A Humanidade Está Sendo Chipada … É Isto Um Sinal do Arrebatamento?

A Humanidade Está Sendo Chipada ... É Isto Um Sinal do Arrebatamento?

Pergunta:

Olá Domingos, tudo bem?

Ontem recebi uma mensagem de uma tia dizendo que no Brasil todos os documentos serão apenas um, ou seja, os brasileiros terào um cartão chipado com dados de CPF, identidade e etc. Aqui na Europa já existe este cartão há mais de cinco anos e nos EUA foi aprovada a lei onde as pessoas para irem ao médico precisarão estar chipadas na costa da mão, ou na testa, exatamente como diz a Bíiblia, e esta seria a época do arrebatamento? O que você diria sobre isso Domingos? Espero que esteja bem. Abraços!!

Adriana

Resposta:

Oi Adriana,

Sobre as pessoas chipadas e o tal arrebatamento, eu diria o seguinte: Esse sistema já estava sendo milenarmente previsto, pois, a humanidade terrestre, caminharia e já está caminhando para uma transformação numérica, ou seja, cada indivíduo será apenas um número e, desta forma, poderá ser acompanhado e seguido em todos os seus passos durante toda a sua vida, pelas autoridades governamentais de cada pais e mundiais, isto devido a comportamentos irregulares de cada um e para que as autoridades tenham cada um de nós sob seus controles. Na verdade, eu não vejo nada de mal nisso, pois quem não deve não teme, contudo, não sei como as autoridades conseguirão numeralizar (enumerar) os terroristas islâmicos, os traficantes, os políticos, os próprios policiais, os agentes federais locais e internacionais, os militares em geral e os próprios governantes! Será que ai eles conseguiram? Penso que não!

Quanto ao tão falado arrebatamento, nada tem a ver com esses sistemas de chips, pois, como eu disse acima, ou dei a entender, um chip não revela o caráter, o nível mental e espiritual, ou seja, de vibração de cada um, e será este nível vibracional que indicará a separação do “joio” do “trigo”. Somente os que forem considerados trigos, ou do Bem (positivos) serão arrebatados (abduzidos) para dentro das naves extraterrestres gigantescas que estão chegando a cada dia, vindas de sistemas solares distantes e estão se alojando dentro do nosso Sol, a fim de acompanharem “os desenlaces” ou as transformações geofísicas que já estão ocorrendo indiretamente com as humanidades de todos os planetas de nosso Sistema Solar, os quais, já estão sendo causados pelas vibrações negativas da aura deletéria do gigantesco planeta Sidérius (Nibiru) que já foi fotografado pela NASA, que nada comenta mas o vem acompanhando! E, como escrevi em meus livros e estão postados no meu site, aquele planeta provocará a verticalização do eixo terrestre que está, ou estava, com uma inclinação de 24 graus e com isso provocará hecatombes terríveis, terremotos, maremotos, tsunamis, calor insuportável em grande parte do globo terrestre, devido aos “dois sois que aparecerão (o Sol e Sidérius) juntos e, após terrível escuridão e frio a centenas de graus abaixo de zero, após a passagem de Sidérius que dividirá o nosso sistema solar em dois novos sistemas (veja pelo meus livros e pelo meu site) além de causar um aumento e distorções várias no metabolismo humano, que como você poderá notar, já anda mais belicoso, mais desumano, mais animalizado e com menos fé no Criador (o Núcleo Central Cósmico e em Suas Leis de Causa e Efeito), veja, por exemplo, a nova experiência com bomba de hidrogênio pela Coreia do Norte, cuja população só acredita em seu líder. Portanto, não estou querendo ser ave de mal agouro, mas apenas relatando o que meus amigos ETs me transferem. OK?

Abraços,
DYezzi::.

Separação ''Joio'' do ''Trigo''

Separação ''Joio'' do ''Trigo''

Pergunta:

Boa noite, Domingos, tudo bem?

Venho aqui lhe fazer uma pergunta referente a explosão cósmica que se aproxima. Com o Siderius e Nibiru tornando-se um segundo Sol, haverá uma grande explosão e separação de níveis de consciência, de pessoas más e boas?

Em que dimensão está Marte e Vênus?

As crianças Cristais e índigos serão automaticamente levadas a esferas e planetas mais evoluídos, como o chamado arrebatamento?

Grato pela sua atenção.
Zack M.

