem astral, técnica de respiração, ou concentração, ou alguma outra técnica? Eu já ouvi falar de algumas mas não sei se realmente funciona. Eu queria sua opinião e se você puder me ajudar serei muito grato há você. Obrigrado pela atenção e fica com Deus. Abraços, Fernando S.

Resposta:

Prezado Fernando, A viagem astral, no meu caso, é uma consequência, ou um resultado, de minhas ações de vidas anteriores, onde eu já a praticava, que registraram em meus DNAs físico e espiritual. É uma espécie de válvula de escape para meu duplo etérico e meu perispirito, mas, mesmo assim, devido as minhas ocupações desta vida, consegui voltar a fazê-las ajudado pelas Entidades Espirituais e Extraterrestres que me acompanham; com muito sofrimento e muita dificuldade e muito a contra gosto, pois, ao contrário de você, eu queria jogar meu futebol, nadar, caçar passarinhos, tocar meu violino e jamais entrar nesse campo. Entretanto, as coisas não ocorrem conforme nossas vontades atuais, mas sim conforme o que ficou registrado e designado como nova missão. Não serão as viagens astrais que vão informar a você quem você foi ou quem será no amanhã, mas sim, uma preparação e e uma designação além da propensão a sensibilidade de psicometria, que é um tipo de mediunidade um tanto rara. Essa volta ao passado, poderá ser obtida através de uma hipnose regressiva ou até por um trauma físico grave, que obrigará o espírito a retornar ao seu passado, ultrapassando a “barreira zero”, ou seja, a divisão, dentro do útero da mãe, que separa o ser de uma reencarnação da outra. No caso de uma hipnose regressiva, precisa ser feita com profissional especializado, baseado cientificamente, para permitir o retorno do espírito e sua mente aos seus dias atuais, caso contrário, ele poderá ficar retido em uma de suas encarnações e voltar dizendo “que é Napoleão”, como muitos pacientes dos Hospitais Psiquiátricos, que apesar de serem tidos e tratados como loucos, não são loucos, apenas perderam a noção de tempo e espaço, “vivendo” em outros tempos que marcaram suas vidas e consequentemente, seus DNAs. Sou de opinião, pela minha vivência e experiência total, de que não se deve mexer em “time que está ganhando”, ou seja, deve-se deixar as coisas ocorrerem ao sabor da Natureza, pois muitas vezes ao forçarmos uma situação que não foi prevista, vamos desencadear outras séries de acontecimentos e possíveis infortúnios, dos quais vamos nos arrepender e não teremos as chances de consertá-los! Abraços, DYezzi::.

O que são os sonhos?

O que são os sonhos?

Pergunta:

Vi que você é um homem que estuda muito e talvez possa me ajudar a entender um sonho …

Obrigada,
Carmizeth M.

Resposta:

Prezada Carmizeth,

Grato por seu e-mail.

Sem sombra de dúvidas, meus livros são o resultando de muitos estudos, experiências e sobre tudo vivencias pessoais e não por ouvir dizer. Tenho certeza de que você obterá muitos conhecimentos novos através deles.

Com certeza, o que chamamos de sonho, tem suas causas em alguns fatores, tais como: Esgotamento físico, estresse, problemas não resolvidos a contento, quando estamos em estado de vigília, ou seja, acordados. Nestes casos, o corpo e o cérebro, mesmo estando dormentes, continuam trabalhando incessantemente em busca das soluções e, esta busca leva o cérebro a trilhar outros caminhos, tais como, os vários tipos de fantasias. Contudo, eles ficam estáticos, imóveis, assistindo uma espécie de cineminha particular, onde uma cena leva à outra e no final, a pessoa desperta mais estressada do que quando foi dormir. Mas, grande parte dos sonhos, ocorrem por “desdobramento”, quando o espírito e a mente, inconscientemente, saem a vagar pelas imediações, atraídos por desejos incontidos, problemas que precisavam ser resolvidos e diversos outros assuntos, inclusive, atraídos por seus inimigos, que os “chamam” mentalmente, para poderem se vingar ou ainda, ele mesmo sai em busca de suas vitimas etc. Nestes casos, são chamados de pesadelos e não são programados previamente, ocorrem forçosamente contra a vontade da pessoa que, quando acorda, se lembra ou não de alguns fatos, que as deixam intrigadas, pois não foram dormir com aquela intenção, mas que está registrada no seu subconsciente. Agem maquinalmente, como um robot ou zumbi. Muitas vezes, a pessoa é levada a presenciar fatos qua ainda vão acontecer, isso graças a seus predicados de sensibilidade paranormal, trazidos do passado recente ou do passado remoto, outras vidas por exemplo. Grande parte dos seres humanos e dos estudiosos desconhece que, quem morreu com mágoa ou viciado em vários tipos de drogas “continuam vivos energeticamente do lado de lá”! E, por afinidade, necessidade ou vingança, imantam-se, também por similaridades de vícios ou sentimentos, naqueles que aqui deixaram, e estes, inadvertidamente, fornecem os fluídos dos seus vícios, os quais são sugados em forma de essência para a continua e degradante alimentação daquelas entidades doentias, as quais, procurando saciar seus desejos e vontades, escravizam seus vampirizados, levando-os a vícios ainda maiores e até criminosos. Portanto, todos somos frutos do que pensamos e fazemos, mesmo que pensemos que não estamos sendo vistos por ninguém, aparentemente.

