O Que Acontece Após a Morte?

O Que Acontece Após a Morte?

Pergunta:

Olá novamente Sr. Domingos!

Poderia me responder algumas perguntas que me deixam em dúvida dia e noite?

  1. O que acontece quando morremos?
  2. Como é o processo?
  3. Existem seres que ajudam a gente “do outro lado”?
  4. Se existem seres iluminados, como encontrá-los?
  5. Caso não encontrá-los ou caso eles não existirem, o que fazer?

Muito obrigado,
Uerê

Resposta:

Prezado Uerê,

Aqui vão minhas respostas. Quase um livro. Peço a você que divulgue pois, muita gente precisa e vai querer saber desse este assunto:

  1. Não existe desencarne (morte) e reencarne (nascimento) iguais, apesar de aparentemente, parecerem ser idênticos! Ou seja, a morte e o nascimento são diferentes para cada pessoa. O moribundo pode estar sofrendo muito ou não estar sofrendo, mas, seu desprendimento será peculiar, exclusivo para ele, pois, vai depender do grau de adiantamento, de conhecimento e sobretudo, dos níveis de toxidade que ele pode estar carregando sobre si. Entenda-se por toxidade, todos os tipos de vicissitudes que dominam o ser humano, quando em vida, por exemplo, se no momento de sua morte ele estiver, vingativo, invejoso, avarento, odiando, não perdoando, cobiçando, tiver feito mal-uso de seus sentidos, como sexo, voz, olhos, ouvidos, mãos, pés, tiver sido um viciado em álcool, fumo, sexo, drogas, estiver ainda preso aos determinados tipos de alimentação, ter sido criminoso, traficante, desviado o dinheiro público ou de terceiros, mal uso da palavra, mal uso de suas prerrogativas de mando, de poder, seja em que área for, pública ou privada, enfim, ter sido um mal elemento, mesmo que as pessoas não tenham ficado sabendo de seus atos nefandos, e ainda mesmo que aparentemente ele possa não ter qualquer tipo de consciência, tudo ficará registrado nos chamados “Registros Akáshicos” ou seja, registros universais/siderais, tudo, mas, tudo mesmo, será o lastro, ou peso que o manterá por longo tempo dentro do corpo, até que a putrefação das células e moléculas se se desintegrem, arrebentando-lhe o cordão magnético que o prendia ao físico, e após, ele, já com seu teor magnético mesurado, será atraído para as regiões astralinas, tanto no Umbral como nos níveis mais elevados, nos quais, expurgará entre “amigos” comuns, ou seja da mesma afinidade ou como se diz na gíria, (da mesma laia) até que devidamente desintoxicado em seu Períspirito ele possa ser atraído para seu antigo clã familiar, de preferência e lá poder receber seu novo corpo. Devo frisar, que nem sempre o tempo que ele permanecer no astral, até que ele seja atraído para o novo corpo pode ser suficiente para ele se desintoxicar plenamente, daí ele trazer para sua nova vida, todos os sintomas das doenças ou dos vícios (os quais, também podem ser emocionais, mentais e etc.) e desta forma, volta para drenar suas toxinas em forma de doenças graves e de variadíssimos tipos. Teremos então, os elementos com deficiências graves, como câncer na laringe, no estomago, nos intestinos, fígado, baço, pâncreas, órgãos externos e outros órgãos internos, como olhos, voz, ouvido (os surdo-mudo) os aleijados, os portadores das doenças e tumores cerebrais, os portadores de síndrome de down e outras síndromes, incluindo-se as várias manifestações de epilepsia, catalepsia, loucura definitiva, aquela que é incurável, por sérias lesões cerebrais e mentais, de nascimento e por ações externas, tais como, choques, traumas e etc., bem como, as esquizofrenias, as depreções, os medos e tabus, os quais, também poderão estar ligados ao excesso de substância dopamina no cérebro, além dos distúrbios de mediunidade descontrolada ou mediunidade aberta. Todos esses sintomas e doenças, em sua maior parte, o indivíduo traz dentro desi karmicamente, pois ele retornou a vida com esses tipos de deficiência ou de carência, que com certeza, os especialistas das áreas da psiquiatria e psicologia, saberão como atenuar. É preciso salientar que, NÃO EXISTE INJUSIÇA DIVINA, tudo o que o ser humano aqui plantar, aqui ele colherá, mesmo que seja em reencarnações subsequentes. Eu vou mais longe dizendo que ” A BALA PERDIDA SÓ PEGA EM QUEM A ATIROU ANTES”, quer dizer que, não existe vítimas perante o Criador, apesar de no momento do acontecido, quando uma criança inocente é atingida, ela e seus parentes, inconformados, não sabem e não aceitam a fatalidade, mas, o espirito do que foi atingido sabe ou vai saber. O Mestre dizia “Eu Não vim para Mudar a Lei mas sim para cumpri-la” e Ele, sem exceção também foi aparentemente vítima da Lei Universal (veja o capitulo especifico sobre a Morte e a Missão de Jesus no meu segundo livro “O DNA Do Espirito E Os Extraterrestres“! Há outros casos de desencarne como aqueles provocados por acidentes, por assassinatos e outros que ocorrem inesperadamente, mesmo nestes casos, quando o espírito é expulso do físico, repentinamente ou abruptamente, estarão sujeitos ao peso das toxidades e ao tempo de desintoxicação. Há também os casos de suicídio, quando a pessoa, por covardia ou