Resposta:

Prezado Zack,

Não haverá explosão! Sidérius que está se aproximando, ao entrar em nosso sistema solar terá suas camadas superiores ativadas, assim como ocorre com o nosso Sol. Virá “aceso”, razão pela qual, durante um período aproximado de três anos, que é o tempo, mais ou menos, que ele levará para atravessar e modificar nosso Sistema e dividi-lo em dois Sistemas, (veja a divisão em meu primeiro livro), dai ele estar sendo chamado de Segundo Sol, consequentemente, como ele vem em órbita contrária ao nosso Sol, ele emitirá um calor triplicado sobre todos os planetas e seus habitantes. Desta forma, a Terra que já está com suas camadas atmosféricas e camada de ozônio enfraquecidas, receberá toda a radiação em doses fortíssimas de ambos os Sóis e isso, provocará a extinção de todo ou quase todo o tipo de vida dentro do planeta Terra. Durante a sua passagem, ele afastará o Sol de sua atual órbita e com ele alguns planetas que estarão ligados a ele, e Júpiter com outros planetas que estarão ligados a ele. Nascerão então os dois novos sistemas solares, os quais se afastarão um do outro por bilhões de quilômetros no espaço cósmico-sideral, dentro de Nossa Galáxia a Via Láctea. Durante esse tempo de sua passagem e das transformações generalizadas em nosso Sistema, como o eixo da Terra se verticalizará, mudando sua posição no espaço, vai parecer aos seus habitantes que as estrelas estão descendo do Céu, (como uma figueira quando perde seus frutos abalada por vento forte, conforme narra João Evangelista em capítulos do Apocalipse. E durante esse tempo de modificações, enquanto cada planeta não se agrupar a seus novos Sóis, O Sol e o planeta Júpiter, haverá escuridão total e ao mesmo tempo um terrível frio, que, juntamente com o enorme calor anterior, se incumbirá de eliminar todo o tipo de vida sobre a Terra!

Tudo isso já vem sendo previsto por vários espíritos de escol, videntes e clarividentes, antigas civilizações como os Atlantes, os Lemurianos, os Sumérios, Egípcios, os Maias, os Incas, os Gregos e muitos outros, inclusive os Judeus, pois João Evangelista era judeu, Nostradamus que era francês e muitos outros, só que ninguém os ouviu e muito menos deram valor aos seus vaticínios, infelizmente! No entanto, agora, nunca se viu tanta gente interessada neles! Quem sabe ainda dará tempo a uma rápida renovação de atos, de ideias e de objetivos, antes da chegada de Sidérius, que não vai demorar muito tempo.

Vênus e Marte, bem como, Mercúrio, Saturno, Ága, Oswen, Urano e Netuno, já se encontram com suas humanidades em alto grau vibratório e não entrarão em choque com a aura negativa de Sidérius, eles seguirão para suas novas fases, incólumes!

Não só as crianças Índigos, mas também os seres humanos e outras crianças comuns, também serão abduzidas para dentro da naves gigantes que já estão sendo avistadas adentrando o nosso Sol e estacionadas nas periferias do nosso Sistema Solar!

Abraços,
DYezzi::.

Como Sidérius Nos Afetará na Terra?

Como Sidérius Nos Afetará na Terra?

Pergunta:

Olá Sr. Domingos!!!

De acordo com um de seus posts você diz que um planeta chamado Sidérius vai chegar pelo sistema solar e fazer o maior caos com ele (desculpa pelos termos, só estou tentando entender).

Mesmo que ele se choque com o Sol em 2018, que peso isso vai ter em nossas almas terrenas?.

Eu que gosto de calcular o tempo e disponho do conhecimento dos horóscopos, quero saber como isso vai interferir na “medição de almas”, você poderia me explicar?

Muito obrigado,
Uerê

Resposta:

Prezado Uerê,

Sidérius é um planeta gigantesco que está se dirigindo para dentro do nosso Sistema Solar. Ele tem outros nomes como, Nibiru para o povo Maia, Absinto na Bíblia (Apocalipse), e outros nomes como, planeta chupão, planeta higienizador e etc. Ele é tão grande que caberia entre o Sol e o planeta Mercúrio que dista 60 milhões de km. do Sol. Mas, eu nunca disse que ele iria se chocar com o Sol! De onde você tirou essa ideia? Ao contrário, apesar da órbita dele é em sentido contrário a órbita do Sol, ele entrará em órbita obliqua e perpendicular em nosso Sistema, lá pelas proximidades entre o planeta Marte e o planeta Júpiter e agirá como uma gigantesca bola de bilhar espalhando os demais planetas para novas orbitas, dividindo o nosso sistema solar em dois novos sistemas solares, que estarão afastados um do outro por bilhões de quilómetros de distância entre si. Desta forma, esta será a última vez que ele passará pelo nosso Sistema Solar, pois este, após as mudanças, não estará mais no caminho de Sidérius. Cuja órbita milenar é de mais ou menos cada 8 mil anos, tendo sido ele o causador do tão falado dilúvio, da submersão dos continentes da Lemúria e da Atlântida, numa de suas milhares de passagens durante os milênios passados. Portanto, nesta sua última passagem, ele causará grandes alterações geofísicas em nosso planeta, fazendo o eixo da Terra que, atualmente está inclinado em 24 graus de verticalização com as consequentes provocações de inundações de continentes inteiros, maremotos, tsunamis, terremotos e muitas outras alterações, eliminado muita fauna e flora e principalmente muitos seres humanos. Não sou eu quem diz isso, que já vem sendo previsto há milênios por muitas civilizações já extintas, muitos videntes e avatáres, que já deixaram registradas na Terra suas clarividências e suas visões e opiniões que foram motivos de descredito e zombarias, infelizmente! Tudo isso e muito mais, você encontrará nos meus livros, com minúcias e com os desenhos. Tenho um amigo Et, chamado Dornete, que vem acompanhando Sidérius desde quando ele passou pelo sistema solar dele, na década de 1970, com sua nave gigantesca de 400 metros de comprimento por cem metros de altura, com 20 tripulantes e com 20 naves mirins, cada uma para cada tripulante, que saem livremente para fora da nave mãe em busca de informações sobre os estragos que Sidérius vem fazendo por onde ele já passou e vem passando e através de uma aparelhagem sofisticada ele emite uma espécie de eletro cardiograma cósmico sideral que mensura as dificuldades e as facilidades que aquele planeta encontra em sua rota. Comparativamente ao nosso aparelhamento, linhas onduladas, significam que Sidérius está encontrando resistências e uma linha reta, ele não encontra dificuldades, passando sem causar qualquer dano ou alteração, significando, neste caso, que os planetas dos sistemas solar por onde ele passa, são evoluídos! Aqui na Terra, ele já vem interagindo no metabolismo humano, provocando distúrbios emocionais e endócrinos e na atmosfera do planeta, desde a década de 1950, conforme informou o grande Ramatís, e ele foi detectado, conforme eu informei numa entrevista para uma TV de São Paulo, desde o ano de 2005 e a NASA já o fotografou e o vem acompanhando desde então. Penso que já foi o suficiente para você entender! Por favor, divulgue, pois muitas outras pessoas querem saber destas informações e vão necessitar delas.

Abraços.
DYezzi::.

O que é aquele corpo estranho ao lado do nosso Sol?

Pergunta(s):

Olá Sr. Domingos Yezzi.

Sou leigo em astronomia, e não sei se já questionaram: Gostaria de saber o que é aquele corpo estranho ao lado do nosso Sol, o qual aparece nas fotos tiradas através de celular, no meu caso, o Sol e o corpo estranho aparecem apenas como duas bolas pretas nos centros onde o brilho é mais intenso, rodeadas pelos raios. O corpo estranho permanece ao lado do Sol o dia inteiro, todos os dias, e aparentemente é menor do que o Sol. As fotos são tiradas de minha casa, no hemisfério sul.

Antecipadamente agradeço por sanar minha curiosidade.

Muito obrigado,
Hissachi N.


Obrigado pela informação, ou confirmação, Sr. Yezzi. Se não me engano, a outra informação do seu site é que o astro apareceria a partir do oeste, do por do Sol, me corrija se estou errado. E esse astro a que me refiro aparece desde o nascer e até o por do Sol. Apenas não consigo acompanhar o nascer e o por do Sol na linha do horizonte.

Estou anexando fotos tiradas no final de 2014. O meu celular (velho) estava com a data em dia, então os nomes dos arquivos correspondem às respectivas datas e horários em que fotografei. Se necessário, posso anexar fotos mais recentes, é que hoje está meio corrido.

Obrigado.
Hissachi N.

Resposta(s):

Prezada Hissachi,

Grato por seu e-mail e pergunta.

Aquele astro ao lado do Sol já foi fotografado e vem sendo fotografado pela NASA. Ele parece estar do lado do Sol, mas ainda esta muito longe, porém, pelo seu tamanho descomunal (veja meu primeiro livro! O que os Extraterrestres Pensam E esperam de Nós?) parece estar junto a ele. Ele é o Sidérius, nossa denominação para o Nibiru, Higienizador, e outros nomes que já o batizaram. Ele ainda não adentrou o nosso Sistema Solar, e por ai você pode imaginar o seu tamanho. Ele está vindo em rota contrária ao nosso Sol e, quando ele adentrar ao sistema, empurrará nosso Sol de sua orbita (é o tal segundo Sol) tão cantado e decantado. Dividirá nosso sistema solar em dois, sendo Júpiter o novo Sol do novo sistema que será formado com a agregação de alguns planetas em volta dele e os restantes em volta do nosso Sol, transformando assim o Sistema em dois e ambos os sistemas irão funcionar em locais distantes dentro de nossa Galáxia, longe um do outro. Mas, antes disse provocar a hecatombes sem conta na Terra, o que está previsto pelos ETs. meus contatos para próxima década de 20. Isto é apenas uma previsão sujeita a erros, podendo correr antes ou depois, dependendo de como se comportarão os planetas pelo seu caminho, que poderão atrasar ou adiantar conforme suas vibrações magnéticas intrínsecas particulares. Não sou pessimista, mas, pelo que já meu foi mostrado, a humanidade que trate de melhorar seus padrões vibratórios, para melhor. Mande-me uma foto do seu celular por favor!