A outra forma de sonho é aquela programada, da projeção astral, consciente, quando a pessoa sai fora do corpo e é atraída para locais nunca antes visitados e nem conhecidos por ela. Muitas vezes, são avistadas em outros locais distantes, enquanto seus físicos permanecem em seu leitos, tranquilos, mas registrando tudo o que lhe ocorre à distancia. Nestes casos de “bi-locação”, o duplo etérico juntamente com o espírito, levam consigo os fluídos ectoplasmáticos, que lhes permitem serem avistados por outras pessoas, pois se materializam. Nestes casos, incluem-se também os contatos com seres extraterrestres e as viagens astrais conscientes.

Penso que já me estendi demais. Tente ler meus livros e faça novas perguntas,

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”info”]Translation: What are dreams?[/box]

Vídeo Sugerido:

Reptilianos, Confederação Galática e Grays existem?

Reptilianos

Opinião:

Parte 1

Temos muitos registros históricos de que os Reptilianos existem. Concordo, baseada em muitas pesquisas, que a essa distância não teríamos mais como nos afastar, nem nos mover. Concordo também que o medo não deve existir, mas como todos aqui, ficaria bem surpresa se algo assim acontecesse comigo. Analisando a foto, percebe-se que as luzes são avermelhadas, e de acordo com o que li, este não seria um bom sinal. Devemos lembrar também que os “terráqueos” já possuem naves, principalmente em uma tal de área 51 né! E que não são apenas seres de outros planetas que gostam de fazer experiências, sem ética alguma com “terrenos”. Ah…sabemos que ha seres que vivem aqui em nosso planeta, mas por motivos conhecidos, não se apresentam, nem fazem parte do nosso convívio. Estes também estão inclusos no grupo “não há necessidade de ter ética, por que eles são inferiores”. Devemos lembrar também, que nunca foi tão alto o índice de pessoas desaparecidas, no mundo todo, e engana-se quem pensa que elas foram raptadas apenas para suprirem o comércio da “prostituição”.

Daniela S.

Parte 2

Sr. Domingos Yezzi, em momento algum eu quis gerar alguma discussão aqui, e principalmente, com a sua pessoa. Embora não demonstre sou sua admiradora, acesso sua página, e tenho profundo respeito pelo seu trabalho e experiência. Nosso tempo aqui nesse veículo de carne é pequeno demais para termos experiências com os diversos seres que nos rodeiam, e entendo perfeitamente a sua colocação.

O único ponto que discordei do Sr. foi quanto aos Reptilianos. Nos demais defendo e replico suas informações se for necessário. Sinto se de alguma forma eu te ofendi indiretamente e peço desculpas.

Infelizmente meu pai não possuía uma câmera fotográfica, por tempo aproximado de 40 anos atrás, para registrar o fato que ele presenciou, e tenho como garantir a sanidade mental dele, uma vez que nunca se envolveu com nenhum tipo droga ou passou por mais experiências traumáticas que desencadeiem algum tipo de desequilíbrio.

Quando me referi a provas, entendi que não precisaria entrar em detalhes, tendo em vista que os registros arqueológicos não foram descartados de nossa história apenas por que hoje temos em mãos a tecnologia.

Quanto aos greys, também não os generalizo. Não os generalizo, como muitos em nosso planeta (e peço que não apenas o senhor mas todos aqui entendam que não me refiro a ninguém daqui) fazem com a própria raça. Aqui em nosso planeta tudo se generaliza e desde pequenos somos ensinados a fazer assim. Não é mesmo?! Se é negro “quando não gaga na saída, caga na entrada.” Se é coreano “come cachorro, e não tem sentimentos.” Se é corintiano “é ladrão”. Se é paulista “é gay”. Se é mineiro “é traidor.” Se é loira “é burra.” Se é artista “viciado em drogas”… A maioria generaliza e quanto aos greys não é diferente…sempre pensei assim…e confio nas suas informações e fontes.