desespero, dá fim a sua própria vida pensando que assim se libertará de seus problemas, ledo engano! Ela, entrará num estágio tão penoso quanto, ou pior do aquele em que se encontrava quando em vida! Terá contra si, todo o peso de suas toxidades, mais uma agravante que é a de ter fugido da vida e a ter encurtado no seu tempo real programado para seu destino. Além de que, sofrer os traumas espirituais ou perispirituais do tipo de morte que provocou sobre si, ou seja, se foi por tiro, por veneno, por ter se atirado debaixo de um trem ou de um veículo qualquer e agora, por terem se utilizado de cartuchos de dinamites em volta do corpo, matado a si e a outras centenas de pessoas, que estarão atrás dela lá nas regiões umbralinas, em locais específicos só para os suicidas.
  2. Respondido acima.
  3. Sim, há seres socorristas do lado de lá que fazem o possível dentro de suas limitações para guiarem o desencarnado em seu novo “status”, bem como, preparando-os para a nova reencarnação, no exato momento para isso. Mas, essa ajuda não livrará aqueles que devem passar ou arcar com seus processos e responsabilidades.
  4. Sim, há seres iluminados do lado de lá, mas, como se encontram em patamares vibratórios mais elevados, só poderão ser encontrados, se o ser humano tiver também sua vibração elevada, ou se eles baixarem suas vibrações, o que é um grande sacrifício para eles, descerem até o ser menos elevado.
  5. Na verdade, a reencarnação é automática, ou seja, o ser desencarnado encontra-se do lado de lá necessitando retornar á matéria, pois essa é uma das cláusulas da Lei Universal, ele será atraído automaticamente para o seio do seu antigo clã, de preferência familiar, mas, para isso ocorrer, será necessário que haja alguém para dar à luz a ele e disposto a recebê-lo. Normalmente, já deverá ter havido um acordo para essa aceitação entre eles. A ajuda dos seres mais elevados Reencarnacionistas se dá no sentido de resguardar o nascimento de intromissões indesejáveis, tais como, inimigos do reencarnante, da futura mamãe e outros, que, por qualquer motivo, até pelo tipo de “habitat” inóspito, colocarem dificuldades várias! Vou dar um exemplo aqui, um tanto “animalesco”, mas, que penso, facilitará o entendimento de todos os que se interessarem pelo assunto. Temos aqui na Terra um exemplo típico que nos mostra como funciona essa questão do reencarne ou renascimento: A humanidade da Terra , é carnívora por excelência, então, assistimos a morte de milhões de animais bovinos, suínos e conforme os países, todos os outros tipos de animais, deveria haver a pergunta: Se existe a Justiça Divina e ela é igual para todos, como permite toda essa matança? Os mais afoitos dirão: Os animais vieram para alimentar o ser humano, consequentemente não há por que ter pena deles: Eu respondo: Sim, de certa forma, o nosso habitat permite e facilita a ingestão de carne de animais, o que não ocorrem em outros planetas evoluídos, sempre salientando, evoluídos, desta forma, aqui, quanto mais os animais são mortos, mais eles se reproduzem e retornam “dentro daquele bendito esquecimento” que já mencionei em capito especial do meu livro e dentro do meu site, e, quando o fazem, não retornam vingativos, ao contrário, voltam mansos, e se sujeitam a serem mortos até cruelmente para serem ingeridos de várias maneiras, quando que se no lugar deles, fossem os seres humanos a serem massacrados dessa forma, com certeza viriam vingativos e o círculo vicioso do kharma se instituiria “ad eternum”, ou seja, para sempre, mas, os animais, logo após serem sacrificados, são imediatamente atraídos para o seu meio, e não lembram do que passaram anteriormente, daí a reprodução continua, o que é uma “dádiva” para os criadores e pecuaristas que se enriquecem cada vez mais com essa indústria da morte de animais! Para evitar isso, conto aqui uma passagem pessoal comigo: tive uma cachorra da raça dogue alemão, grande, toda dourada, olhos dourados, nariz vermelho, de nome DAPHNÉ, em homenagem a suíte Daphnis et Clohé, de Ravel, que estava tocando no meu rádio, no momento exato em que eu a puxava do ventre da mãe dela no ato do seu nascimento. Ela só falta falar e eu aprendi com ela a sua linguagem que era, e é, pelos sopros do nariz, ou seja três curtos, três longos, um curto dois longos e assim por diante. Assim, criei uma afeição por ela e, quando por uma fatalidade, minha casa passou por uma grande enchente, não pude salvá-la, o que foi uma dor horrível para mim, como se eu tivesse perdido um ente da família, então num ato de desespero e para evitar esse “reencarne automático” que já mencionei, pedi ao meus Guias da terra, que não permitisse que ela reencarnasse, pois, gostaria de reencontrá-la quando eu retornasse ao campo espiritual. E assim foi feito! Hoje ela serve de cão guia para os socorristas que adentram ao Umbral para buscar alguns necessitados e eles a trazem para mim que a vejo, balançando sua cauda de contentamento quando me vê! Portanto, a todos aqueles que têm os mesmos princípios, podem fazer o mesmo com seus animais de estimação!