Abraços.
DYezzi::.


Prezado Hissachi,

Ele vem na contra mão da orbita solar. Por enquanto ele parece estar junto, pois está muito distante, mas vem vindo contra o Sol. Em determinada tarde, ao por do Sol ele surgirá logo em seguida, como se houvessem dois sois, ou seja, um que desceu e outro que subiu. Esse será o momento crucial, deverá levar meses, enquanto aqui na Terra e nos demais planetas, ocorrerão, verticalização do eixo, mudança de orbitas e muitas outras hecatombes, infelizmente!

Abraços,
DYezzi::.

O que é aquele corpo estranho ao lado do nosso Sol?
Foto de propriedade de Hissachi N. de Osasco, SP, usada aqui com permissão.
O que é aquele corpo estranho ao lado do nosso Sol?
Foto de propriedade de Hissachi N. de Osasco, SP, usada aqui com permissão.
O que é aquele corpo estranho ao lado do nosso Sol?
Foto de propriedade de Hissachi N. de Osasco, SP, usada aqui com permissão.
O que é aquele corpo estranho ao lado do nosso Sol?
Foto de propriedade de Hissachi N. de Osasco, SP, usada aqui com permissão.

Sobre a mudança de ciclo

Transmigrações de Seres Positivos e Negativos

Pergunta:

Bom Dia Sr. Domingos,

Se o Sr. tiver um tempinho, poderia me ajudar a colocar em ordem todas essas informações que chegam sobre a mudança de ciclo? Sei da passagem do planeta Sidérius, que atrairá para si todas as almas que não atingiram determinado padrão evolutivo. Esse planeta só faz isso ou nele também há vida? Com tantos cataclismos que a Terra sofrerá com a sua passagem, os sobreviventes terão a incumbência de fazer as mudanças, ou seja, “colocar a casa em ordem”? Seriam a terça parte da população que sobraria? E essa tal nave que faria o resgate? Na Bíblia se fala em arrebatamento das pessoas boas; se dará um resgate coletivo para que essas pessoas não sofram as consequências da passagem do Sidérius? Concordo quando o Sr. fala para tocarmos a nossa vida, fazendo nosso melhor porque a vida continua aqui, lá, ou em qualquer outro lugar e o que importa é carregarmos o bem no coração e na mente. Bem, o Sr. já percebeu que fiz uma salada com as informações mas estou engatinhando nesses assuntos.

Obrigada pela atenção e Feliz 2014.
Rosa G., São Paulo

Resposta:

Prezada Rosa,

Todos nós quando pra cá retornamos, já sabíamos o que nos esperava, assim como todas essas crianças que estão nascendo e renascendo, no fundo elas sabem o que ocorrer; cabe a nós nortearmos a vida delas para o Bem, assim nos auto-nortearmos. Não há necessidade de virarmos santos, ou de mudarmos nossos objetivos se eles forem bons. “Há cada um conforme suas obras!” Ele já dizia. Portanto, quanto mais elevarmos nossas condutas e formas de pensar, sempre positivamente, não seremos esquecidos, com certeza. A forma de ajuda chegará no devido tempo para aqueles que merecê-la. Não haverá protecionismos, pistolões e etc., bem ao gosto do terrestre. E não adiantarão arrependimentos de ultima hora, ou seja, eu fui maldoso até agora, mas vou me juntar à alguem que sempre foi bom, e assim, ele sendo salvo eu serei também! Engana-se os que assim pensarem.

Por favor, leia meus livros, entre no meu site, lá estão explicados alguns detalhes que muito ajudarão naqueles momentos. Garanto a você que nem eu estarei salvo se não me fizer merecedor. Isto nada tem a ver com religiões ou religiosismos baratos!

Grato.

Abraços,
DYezzi::.

Sidérius… Prognósticos de datas…

Planeta Sidérius

Pergunta:

Bom dia Senhor Domingos, tudo bem com o senhor?