Quando eu tiver mais tempo adiciono fotos de registros arqueológicos no grupo, que nos informam sobre a presença reptiliana aqui. Peço também que entenda que não procurei por essas informações, devido a influência de filmes e afins não apenas dos nossos irmãos norte americanos, mas sim, pela experiência que meu pai passou e um amigo dele passaram.

Sem mais, e com o devido respeito e admiração.
Daniela S.

Resposta:

Parte 1:

Prezada Daniela,

Não estou aqui para contrariar ideias já formadas em torno de um assunto tão empírico. Digo empírico, pois contrariando as informações que você tem, eu, durante meus sessenta e poucos anos de vivencia e em contato com esses seres, nunca fui abordado por Reptiliano e nem aqueles que mantém contato comigo e, pelos meus livros e site, você poderá notar que eles não brincam em serviço e nem fazem suposições, nunca me disserem, e eu perguntei, que os Reptilianos existem. Gostaria muito, e ficaria muito feliz se você anexasse em suas informações uma foto verdadeira de um deles em ação sobre alguma pessoa da Terra, ou mesmo se ele estivesse passeando em nosso planeta. Não duvidando, mas com certeza você não tem e não terá, pois esses seres são frutos da imaginação de pessoas “hollywodianas”, produtores, diretores e bem como escritores ficcionistas. Já não ocorre com os Cinzas (Grays) que existem sim, mas pintam eles como maldosos. Garanto que não são, tenho contato com eles e até a escrita original de um deles no meu primeiro livro.

Não costumo entrar nessas discussões, pois sou de opinião que cada um acredita no que quiser, mas aqui vai minha opinião como elucidação, apenas, isso.

Abraços.
DYezzi::.

Parte 2:

Minha Querida Daniela,

Grato por sua atenção e sensibilidade. Não se preocupe com ofensas, pois sei perfeitamente o seu ponto de vista e bem como, deve ter se baseado em alguma coisa ou fato para expor. Sou muito grato a você pelas explicações, lembrando apenas que sou apenas um humilde sensitivo que vem vivenciando o assunto há dezenas de anos nesta vida e outras centenas em outras vidas, e com não poderia deixar de ser, presenciei milhares de casos e os venho analisando um a um. Posso afirmar a você que tem havido casos em que entidades inferiores do “umbral” terrestre que, pela facilidade do momento, ou seja, pela conturbação do ser humano de uma maneira geral, abrem-se canais, portais, pelos quais essas entidades disformes se lançam em nossa terceira dimensão para aqui vir buscar “sua alimentação” toxica fruto de mentes descontroladas e de baixos instintos, que as farão “viver” e aparecer entre os vivos por determinado tempo, contudo, não tendo conseguido até agora, pelo menos não chegou ao meu conhecimento, atingir o ser humano de boa índole e que possua sua aura (campo de força) radiante e poderoso. Atinge sim os de mente fraca e de instinto maldoso que fazem o que aquelas entidades os induzem a fazer. Veja o comportamento humano, os assassinatos, até parece que o metabolismo humano está recebendo uma mutação tão rápida e inesperada para agora, mas está ocorrendo. E isto nada tem a ver com religião ou religiosismo. É um fato já comprovado.

Veja que vou mais longe. Há dezenas de pessoas que acreditam na existência de uma Confederação Galática, o que eu também discordo, pois se ela existisse, não haveria como se mencionar os Reptilianos, pois suas intromissões seriam vigiadas e proibidas. Como você vê a coisa vai longe. Dá para escrever mais um livro.

Por favor minha querida, entre no meu site, tente ler os meus livros e após faça todas as perguntas que quiser, pois apesar de eu não me achar “dono da verdade”, com certeza tenho “mais verdades que os donos”.

Grato por você ter me permitido responder e saiba que são pessoas como você, donas de um Espirito bem elevado, que me dão ensejo de continuar.

Beijos.
DYezzi::.