Todas essas informações apesar de eu ter-me alongado, ainda poderiam ser mais profundas, mas, para não ser cansativo e extenuante, pararei por aqui, não sem antes informar que, todas elas eu as recebi de seres mais evoluídos que eu, ou seja eu as verifiquei “in loco”, ou seja pessoalmente, mas, assim mesmo não me dá o direito de ser infalível. E ainda, que em planetas mais evoluídos, tudo ocorre diferentemente, devido ao nosso “habitat” ser um tanto grosseiro e dar margem a todas essas mazelas descritas!

O ser terráqueo não faz ideia nem de longe o que vem a ser a vida e o renascimento entre seres evoluídos!

Um forte Abraço e por favor divulgue sem exceção!
DYezzi::.

Ataque de formigas

Ants' Attack

Pergunta:

Prezado amigo e mentor, bom dia.

Como foi de Ano Novo? Conosco foi tudo na paz, em casa, acompanhando pela TV os fogos.

Ocorreu uma situação em nossa outra casa. … Nesta casa aparecem muitas formigas em todos os lugares. E nosso apartamento é no quarto andar e sempre bem limpo e arrumado. O que chamou atenção foi que ontem ao pegar roupas do cesto pra colocar na lavadora, somente algumas peças estavam encharcadas em demasia de formigas, todas de forma aglomeradas como se atraidas por algo nas roupas. Aí dissemos: isso é espiritual. … Então me comprometi a analisar o caso com sua ajuda que é meu mentor.

Desde já, nossa gratidão, querido amigo.

Abraços!
Mantuano

Resposta:

Prezado Mantuano,

Abraço na esposa e nos filhos. Grato. Aqui estamos indo.

Já tive esse problema quando morava em Ribeirão Preto.

Sim, com certeza as causas são espirituais negativas. Quando ocorre uma espécie de centralização dessas energias, elas são atraídas. Passei a examinar meu próprio problema. Não significa que estejamos produzindo tais energias, mas o local, pode estar contaminado desde há muito tempo, por acontecimentos funestos e etc. E quando eu digo o local, quero dizer a região, o bairro. Pois notei que em minha casa a vibração não era cem por cento, mas haviam contrariedades, e haviam muito mais no vizinho do lado, por conseguinte, elas pareciam estar fugindo da casa vizinha. Elas vinham aos milhares, em fila indiana (correição), passavam sobre meu grande tapete africano da sala e se dirigiam para o jardim. É claro que não pude ver aquilo sem exterminar, mas mesmo assim continuavam passando silenciosamente até que sumiram. Portanto, além das vibrações negativas que as ajudam a se movimentar e se transladarem de um lado para outro, existem os problemas físicos, ou seja, se houver uma movimentação de construção por perto, elas tendem a fugir.

Por outro lado, os antigos me diziam que aquilo era sinal de mudança da família para breve, e não é que tivemos que nos mudar meio que abruptamente de volta para São Paulo. Aqui não se trata de crendice, pois isso aconteceu comigo. Pense!