O [seu] livro já chegou em [minha] casa ontem. Assim que eu terminar de ler o livro “Jesus, o homem mais sábio que já existiu ” irei ler o seu. Mas como sou curioso e não me aguentei, fui ver o capítulo que o senhor fala sobre o Planeta Siberius, o Nibiru como todos comentam. Nele o senhor diz que vai passar no ano de 2005? Num programa que o senhor foi entrevistado o senhor mencionou por volta de 2018. No livro saiu digitação errada ou algo do tipo?

Desde já agradeço pela atenção.
Usuário Inicial

Resposta:

Prezado Usuário Inicial (normalmente meus Usuários Iniciais têm nome…)

Primeiramente, o nome do Planeta é Sidérius.

Segundo, eu havia dito que ele seria avistado a partir do ano 2005 apenas avistado à distancia, enquanto em 2018 ele será avistado mais de perto. A NASA o registrou antes daquela data e não divulgou, agora entretanto, ela já está mandando fotografias informando de que ele já já está mais próximo ao Sistema Solar o que significa que em 2018, todos o estaremos vendo e recebendo suas consequências, entre elas, a alteração total do metabolismo humano, tufões, maremotos , tsunamis, terremotos e centenas de outros acontecimentos desagradáveis.

Nessa primeira edição, sem que fossem nossa culpa, saíram vários erros de digitação, de impressão e de revisão. Pois tive que deixar ele ser impresso assim mesmo em virtude de exíguo momento e da falta de dinheiro para mandar refazer o livro todo, mas, quando há boa intenção o conteúdo não se perde e não se perdeu! Pois como você sabe, em livros desse quilate, há leitores que parecem adorar encontrar erros do autor, mas não se oferecem para pagar por uma nova revisão! (Desculpe-me, não é o seu caso.) Depois, eu não escrevi o livro para ter a primazia de acertar datas. Eu necessitaria escrever um outro livro, apenas para explicar o “por quê” de muitos prognósticos falharem com outros autores e até eu.

Pelo livro que você diz estar lendo, me parece que você é religioso, o que nada tenho contra, muito pelo contrário, tenho Jesus como um dos homens mais sábios que o planeta Terra produziu, mas ele foi muito esperto além de mais sábio: Não deixou nada escrito de sua próprias mãos, “preferiu a confusão sobre o que ele teria dito à confusão sobre o que ele teria escrito” — (Ramatís). Eu, como não sou tão esperto, preferi e prefiro que agora “os porcos comam pérolas” ou comam ou morrerão de fome de conhecimento.

É por ai meu prezado Usuário, se precisar outros esclarecimentos, pode escrever. Pois não haverá perguntas sem resposta, garanto-lhe. Sugiro-lhe ler os outros dois livros que estão melhores revisados e entrar no meu site, no qual você encontrará outras respostas.

Um forte abraço.
DYezzi::.

Ao Astro Intruso ou Higienizador, Ao Sidérius

Sei que poderosas forças o movem, sei que seu ciclo de 6.000 anos se faz necessário e sei também que o mesmo é automático.

Estou aqui hoje a conversar com você, com sua aura, com seu duplo, apenas para lhe dizer que se você vem pronto a arrasar o nosso Sistema Solar, nosso Cosmo, nosso Universo, nós também estaremos preparados para lutar até as últimas forças a fim de rechaçarmos seus estragos, sejam eles materiais, (destruição dos planetas) destruição dos homens, sejam eles espirituais (destruição do espírito).

Sei que não é culpa sua esse rastro de destruição que você deixa, sei que se há essas destruições elas são feitas somente por afinidades, isto é, você com sua aura negativa passa através dos Sistemas e quem estiver vibrando a favor dela, será atraído; isso se passa desde entre os humanos, entre os animais do maior dentre eles ao pequenino inseto, entre os vegetais, entre os minerais, enfim entre tudo que existe dentro de um Orbe.

É claro que a metamorfose das coisas e principalmente do homem se fará preciso, pois, para podermos viver em mundos mais elevados ou mesmo na futura Terra, iremos precisar de um corpo ou físico mais adequado dentro também de um Orbe também metamorfoseado em sua atmosfera. Mas, devo-lhe dizer também que essa metamorfose tem que ser processada harmoniosamente sem causar danos irreparáveis.

Desde que fomos criados, gerados pelo Núcleo Central Cósmico, o fomos na condição de empregarmos a nossa força, sempre no sentido do progresso (por isso são poucos os gerados diretamente do Núcleo), da harmonia, para que gerássemos centelhas senão a cópia mas, semi-cópia da nossa. Se algumas foram mal geradas e o foram, aí está o resultado na Terra, aí está também o porque da sua trajetória, o porque da sua passagem, mas como disse acima, lutaremos até o fim, não daremos de “mão beijada” nenhum dos nossos filhos à você, seja ele quem for.