Reencarnação

Reencarnação

Pergunta:

Gostaria de solucionar uma dúvida. A doutrina espírita fala em reencarnação e que estamos em um mundo de provas e expiações para saldar dívidas do passado ou cumprir alguma missão. Mas não é injusto a pessoa ficar sofrendo por uma coisa que ela fez em uma outra vida que ela nem vai lembrar do que fez ?  Agora toda vez que passo por momentos difíceis na minha vida, fico paranóica, pensando no que eu fiz no passado, se matei, se roubei, etc…

Atenciosamente,
Naiara

Resposta:

Prezada Naiara,

Leia no meu segundo livro, “O DNA do Espírito E Os Extraterrestres”, página 65 — “O Poder da Mente. [Também em] “O Bendito Esquecimento”, você encontrará detalhes explicativos para essa sua dúvida, entretanto, vou dar aqui umas rápidas pinceladas a respeito, pois nunca é demais:

Sempre baseado que O Criador — O Núcleo Central Cósmico — é justo e imparcial dentro de suas leis, imaginou um Universo composto só de positividades e que em todos os planetas que formam esse universo, haveriam humanidades boas, dentro do ‘amai-vos uns aos outros’, mas, como a inteligência maior é a dele, não poderia deixar de formar leis naturais e automáticas, visando alcançar aquele ser humano que, com certeza, devido ao seu “habitat inóspito” iria sair da linha. Seria invejoso, rude, maquiavélico, maldoso, briguento, semearia a discórdia, a guerra, a doença, enfim, faria tudo aquilo que não estivesse previsto, Dai surgirem as Leis de Ação e Reação, de Causa e Efeito e muitas outras que, naturalmente cerceariam a belicosidade do ser, levando-o ao aprendizado, mesmo que pela dor, já que pelo amor, o ser humano acharia muito fácil e não praticaria. Então, desde a existência dos seres humanos, devido essa índole belicosa, que vem ocorrendo essas distorções praticadas pelo ser contra o próprio, gerando assim um acumulo de atrocidades cujo tempo médio de vida, pricipalmente no planeta Terra não daria para que ele resgatasse suas ações nefastas, mas tudo fica registrado nos chamados Registros Akhashicos, sobre os quais, você encontrará minhas explicações no meu site. Esses registros cósmicos-universais são por assim dizer, uma copia de nossos registros mentais/espirituais em tamanho agigantado. Desta forma, muito mais meticulosa do que a memória do ser humano, que é fraca e esquece tudo por conveniência e interesse, a Memória Divina que são esses registros, nada esquece, nada se apaga, ao contrário, deixa tudo pendente em busca da solução adequada.

Isso vale dizer que, se você deu uma paulada na cabeça de alguém, esse alguém registrou sobre si próprio, mesmo que ele tenha morrido, pior e mais ainda se morreu. Ora, como já expliquei, não havendo tempo para que você recebesse de volta o que você praticou, pois tanto você como sua vitima, se foram fisicamente. Sim, fisicamente, pois espiritualmente e mentalmente vocês continuaram mais vivos do que nunca e consequentemente, um desejando vingar-se e o outro, não aceitando, como você não aceita, ao encontrá-lo revidaria antes que ele se lembrasse que foi você quem o matou na outra e, novamente, você o faria de vitima. E ele, nas duas vezes, clamou por Deus, por proteção e ninguém apareceu! Não apareceu, justamente porque ele também havia praticado algum tipo de desarmonização, ou seja tudo vira um “moto-continuo” sem fim. Até que aja o perdão espontâneo entre os dois, dai o bendito esquecimento, que leva o algoz frente a frente ao seu inimigo, e ele apenas vai saber “que não topa aquela pessoa” mesmo sem a ter conhecido antes. Também vai haver aquele que se apaixona á primeira vista, sem também ter conhecido a pessoa antes!

Dai eu sempre dizer: Quem não deve não teme”! – “A bala perdida só pega em quem a soltou antes”! – “Nada ocorre por acaso”! – “À Cada um de acordo com suas obras”! – Ele já dizia. E este meu ditado algébrico que diz: “Ai de Ti ou Feliz de Ti, No Dia em que o Teu Presente, encontrar o Teu Passado”! A matemática cósmica se fará presente, ou seja, se foi negativo e ainda continua sendo negativo, sinais iguais, soma-se e tudo continua negativo! E nem os mentores poderão interferir. Se foi positivo e continua sendo positivo no presente, sinais iguais, soma-se e tudo continua positivo! E nem o mais negativo dos seres poderá interferir. Se foi negativo e o presente é positivo, sinais diferentes, diminui-se, permanecendo o sinal do maior! Portanto, não há o que temer, apenas deve-se ter a preocupação de construir, de fazer bem aos outros e ao mundo, pois o que é do homem será do homem, seja positivo ou negativo. — Autor: DYezzi::.