Descubra onde é o formigueiro, coloque veneno dentro dele, que elas se mandam para outras paragens ou morrem por ali mesmo!

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”info”]Translated Text: Ants’ Attack[/box]

Reencarnação, Karma

Karma

Pergunta:

Olá, bom dia,

Gostaria de solucionar uma dúvida: A doutrina espírita fala em reencarnação e que estamos em um mundo de provas e expiações para saldar dívidas do passado ou cumprir alguma missão. Mas não é injusto a pessoa ficar sofrendo por uma coisa que ela fez em uma outra vida que ela nem vai lembrar do que fez? Agora toda vez que passo por momentos difíceis na minha vida, fico paranóica, pensando no que eu fiz no passado, se matei, se roubei, etc…

Atenciosamente,
Naiara M.

Resposta:

Prezada Naiara,

No meu segundo livro “O DNA do Espírito E Os Extraterrestres”, página 65 – “O Poder da Mente … O Bendito Esquecimento”, você encontrará detalhes explicativos para essa sua dúvida, entretanto, vou dar aqui umas rápidas pinceladas a respeito, pois nunca é demais:

Sempre baseado que O Criador – O Núcleo Central Cósmico – é justo e imparcial dentro de suas leis, imaginou um Universo composto só de positividades e que em todos os planetas que formam esse universo, haveriam humanidades boas, dentro do amai-vos uns aos outros, mas, como a inteligência maior é a dele, não poderia deixar de formar leis naturais e automáticas, visando alcançar aquele ser humano que, com certeza, devido ao seu “habitat inóspito” iria sair da linha. Seria invejoso, rude, maquiavélico, maldoso, briguento, semearia a discórdia, a guerra, a doença, enfim, faria tudo aquilo que não estivesse previsto. Dai surgirem as Leis de Ação e Reação, de Causa E Efeito e muitas outras que, naturalmente cerceariam a belicosidade do ser, levando-o ao aprendizado, mesmo que pela dor, já que pelo amor, o ser humano acharia muito fácil e não praticaria. Então, desde a existência dos seres humanos, devido essa índole belicosa, que vem ocorrendo essas distorções praticadas pelo ser contra o próprio, gerando assim um acumulo de atrocidades cujo tempo médio de vida, principalmente no planeta Terra não daria para que ele resgatasse suas ações nefastas, mas tudo fica registrado nos chamados Registros Akhashicos, sobre os quais, você encontrará minhas explicações no meu site. Esses registros cósmicos-universais são por assim dizer, uma copia de nossos registros mentais/espirituais em tamanho agigantado. Desta forma, muito mais meticulosa do que a memória do ser humano, que é fraca e esquece tudo por conveniência e interesse, a Memória Divina que são esses registros, nada esquece, nada se apaga, ao contrário, deixa tudo pendente em busca da solução adequada.

Isso vale dizer que, se você deu uma paulada na cabeça de alguém, esse alguém registrou sobre si próprio, mesmo que ele tenha morrido, pior e mais ainda se morreu. Ora, como já expliquei, não havendo tempo para que você recebesse de volta o que você praticou, pois tanto você como sua vitima, se foram fisicamente. Sim, fisicamente, pois espiritualmente e mentalmente vocês continuaram mais vivos do que nunca e consequentemente, um desejando vingar-se e o outro, não aceitando, como você não aceita, ao encontrá-lo revidaria antes que ele se lembrasse que foi você quem o matou na outra e, novamente, você o faria de vitima. E ele, nas duas vezes, clamou por Deus, por proteção e ninguém apareceu! Não apareceu, justamente porque ele também havia praticado algum tipo de desarmonização, ou seja tudo vira um “moto-continuo” sem fim. Até que aja o perdão espontâneo entre os dois, dai o bendito esquecimento, que leva o algoz frente a frente ao seu inimigo, e ele apenas vai saber “que não topa aquela pessoa” mesmo sem a ter conhecido antes. Também vai haver aquele que se apaixona á primeira vista, sem também ter conhecido a pessoa antes!

Dai eu sempre dizer: – “Quem não deve não teme!” – “A bala perdida só pega em quem a soltou antes!” – “Nada ocorre por acaso!” – “À cada um de acordo com suas obras!” – Ele já dizia. E este meu ditado algébrico que diz: “Ai de Ti ou Feliz de Ti, No Dia em que o Teu Presente, encontrar o Teu Passado!” A matemática cósmica se fará presente, ou seja, se foi negativo e ainda continua sendo negativo, sinais iguais, soma-se e tudo continua negativo! E nem os mentores poderão interferir. Se foi positivo e continua sendo positivo no presente, sinais iguais, soma-se e tudo continua positivo! E nem o mais negativo dos seres poderá interferir. Se foi negativo e o presente é positivo, sinais diferentes, diminui-se, permanecendo o sinal do maior! Portanto, não há o que temer, apenas deve-se ter a preocupação de construir, de fazer bem aos outros e ao mundo, pois o que é do homem será do homem, seja positivo ou negativo. Autor: DYezzi::.