Não estou duelando mentalmente e nem verbalmente com você, mas, apenas dialogando amigavelmente. Você nos fará uma grande destruição, mas, ao mesmo tempo um grande bem, mas, estaremos todos apostos para agirmos no sentido de amenizarmos a situação.

Os Engenheiros Siderais que regem o Universo e automaticamente regem você, deram-nos desde o início dos tempos o livre-arbítrio, a carta branca para agirmos no sentido de o rechaçarmos não totalmente, será parcialmente ou mesmo um quarto do parcialmente, mas agiremos.

A movimentação no Espaço seja ele que Espaço for, está bem grande, já começou, muitas coisas estão mudando e está havendo um processo mais ativo. Agora convoco os homens encarnados na Terra, sejam eles de que planeta for, no sentido de também agirem. Como? Primeiramente abominando os três principais elementos negativos: o ódio, a inveja e o egoísmo.

É tão fácil amar. Assim como o Sol recolhe todos os germes da vida e destrói todas as substâncias inúteis, o amor atrai tudo que há de bom e repele o mal, o amor é o sentimento que puxa a fila para os demais bons sentimentos. O amor une todos os átomos e todos os corpos. É pelos liames de uma cadeia amorosa que todos os grandes corpos celestes se mantém no espaço. O amor protege os homens e conserva a Humanidade harmoniosa. O amor evita a guerra e transforma nossa existência em mil idiomas, mas, num único sentir.

Ao dirigir-mos pensamentos de amor às pessoas, idênticas forças amorosas recairão sobre nós mesmos. Ao invés de esperarmos que o mundo seja o primeiro a nos amar, amemos nós primeiro ao mundo.

O magnetismo pessoal de que tantas pessoas se gabam, são nem mais nem menos do que a força mental emitida por uma pessoa de admirável força amorosa a nós e vice-versa.

Se possuímos um inimigo, não o tratemos como tal, não devemos nos dirigir a ele com as mesmas forças mentais que ele a nós dirige, mas, sim dirijamo-lhe pensamentos de Amor e Fraternidade e que esses pensamentos o envolvam tanto que seguramente ele não resistirá ao impulso de nossa energia amorosa, até que um dia esse inimigo se converta em firme sustentáculo e íntimo amigo e colaborador nosso.

Os pensamentos são formas elevadas mais velozes do que os modernos jatos, eles obedecem à leis do Universo, segundo a qual cada coisa engendra o seu semelhante. Os pensamentos nos devolvem por caminhos que não se extraviam, tudo quanto saiu da nossa mente e muito mais. Por isso amigos, cumpramos as sábias palavras do Mestre: “Amai aos vossos inimigos, fazei bem àqueles que vos odeiam e desprezam, porque assim descerão línguas de fogo sobre suas cabeças.”

Ramatís

Mensagem captada por C. A. Yezzi em 01/junho/1980 às 23:45 horas
Ribeirão Preto

Os Misteriosos Mundos das Dimensões

Capítulo dedicado ao Meu Irmão Francisco e sua Família

07/3/95 – (18/4/68)

Terceira Dimensão, Quarta, Quinta, Mundos Paralelos, Mundos Extradimencionais, ou como eu prefiro denominar, Psicosferas.

As dimensões a que me refiro não são aquelas que o dicionário classifica como tamanho, ou dimensão algébrica, mas sim, localidades situadas nos campos físicos, extrafisicos, mental, extramental, sensorial, extrasensorial, patamares ou degraus unidos que envolvem o globo terrestre no seu baixo – astral ao mais alto astral, etc., até as regiões cósmico – siderais.

São também os “Registros Akashicos” ou “Registros Etéricos” onde ficam registrados todos fatos e atos do ser humano da Terra ou do Universo; registros que contém desde as micro às macro informações em todos os sentidos, “ad-eternum”, jamais se apagam e podemos buscar essas informações fora do tempo e espaço físicos.

Como são essas psicosferas, de que são feitas, quem as faz ou constrói, como são feitas, onde se localizam, como e porque se situam em determinadas regiões próximas ou distantes da crosta terrestre? Conforme fui levado a observar e ao mesmo tempo que era sendo instruído pelos meus amigos Extraterrestres (habitantes vivos de outros planetas) e pelos próprios Extraterrestres (habitantes desencarnados dessas próprias psicosferas ou mundo extradimensionais), elas são como anéis superpostas que envolvem a Terra em todas as direções como meridianos e paralelos imensos que se cruzam uns através dos outros, cada um em sua respectiva faixa vibratória ou freqüência ondulatória, sem interferência entre si, formando, como eu já disse anteriormente, degraus ou patamares, que só conseguem ser localizadas e transitar entre um e outro, tanto para baixo como para cima, as entidades ou seres que conhecem suas vibrações, nas faixas de sintonia. Ou seja, funciona para as Entidades Espirituais, Seres Extraterrestres ou mesmo pessoas físicas com auto poder mental, à guisa de uma sintonia radiofônica ou de TV bem mais fina.