Veja bem, não há religião ou religiosismo nessa casuística. Há apenas ação e reação, sem castigo divino, sem punição dos santos ou mentores, apenas leis cósmicas siderais a serem cumpridas. Ou seja, normas de boa convivência entre os seres universais.

Abraços,
DYezzi::.

Psicometria… Linhas das mãos

Linhas das mãos

Pergunta:

Olá!

Sempre que posso assisto as matérias sobre você pela internet. Gosto muito de ufologia. Você disse em uma de suas entrevistas que consegue realizar a psicometria. Tenho muita curiosidade em saber quem fui na vida passada. Você consegue realizar a psicometria à distância ou só pessoalmente? Gostaria que fizesse uma minha!

Atenciosamente,
Naiara

Resposta:

Oi Naiara,

Já tive oportunidade de explicar pelo meu site.

A sensibilidade ou mediunidade de Psicometria, é um pouco rara, mas ocorre principalmente com espíritos ou pessoas muito antigas, eu diria milenares até. Ela pode ser utilizada de varias maneiras desde que haja sintonia ou uma sincronização entre o psicômetra e a pessoa, coisas ou fatos a serem analisados.

É como se o psicômetra tivesse um aparelho de DVD na mente com acesso randômico, ou seja, ele pode entrar na faixa que quiser e lhe ocorrem as imagens, sons, cheiros, aromas, enfim tudo que estiver ocorrendo ou que tenha ocorrido no momento da sintonização. Já me ocorreu de conseguir fazer alguns aprofundamentos à longas distância, mas, sou eu que não faço e não gosto de fazer, pois, corro o risco de dizer asneiras. E, não gosto de brincar com a crença ou a confiança alheia. Mesmo quando estou frente a frente com uma pessoa e sem que ela peça, ocorrem-me as imagens mas, fico proibido de revelar, apenas arquivar em minha mente, pois algumas revelações, mesmo sendo positivas, podem alterar o curso dos futuros acontecimentos com aquela pessoa e eu me sentiria culpado. Isso não ocorre com os ciganos que dizem fazer isso e também a quiromancia que é a leitura das linhas das mãos. Essas linhas dizem tudo sobre a pessoa e cada uma tem suas próprias linhas, e elas foram inculcadas em suas mãos por elas mesmas, quando da geração de seus novos corpos nos úteros de suas respectivas mães.

Procure ler a respeito, existem livros que devem explicar com mais detalhes.

Um forte abraço,
DYezzi::.

Diferenças de escrita dos Extraterrestres

Diferenças de escrita dos Extraterrestres

As diferenças de escrita original entre habitantes de alguns planetas do nosso sistema solar vão aqui a título de ilustração e ao mesmo tempo para poder proporcionar aos estudiosos de línguas e escritas um pouco do material inédito que conseguimos captar no decorrer de nossas pesquisas durante todos esses anos de trabalho. Talvez os grafologistas, os peritos possam trazer algo mais para o nosso conhecimento. Foram captadas por C . A. Yezzi, nossa saudosa esposa.

Alien Writings

Tradução em Português-Brasileiro

Todo Homem mesmo o mais humilde tem dentro de si algo a oferecer a humanidade e ao Universo. Cabe portanto aos espíritos de ideais mais lúcidos o dever de acordar as mentes destes humildes com ações e ensinamentos. O homem é o instrumento do Universo. Por isso, nós seres de civilizações extraterrestres estamos dispostos a tudo fazer para chegarmos até vós.

~ Traduzido por C . A. Yezzi

American-English Translation

“Every man, even the most humble, has within himself something to offer to humanity and the Universe. It is therefore, to the spirits of more lucid ideals, the duty to wake up the minds of these humble ones with actions and teachings. Man is the instrument of the Universe.  Therefore, we, beings of extraterrestrial civilizations, are willing to do everything to get to you.”

~ Translated by Christina C. Breault

The Imprisonment of Souls… Is There Such a Thing?

The Imprisonment of Souls... Is There Such a Thing?

A reply from Domingos Yezzi [Translated from Portuguese, the author’s native language]:

“If your friend thinks that there is technology — machines and the like — to imprison a human soul, I’m sorry but she’s wrong, there is no such thing(s). Those who think positively and act positively have nothing to fear, however, those who think negatively, in addition to having against them cerebral disturbances or a neuro vegetative brain, they are also open channels that bring to them, or take them, to the appropriate places where they are “vampirized” and they remain as prisoners to harmful elements which make them the “living dead” and put them to the mercy of their wishes. This means in general a trapping of the soul that loses its own will. But, look, there must be a kharma or pre-determinism, an indebtedness of such people with those malignant agents, being the result of years of wickedness and degradation. Those with a positive registry [that is, their Akashic Records] have nothing to fear! … There are thousands of cases of sorcery and spells that make use of several techniques for these negative purposes, but, stronger are the positive fluids.”