Veja bem, não há religião ou religiosismo nessa casuística, há apenas, ação e reação, sem castigo divino, sem punição dos santos ou mentores, apenas leis cósmicas siderais a serem cumpridas. Ou seja, normas de boa convivência entre os seres universais.

Abraços.
DYezzi::.

Olho por Olho, Karma, Deus …

Olho por Olho

Pergunta 1:

Olá DYezzi,

Eu lendo seu livro, o primeiro … “Os que os extraterrestre … acham de nós” … tem uma parte lá sobre os karmas. Numa situação de perigo na rua com bandido, a gente tem que reagir? A questão de nosso karma que entendi lá pode sobrar olho no olho no dia do encontro com o KARMA. Onde devemos preservar o nosso espirito, a massa corpórica, devemos reagir para que o Karma seja mais brando? Mas mesmo com o perigo eminente, mesmo assim devemos reagir? ou só na oportunidade que temos de sucesso de escapar?

Obrigado,
Ronney E.

Pergunta 2:

Obrigado DYezzi,

Pois é, muito estranho as pessoas. Estava em experiência de trabalho e não renovaram os 45 dias. A gerente dizia que estava gostando mas veio ordem superior da empresa. Mas faz parte, estou tentando e fazendo flasback de onde minha ação não foi o desejado deles e retornaram com esta reação sendo que para mim a [minha] dedicação era suficiente. Enfim o universo conspira ao meu favor nas infinitas possibilidades. Chateado pelas falsidades das pessoas. Namaste. Só agora esperar a nave da federação e de lá esperar a 3D deixar de ser para o habitat aqui tornar 4D.

Ronney E.

Pergunta 3:

[Considerando] a palavra Lúcifer = Luz e Cristo = Luz, na física e tudo mais a luz é uma só. Origem a mesma, da criação. Então seria a mesma pessoa? Uma apagou assim dizem as religiões. E luz não apaga. Ela precisa do escuro para prosseguir. Resumindo: cada um no seu quadrado mas fica ainda a polêmica sobre a luz ser a mesma. Seria Lucifer/Cristo da mesma dimensão? Poderia o amigo decifrar esta para mim? Veio este tema hoje aqui na net.

Abraço,
Ronney E.

Resposta 1:

Prezado Ronney,

Grato por seu e-mail e por sua pergunta.

O kharma quer dizer destino. Nascemos com ele. E por conseguinte, tudo vem delineado para o nosso futuro. É infalível, quase matemático, contudo pode ser amainado dependendo da nossa vontade, na hora de uma decisão. Quando o Mestre-dos-Mestres disse: “Se alguém lhe bater numa das faces, ofereça a outra face”, não quis dizer: “Sejais covardes! não se defendam!” Ele apenas quis dizer para evitar as reações em contrário, elas podem virar uma bola de neve, um moto continuo sem fim, pelo qual, uma pessoa mata a outra hoje, aquela que foi morta volta e mata seu algoz amanhã e assim por diante, nunca tem fim como não está tendo, veja o panorama do nosso planeta é um mata mata sem fim.

Tive vários chefes de policia de São Paulo aqui em casa, e uma das conversas foi esta: Estando em perseguição a um meliante e nos ameça com uma arma e vai puxar o gatilho, devemos matá-lo ou não? Todos nós temos direito a nos defender, mas há um segundo entre a policia e o bandido, um segundo, onde a policia tem a possibilidade de apenas atirar nas pernas dele, nos braços ou dar tiros não mortais, mas naquele segundo, a policia, por raiva ou vingança, o mata com um tiro certeiro. Com certeza essa ação aparentemente despercebida aos olhos humanos e a lei, vai gerar um kharma para o policial, pois ele podia não ter matado, mas fez de conta que desconhecia e o matou friamente. Ora, isso vai gerar uma culpa indireta, além do que o espírito do ladrão vai cobrar do policial sua vida desperdiçada por um segundo de maldade.

Penso que este exemplo dará para se ter uma ideia. Mas, qualquer coisa volte a perguntar.

Abraços.
DYezzi::.