Mas, para se chegar a isso há que se ter conhecimento necessário e a qualidade espiritual adequada. Não fosse isso, as entidades que “vivem” nas pisicosferas de baixo – astral teriam acesso fácil a qualquer outra faixa mais elevada provocando o descontrole e a perturbação psíquica e espiritual na faixa densa da matéria que é a crosta terrestre ou fisiosfera e se situa na Terceira Dimensão. Promoveriam então a total desarmonização e vampirização entre os assim chamados seres vivos.

Ultimamente, isto já está ocorrendo mais amiúde devido os futuros acontecimentos do fim de ciclo planetário e por força do karma e das entidades de baixo padrão vibratório terem conseguido renascer entre os vivos apenas para servirem de “ponte – mediúnica” entre os dois campos, ou seja, a psicosfera do baixo astral e a fisiosfera dos vivos, daí os acontecimentos ultra – diabólicos e de magia negra reinante nestes conturbados anos do estertor terrestre. Dai dizer-se que o “demo foi solto após mil anos”.

Mas as Entidades Positivas estão sempre alertas e quem estiver em sintonia alta com a maior das Emissoras que é Jesus não serão perturbados ou molestados pelos negativos, “Quem não deve não teme”!

Tudo é regido pela Lei Divina das Afinidades, onde os afins se juntam e os não afins se repelem. Desta forma, para passar de uma psicosfera para outra, se for mais alta, a entidade terá que elevar seu padrão vibratório espiritual ou seguir par e passo os “caminhos psicosféricos íngremes” e ultrapassar as barreiras naturais que são formadas naquelas regiões deletérias pelo conjunto ou força mental das próprias entidades negativas que lideram a região. Se uma entidade mais elevada precisar “descer” as regiões psicosféricas mais baixas, terá que reduzir ou “esfriar” suas vibrações para poder seguir pelos mesmos “caminhos” ou projetar-se entre aquela massa de entidades sofredoras. Em ambos os casos não é fácil o empreendimento, muito mais difícil para as entidades negativas e bem mais sofrido para as entidades elevadas.

Essas psicosferas só existem em função da vida existente na crosta de cada planeta, e, esse tipo pode ser racional ou irracional, humana ou animal, vegetal ou mineral. As psicosferas são a principio cópias da vida ou da estrutura molecular preexistente na crosta de cada planeta, digo a principio porque após centenas ou milhares de anos de evolução essas psicosferas invertem sua posição e passam a influenciar e a interferir no “modus-vivendi” do planeta em todos esses reinos, ou seja humano, animal, vegetal, mineral, aquoso, gasoso e etc.

Levando-se em conta que o planeta Terra é relativamente novo em relação aos demais planetas do nosso sistema solar, consequentemente as manifestações de variado tipo de vida inerente a ele ocorreram mais tarde que nos outros, vida que brotava dele mesmo e foi formada também por entidades exiladas de outras orbes principalmente de outros sistemas solares em quantidade maior vinda de Capela, da Constelação “O Cocheiro”.

Consequentemente, a Engenharia Reencarnacionista Cósmica teve que preparar com antecedência nas psicosferas em torno da Terra, as regiões, bolsões ou colônias que alojassem as entidades que chegariam em número e grau com seres e afinidades, “módus-vivendis” anteriores, antes de reencarnarem em corpos físicos terrestres.

Como essa preparação para efeito de reencarnação leva algum tempo, as próprias entidades que reencarnariam foram plasmando, moldando com suas próprias vontades, desejos e forças mentais rebeldes, porém, evoluídas tecnicamente, as colônias e as cidades a seu gosto e de acordo com sua conduta espiritual. Para isso foi usado o plasma ou ectoplasma ou ainda as emulsões exaladas da própria crosta terrestre. Dai se originarem as furnas, locais tenebrosos, locais paradisíacos e assim por diante, e, ainda hoje é feito, desta forma, sempre de conformidade com as afinidades das entidades desencarnadas e em novo preparo para reencarnarem. De acordo também com seus feitos ou suas obras.

Não há pedreiros, nem construtores e sim plasmadores de energias que se amoldam de acordo com suas formações mentais, físicas e espirituais. Por isso, tudo parece ser igual ao que existe na Terra e na maioria das vezes, mais avançadas mais futuristas devido a origem das entidades vindas de orbes mais evoluídos.