~ DYezzi::. [Translated by Christina C. Breault]

Original Text

“Se sua amiga acha que existe técnologia “maquinas e afins” para prender uma alma humana, está enganada, não existe! Quem pensa positivo e age positivamente nada tem a temer, contudo, aqueles que pensam negativamente, além de terem contra si os distúrbios cerebrais ou neuro vegetativos têm contra si os canais abertos e que levam até eles ou levam eles até os locais apropriados onde são “vampirizados” e ficam como que presos a elementos perniciosos que fazem deles uns “mortos vivos” e ficam a mercê das vontades deles. Isto significa de uma maneira geral um aprisionamento da alma que perde suas vontades próprias. Mas, veja bem, há que haver um khárma ou pré determinismo, um endividamento dessas pessoas com aqueles agentes malignos, sendo resultado de anos de maldade e aviltamento. Quem tem seus registros positivos nada deve temer! … Há milhares de casos de bruxaria e de magias que fazem uso de diversas técnicas para essas finalidades negativas, mas, mais forte são os fluidos positivos.” ~ DYezzi::.

O Poder da Mente, os Pensamentos Após a Morte Física, Precauções aos Menos Avisados

*Canalizado por Domingos Yezzi, em 24/06/2003. Auxiliado por INK, líder do planeta ÁGA, 7º planeta do nosso Sistema Solar, ainda não descoberto pela Ciência.

O Poder da Mente, os Pensamentos Após a Morte Física, Precauções aos Menos Avisados

Ninguém fica a espera da morte, apesar de saber que ela é um fato imutável para todo o ser vivente da Terra, porém, quando ela ocorre de surpresa e apanha o ser humano desprevenido, mesmo aquele que há muito tempo estava gravemente doente e a aguardava ansiosamente como se fosse uma solução para todos os males. Apanha de surpresa também seus familiares, em alguns casos, desejosos para que ela viesse e o levasse de vez, e assim, o sossego voltaria a reinar no seio de sua família. Pairava sempre aquela dúvida: “Não seria melhor que ele morresse?”.

Não raro, nos deparamos em nossas viagens astrais, fora do corpo físico, com pessoas prestes a se desencarnar, apenas ligadas ao Perispírito por um tênue fio magnético, também prestes a se romper ou a ser rompido pelas Entidades responsáveis por ela. Encontramos também com pessoas recém-desencarnadas, as quais em ambos os casos, atarantadas, perplexas, com seus pensamentos ligados, atados mesmo, ao físico que estão deixando ou que acabaram de deixar na Terra, e nos seus parentes que lá ficaram, nos seus negócios, nas suas propriedades, no seu dinheiro e nas possíveis dívidas e divisões de partilhas de seus bens, que agora ele sabe para quem deveria ter deixado ou não, culpando-se por não ter tomado as providências cabíveis antes de morrer, pois agora ele pressente em que encrenca de disputas e cobiças ele lançou seus familiares diretos, e está aflito mais ainda agora, que não sabe como se manifestar entre eles para dizer-lhes da sua última vontade ou dar as devidas soluções, só que agora não dá mais para fazê-lo, e nem tampouco ele sabe como fazer para induzir a um médium de “incorporação” ou de “intuição”, através do qual ele possa se manifestar e até a escrever suas vontades e seus pensamentos.

Entra em profunda depressão psíquica e é atraído para os locais de afinidade no Astral, para só muito tempo depois e aí já se terá passado o tempo para aquelas soluções e ele poder conseguir se manifestar entre os vivos. Nesse meio tempo, todos os seus descendentes que ficaram na Terra, estarão lançando contra ele os piores pensamentos, as mais variadas execrações e maldições, o que o deixarão mais prostrado e perturbado, sem descanso e nem paz, ficando como uma Alma penada molestando os seus antigos parentes e locais por onde morou.

Quando isso acontece, com o Espírito ainda dentro do corpo, pois não conseguiu seu desligamento natural, ele fica desesperado e não consegue se livrar da matéria inerte, que já começa a exalar o mau cheiro repugnante, de putrefação, e os micróbios começam os seus trabalhos, e ele, ainda consciente, sente e ouve tudo. Grita desesperadamente, mas ninguém o ouve. Já se encontra dentro da cova e mais desesperadamente pede socorro e enlouquece, para só depois de seu corpo estar desintegrado e o cordão prateado rompido ele poderá ser içado para os locais de tratamento no Astral.