Resposta 2:

Caro Ronney,

Estou a disposição. É só escrever.

Abraços.
DYezzi::.

Resposta 3:

Prezado(s) e Querido(s) (Osvanil e) Ronney,

Realmente, podemos ter até mais que três tipos de justiça, por exemplo, uma delas, acrescentando às três mencionadas, a justiça entre as gangs de criminosos, a qual não apela para nenhuma das outras três, tem seu próprio código de honra e não teme nenhuma das outras três, mas está sujeita às outras três e, não querendo se sujeitar, age à sua maneira. Porém, o que ocorre com os culpados ou vitimas de todas elas, posteriormente à perda do corpo físico, cada um deles passará isoladamente o que tiver que passar, e ninguém mesmo se apiedará dele. Tudo isso levando-se em conta apenas o tipo de “habitat” terráqueo!

Quanto a origem da Luz, é uma só: O Núcleo Central Cósmico – Deus. Mas, as designações errôneas só se dá aqui na Terra, pois tanto as religiões quanto as filosofias e congêneres, faladas, escritas, hereditárias através da historia ou não, com suas tendências mentais escravizantes, de domínio do ser humano sobre outro ser humano, sempre deturparam o verdadeiro significado dessa palavra pequenina mas grandiosa como o Universo, “Luz”.

O que quer dizer que “em terra de cego quem tem um olho é rei”, “na total escuridão quem tem uma lamparina é Deus”. Trocando em miúdos, tanto Jesus, como Lúcifer ou como qualquer um de nós, tem sua origem no Núcleo Central Cósmico, assim também, o negativo, o positivo e o neutro, o mal e o bem, o mau e o bom. Acontece que, cada uma dessas facções ou ramificações “divinas” se reforçam nos “habitats” ruins e negativos e até a luz não atravessa. Dai os chamados umbrais da Terra, os campos ou universos paralelos negativos, onde se localizam os locais tenebrosos, charcos, vales, pântanos, labirintos em total escuridão, apenas iluminados com luzes artificiais produzidas e controladas pelas mentes negativas dominantes, que seriam os Lúciferes donos do pedaço”, que se tornaram reis milenares daqueles locais, dentro dos quais, se regozijam em poder torturar suas vitimas e algozes, naturalmente, cumprindo as Universais Leis de Ação e Reação. Eu diria que, apesar do jargão popular que diz que o “Sol nasceu para todos”, não nasceu para aqueles que são obrigados a “viver” energeticamente naqueles locais pois, devido suas emanações negativas de dor mental e espiritual, conseguem formar uma espessa névoa, uma nódoa, que não permite a passagem da Luz solar, apesar de que fisicamente os raios solares incidirem sobre todo o planeta. (Eu teria que fazer uma explicação mais detalhada sobre esse fenômeno, mas isto tornaria este texto muito longo). Contudo, tudo isso se desfaz nos “habitats” bons, positivos e a Luz vem mais firme e em vários matizes coloridos.

Portanto, no universo todo prevalece a Lei das afinidades, da ação e reação e, por incrível que possa parecer, o que é Luz para uns é cegueira e escuridão para outros e vice-versa.

Infelizmente, todas as religiões e filosofias, se conhecem os fatos acima, não lhes é dada a facilidade de tecer essas revelações que faço, pois, no meu caso, acho que é chegada a hora “das máscaras e mordaças negras e dos porcos comerem pérolas”, ou morrerão com fome de conhecimento!

Grato a vocês pelas perguntas e ao ensejo de minhas respostas!

Abraços.
DYezzi::.

Reencarnação

Reencarnação

Pergunta:

Gostaria de solucionar uma dúvida. A doutrina espírita fala em reencarnação e que estamos em um mundo de provas e expiações para saldar dívidas do passado ou cumprir alguma missão. Mas não é injusto a pessoa ficar sofrendo por uma coisa que ela fez em uma outra vida que ela nem vai lembrar do que fez ?  Agora toda vez que passo por momentos difíceis na minha vida, fico paranóica, pensando no que eu fiz no passado, se matei, se roubei, etc…

Atenciosamente,
Naiara

Resposta:

Prezada Naiara,

Leia no meu segundo livro, “O DNA do Espírito E Os Extraterrestres”, página 65 — “O Poder da Mente. [Também em] “O Bendito Esquecimento”, você encontrará detalhes explicativos para essa sua dúvida, entretanto, vou dar aqui umas rápidas pinceladas a respeito, pois nunca é demais:

Sempre baseado que O Criador — O Núcleo Central Cósmico — é justo e imparcial dentro de suas leis, imaginou um Universo composto só de positividades e que em todos os planetas que formam esse universo, haveriam humanidades boas, dentro do ‘amai-vos uns aos outros’, mas, como a inteligência maior é a dele, não poderia deixar de formar leis naturais e automáticas, visando alcançar aquele ser humano que, com certeza, devido ao seu “habitat inóspito” iria sair da linha. Seria invejoso, rude, maquiavélico, maldoso, briguento, semearia a discórdia, a guerra, a doença, enfim, faria tudo aquilo que não estivesse previsto, Dai surgirem as Leis de Ação e Reação, de Causa e Efeito e muitas outras que, naturalmente cerceariam a belicosidade do ser, levando-o ao aprendizado, mesmo que pela dor, já que pelo amor, o ser humano acharia muito fácil e não praticaria. Então, desde a existência dos seres humanos, devido essa índole belicosa, que vem ocorrendo essas distorções praticadas pelo ser contra o próprio, gerando assim um acumulo de atrocidades cujo tempo médio de vida, pricipalmente no planeta Terra não daria para que ele resgatasse suas ações nefastas, mas tudo fica registrado nos chamados Registros Akhashicos, sobre os quais, você encontrará minhas explicações no meu site. Esses registros cósmicos-universais são por assim dizer, uma copia de nossos registros mentais/espirituais em tamanho agigantado. Desta forma, muito mais meticulosa do que a memória do ser humano, que é fraca e esquece tudo por conveniência e interesse, a Memória Divina que são esses registros, nada esquece, nada se apaga, ao contrário, deixa tudo pendente em busca da solução adequada.

Isso vale dizer que, se você deu uma paulada na cabeça de alguém, esse alguém registrou sobre si próprio, mesmo que ele tenha morrido, pior e mais ainda se morreu. Ora, como já expliquei, não havendo tempo para que você recebesse de volta o que você praticou, pois tanto você como sua vitima, se foram fisicamente. Sim, fisicamente, pois espiritualmente e mentalmente vocês continuaram mais vivos do que nunca e consequentemente, um desejando vingar-se e o outro, não aceitando, como você não aceita, ao encontrá-lo revidaria antes que ele se lembrasse que foi você quem o matou na outra e, novamente, você o faria de vitima. E ele, nas duas vezes, clamou por Deus, por proteção e ninguém apareceu! Não apareceu, justamente porque ele também havia praticado algum tipo de desarmonização, ou seja tudo vira um “moto-continuo” sem fim. Até que aja o perdão espontâneo entre os dois, dai o bendito esquecimento, que leva o algoz frente a frente ao seu inimigo, e ele apenas vai saber “que não topa aquela pessoa” mesmo sem a ter conhecido antes. Também vai haver aquele que se apaixona á primeira vista, sem também ter conhecido a pessoa antes!

Dai eu sempre dizer: Quem não deve não teme”! – “A bala perdida só pega em quem a soltou antes”! – “Nada ocorre por acaso”! – “À Cada um de acordo com suas obras”! – Ele já dizia. E este meu ditado algébrico que diz: “Ai de Ti ou Feliz de Ti, No Dia em que o Teu Presente, encontrar o Teu Passado”! A matemática cósmica se fará presente, ou seja, se foi negativo e ainda continua sendo negativo, sinais iguais, soma-se e tudo continua negativo! E nem os mentores poderão interferir. Se foi positivo e continua sendo positivo no presente, sinais iguais, soma-se e tudo continua positivo! E nem o mais negativo dos seres poderá interferir. Se foi negativo e o presente é positivo, sinais diferentes, diminui-se, permanecendo o sinal do maior! Portanto, não há o que temer, apenas deve-se ter a preocupação de construir, de fazer bem aos outros e ao mundo, pois o que é do homem será do homem, seja positivo ou negativo. — Autor: DYezzi::.

Veja bem, não há religião ou religiosismo nessa casuística. Há apenas ação e reação, sem castigo divino, sem punição dos santos ou mentores, apenas leis cósmicas siderais a serem cumpridas. Ou seja, normas de boa convivência entre os seres universais.

Abraços,
DYezzi::.

Lúcifer… verdade ou legenda?

Lúcifer... verdade ou legenda?

Pergunta:

Olá Yezzi,

Prazer em conhecê-lo. É verdade que Lúcifer existe, ou é somente uma lenda? Pois há religiões que dizem que ele existe e outras negam a existencia dele, aí fico na dúvida.

Obrigado pela atenção.
José O.

Resposta:

Prezado José,

Grato por sua pergunta.

Pra que eu possa dissertar a respeito desse personagem Lúcifer e ao mesmo tempo responder a sua pergunta, eu tenho que retornar aos tempos da Criação do Universo, o que você poderá ler no capítulo 24, páginas 64–72 do meu primeiro livro “O que Os Extraterrestres Pensam e Esperam de Nós“, denominado de: “De Onde Viemos O Que Somos e Para Onde Vamos” e ” Gênesis Moderna” respectivamente. Devo lembrar que estaremos editando um livreto de bolso só para essas páginas, pois elas são essenciais para compreensão do Criador e Suas Criaturas.

Quando o Núcleo Central Cósmico — Deus — ou O Criador passou a existir, ele se tornou um grande Sol, gerador de energias e as espargiu para todos os recantos do Universo e cada raio ou que era e é espargido dele sai com um comprimento de onda especifico, que foi chamado de Centelha. Sendo assim, as respectivas centelhas foram dando origem a cada coisa no universo, ou seja, aos planetas, aos “habitats”, aos habitantes e tudo o mais que teria que existir. E, como um grande gerador, à guisa de uma Grande Usina Elétrica, como tal, gera tanto o positivo, quanto o negativo e o neutro.

Durante bilhões de anos esse Núcleo Central Cósmico foi gerando tudo à sua volta e assim de dentro para fora, tudo foi tomando sua respectiva forma e cada “habitat” foi formando seu habitante, ou seja, “o habitat gera seu habitante e seu habitante gera seu habitat, não importando a localização desses Habitats no universo, contudo, os mais próximos a ele foram sendo gerado antes, portanto, são mais antigos e adquiriram experiência, vivência e conhecimento antes daqueles que íam sendo formados nas periferias do Universo e das respectivas galáxias (lembrando que nosso sistema solar se situa na periferia da nossa galáxia — a Via Láctea). Ocorre, entretanto, que muitas centelhas humanas geradas anteriormente, e, por serem humanas, ou como querem alguns, humanóides em alguns casos, mas que no conceito universal todos são humanos; falharam e foram remetidos aos habitats mais inferiores, não só para se desintoxicarem de suas partículas negativas, mas também porque tinham adquirido mais conhecimentos e maior avanço tecnológico, mas como não haviam conseguido perder sua negatividade, sua soberbia e arrogância, ao se verem frente a frente com seres mais ignorantes e carentes, induziram a outros já reencarnados a criarem cultos, seitas e religiões afeitas ao mal e que tinham por escopo a sua adoração, sempre com firme propósito de dominação das maças e obterem vantagens energéticas e fluídicas. Vieram povos, que apesar do adiantamento psíquico e cientifico, faziam sacrifícios de sangue, tanto de humanos como de animais a esses seus “deuses” que se auto-dominaram de Lúcifer, Diabo, e congêneres. E, como o mal já estava prevalecendo, foram mandados para esses locais, principalmente a Terra em nossa Galáxia, entidades do Bem. Estas então, também baseadas na fragilidade e no pouco conhecimento que se alastrava entre os humanos, fundaram religiões que cultuavam a Deus e mesmo assim, foram ensinadas a temê-lo e não a amá-lo e neste círculo vicioso sem fim que perdura até hoje, formou-se a eterna luta entre o Bem e o Mal, os quais são frutos do mesmo Núcleo Central Cósmico, e sendo assim, os revoltados continuam revoltados e endeusando o deus do mal Lúcifer, Satanás, o Diabo e os que ainda tentam um lugar no positivismo, continuam endeusando seus avatares do Bem, entre eles Jesus e muitos outros.

Pode-se imaginar quantas milhares de seitas e religiões surgiram dessa luta sem fim! Sem esquecermos, que o Núcleo Central Cósmico durante a criação do Universo e seu imenso conteúdo, veio criando as leis de ação e reação, causa e efeito e etc, as quais vieram se formando a cada delito praticado, contra a construção e a elevação do ser de volta a sua origem — Deus, o qual terá seu direito a elevação e ao progresso, mesmo que leve milênios para que isso aconteça e ele tenha que passar por milhões de reencarnações para planetas como a Terra ou pela troca simples e pura de suas vestimentas energéticas em planetas mais evoluídos!

TEXTO DE AUTORIA EXCLUSIVA DE DOMINGOS YEZZI — Aqui cai por terra a teoria do Big Bang, prevalecendo a minha afirmação de que o Universo se inciou desde o micro ao macrocosmos.

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”note” size=”large”]Translated Text: Lucifer… true or legend?[/box]