Muitas vezes, devido a grande carga de toxina mental e física, causada pelas ações de maldade e negatividade quando em vida, esses tipos de pessoas, ficam ainda por muito tempo presas aos locais onde morreram naturalmente ou foram mortas e bem como, em suas sepulturas, até que as cargas tóxicas sejam drenadas para a terra ou sejam desintegradas a sua volta. Seus pensamentos são lancinantes e muitas vezes pensam que gostariam de estar no lugar de suas vítimas ou algozes, os quais, ele acha que devem ter sofrido menos, com os atos criminosos e de tortura que ele cometeu contra eles, do que o que ele está sofrendo naquele momento.

Ninguém, nem a mais Alta Entidade, o poderá ajudar enquanto aquela drenagem tóxica for feita, e isso só vai depender dele. Nem mesmo as Entidades afeitas aos primeiros socorros espirituais poderão se aproximar dele, pois elas dependem da liberação ou libertação espontânea do ser desencarnante, a fim de poderem agir na plenitude de seus desígnios o de suas missões; devem aguardar as descargas eletromagnéticas primárias, daquelas toxinas e da mente daquela pessoa sofredora. O mesmo acontece com os as pessoas recém-desencarnadas que ficam por um bom tempo rodopiando junto aos seus pertences, às suas coisas, às suas memórias e principalmente aos seus dramas de consciência negativa, que as prendem, imantando-as aos locais de suas vivências anteriores, sobre as pessoas, como “encostos”, tão vulgarmente descritos agora por credos e religiões, que antes não admitiam aos seus adeptos nem mencionarem o assunto. Essas pessoas sofredoras, pertençam a que tempo pertencerem, ou seja, podem ser antigas ou modernas, ficam assombrando as demais pessoas e locais, com práticas e ações incriminatórias.

Só após elas conseguirem elevar os seus pensamentos e pedirem perdão e de coração, demonstrarem seus arrependimentos, sentirem os erros que cometeram e tenham vontade férrea de consertá-los, o que resultará na produção de uma pequenina luz de suas mentes doentias e que poderá ser vista e detectada por aquelas Entidades que continuamente descem ao Astral e à Crosta em busca dessas criaturas para o devido tratamento espiritual.
Aqui vão alguns conselhos importantes para todos os seres vivos e que com certeza, desencarnarão um dia:

1º) Viver condignamente, com boas ações e bons pensamentos,evitando cometer atitudes que venham a prejudicar outrem, ou que lhes cause aborrecimentos ou decepções, a fim de que estes não iniciem uma produção de ondas mentais contra ele e o pegue de surpresa.
Evitar fazer inimigos, procurar contornar as situações embaraçosas,tanto físicas, psíquicas ou espirituais. Procurar não se intoxicar com vícios de qualquer espécie, tais como: bebida, fumo, álcool e desregramentos e depravações físicas ou mentais sobre si próprio ou sobre quem quer que seja.

2º) Manter cotidianamente, diuturnamente, seu pensamento em elevação positiva, construtiva e ligada às suas Entidades protetoras,como, anjos da guarda, Entidades Espirituais nas quais ele mais acredita, a fim de que sua mente e seu Espírito estejam permanentemente “acesos” e em sintonia com o Criador, pelas vibrações magnéticas que emite, sem dogmas e preconceitos de qualquer espécie, pois a Fé é sintonia, eleva o pensamento até os mais altos páramos em busca das curas e reformulações da vida ao seu redor.

3º) Todo o ser humano ao pressentir que vai desencarnar, isto porque ele estaria muito doente, ou tenha sido ferido, enfim, há ou haverá momentos, nos quais a pessoa terá quase certeza de vai passar para o “lado de lá”, nestes casos, e mesmo quando estiver em plena saúde, deve sintonizar seus guias e protetores elevando seus pensamentos a quem ele acredita que possa ajudá-lo naqueles momentos, a fim de seus desligamento da matéria seja facilitado, decorra com a maior suavidade possível e desembaraçado, isto lhe proporcionará uma saída para os mundos espirituais mais elevados, para os quais, ele será como que puxado, independentemente de suas crenças e religiosidades.

Deve se concentrar apenas que, estará sendo amparado por Entidades mais poderosas que ele. Deverá se desligar de todas as coisas e problemas que o prendiam na Terra e até em seus parentes e amigos, tendo a certeza quase que absoluta de que após seu rápido estágio e tratamento nas clínicas astrais, ele poderá retornar,se assim o desejar, ao convívio dos seus.

4º) Se ao desencarnar, a pessoa tiver consciência de seu no estado espiritual, mesmo que não saiba onde se encontra, deve mentalizar firmemente seus amigos do Espaço, seus parentes desencarnados, os quais se estiverem em condições psicológicas e mentais, tudo farão para estar ao seu lado, para confortá-lo e darem aquele “empurrãozinho” e retirá-lo daquele local de seu infortúnio.
Isso só poderá ser feito se ele vibrar positivamente, caso contrário, pela Lei dos Afins, ele será imantado e sugado para as regiões de suas afinidades físicas e mentais, aí só muito tempo depois e com a sua anuência mental, poderá ser “buscado” e levado de lá para o devido tratamento.

5º) Aos desencarnantes e recém-desencarnados, que em suas vidas foram malfeitores, praticaram atos contra seus semelhantes e contra a sociedade, contra si próprios, sempre pessimistas, negativistas, descrentes de tudo e de todos, descrentes em Deus, e se ligaram ao Mal, às Entidades das trevas e se locupletaram sob esse mister, foram mentirosos, enganaram seus semelhantes e ao povo de forma geral, com certeza, estarão vibrando em patamares mais inferiores, mais baixos e sempre estarão em sintonia com os eflúvios do mal. Permanecerão presos em seus físicos pela carga tóxica e deletéria que adquiriram no decorrer de suas vidas. Seus atos, suas ações e sua mente aliada a sua consciência culposa não permitirão que eles tenham um desencarne suave e desembaraçado. Assistirão, ouvirão e sentirão, toda a movimentação de sua decomposição e a movimentação dos vermes sobre eles, que os estarão “digerindo” e isto, lhes dará a impressão de dores atrozes e assim permanecerão até a sua completa decomposição e o rompimento natural do seu “cordão vital prateado”. Nesse momento, os algozes e vítimas, desencarnados e os que sobraram, ainda encarnados, amigos, falsos amigos, parentes interesseiros, sejam filhos ou esposa e outros, lançam contra ele todo tipo de pensamentos negativos, de decepção, de cobiça sobre os bens por ele deixados e não divididos; credores que esperavam receber suas dívidas e não conseguiram, enfim, pode-se verificar saindo da mente e do coração de cada um, lampejos com formas pensamentos as mais ameaçadoras. Fazendo acumular sobre ele todas as vibrações maléficas, que se ele estivesse ainda vivo, acabariam por deixá-lo enfermo ou provocariam a sua morte súbita.

Nesses momentos também, as Entidades malignas se aproveitam para minar, através dos plexos e chákras dos circunstantes, as energias em defasagem, sugam-lhes os fluídos vitais e ectoplasmáticos para poderem atingir a todos e principalmente o moribundo e assim, estabelecerem um novo “status quo” pernicioso e negativo, transformando os circunstantes mais fracos de Espírito e de mente, em fontes contínuas de extração de material tóxico para seus futuros trabalhos e ações entre os vivos, portanto, estes conselhos servem também para aquelas pessoas frequentadoras de funerais e que para lá se dirigem, com seus pensamentos desguarnecidos e em sintonia com Entidades ou objetivos malévolos.

Para todos os casos, não resolverá só o pedido de perdão do desencarnante, é necessário o autoperdão para si, do próprio moribundo, como o perdão sincero de todos os circunstantes, para que haja uma reformulação do ambiente,da aura energética de cada um, dos pensamentos, para que sejam afrouxados os “ganchos magnéticos” que os prendem entre si e prendem o desencarnante ao físico e ao ambiente; para que ele possa seguir para regiões mais elevadas sem correr o risco de ir parar nas regiões abissais da Terra. Com certeza, seus guias e protetores,seus antigos parentes e amigos desencarnados e que já se encontram em planos psíquicos melhores, virão para ajudá-lo em seu desenlace e o seguirão para os locais de tratamento, entretanto, devemos salientar, que o conhecimento das energias e das melhores formas de sintonização mentais, não livrará nenhum dos participantes de suas culpabilidades, apenas as amenizarão, dando melhores chances e oportunidades para maiores esclarecimentos e novas disposições para poderem seguir cumprindo seus destinos.

O Poder Positivo da Mente de cada ser humano, em vida, durante a morte física, após a morte, é o maior e mais rápido veículo de locomoção entre os vários planos mentais e espirituais e cósmicos, que existem, regem e coordenam o Universo, em todos os seus quadrantes, visíveis e invisíveis.