As entidades rebeldes, se tornaram “anjos-decaídos” e se transformaram em reis do mal, formando regiões de seu domínio e liderança, sempre inconformadas com a punição celestial recebida. Combatem a Deus, ao Bem e a todos aqueles que são mansos e não pensam como eles. Formaram seu próprio império do Mal e de lá fomentam, artimanham, planejam os distúrbios, as desarmonias, os desequilíbrios entre viventes e entre eles mesmos, esquecendo-se eles que dia virá que seu império e tudo e todos que os acompanham irão de roldão e terão de recomeçar da estaca zero, como primatas em planetas que já estão sendo formados para isso.

O mal e a sua psicosfera poderão não serem exterminados para sempre, porem, serão “exportados” para locais de grande sofrimentos e atraso, até quem sabe, um dia, resolvam elevar-se e seguirem para psicosferas superiores. Deus! O Núcleo Central Cósmico e Seus Engenheiros Siderais não têm pressa. A Eternidade é Seu Tempo Absoluto! Essas psicosferas negativas vivem ou existem em função do atraso mental e espiritual de cada planeta e a tendência é de desaparecerem tão logo o planeta mude de posição no Espaço com a chegada de Sidérius o planeta higienizador, que vem em orbita contrária a orbita do sistema solar e, vem especificamente para essa função milenar.

Essas regiões serão trasmutadas para o astral ou psicosferas de planetas em inicio de evolução espalhadas pela nossa galáxia e mesmo no interior do gigantesco planeta Sidérius que é quase 30 vezes maior que o nosso Sol. Isto no que se refere aos negativos.

Para as entidades positivas e seres vivos positivos que ainda habitam a Terra, já estão sendo formados psicosferas mais evoluídas como Vênus, Marte, Mercúrio, e outros que receberão e acolherão essas entidades e seres com carinho e hospitalidade espiritualizadas.

Nas psicosferas tanto no baixo – astral, médio e alto astral, ouve-se a cor do som e, bem como o som da cor.

O tempo e espaço tem fusos mais elásticos, ou seja, o que na crosta levaríamos um dia inteiro para fazer, lá faríamos em três ou quatro horas. Tudo ocorre com mais fluidez, com mais requinte de detalhamento do que na fisiosfera, apesar de que como eu sempre digo, essas psicosferas mais próximas à crosta ainda são matéria, apesar de mais rarefeita, mais rarefeita pura, mais ainda assim são matéria, tangível e amoldável sob um poderoso fluxo mental, ou força mental.

Tudo parece-se em número e grau com a vida na Terra. As entidades que “vivem” nessas regiões, sentem dor, sentem ódio, rancor, saudades, dramas de consciência e até amor, pois chegam até a se casarem entre si, sentem prazer sexual e outras coisas mais. Portanto, a meu ver, apesar das religiões espiritas e espiritualistas negarem, eu posso afirmar e admito que haja procriação perispiritual entre eles, ou seja, como há o acasalamento também há a procriação. É assim que devem ser gerados alguns “espíritos especiais” tanto para o Mal como para o Bem. Apesar de que eu também sei que espíritos de escol ou alta estirpe ou formação, vem diretamente do Núcleo Central Cósmico e vão gerando outros em escala descendente até chegarem nos Elementais e entidades afins.

Como as Centelhas saídas do Núcleo Central ainda não são lapidadas, necessitam de uma pré-adaptação para habitar um corpo físico em seu novo “habitat” sideral, nada mais justo e técnico do que elas serem “produzidas” biotipicamente, primeiramente em ambiente psicosferico, ou astral, criando sobre elas uma pré-forma fisico-energética antes de irem tomar um corpo na crosta do planeta. Isto evita que a centelha ainda sem forma biológica tenha que ficar procurando um feto para “toma-lo” e não conseguir dar vida nem forma a ele durante várias tentativas.

Porém, isto só é possível em planetas que já possuem humanidade e psicosferas já formadas. Caso contrário, ela terá que fazer seu corpo material que estiver disponível em seu novo “habitat”, seja esse “habitat em qual planeta for, composto ou não das mesmas habitalidades similares as da Terra. Sendo formado um “corpo” energético para as centelhas nas regiões psicosféricas, esse corpo seria menos híbrido que aquele que ela teria que formar por si própria em seu novo “habitat” físico.

Já com as altas psicosferas o procedimento existencial é diferente, pois só as atinge as entidades que por seu esforço próprio, merecimento e alto padrão mental espiritual conseguem se transferir para lá.

Essas psicosferas existem em razão da criatividade cósmico-sideral das quais fazem parte entidades que há muito se desligaram dos vínculos da matéria mais densa que o físico e da “matéria mais rarefeita” que é o perispirito. Muitas das quais já não possuem mais a forma estética, são chamas, de grande iluminação e podem transfigurar-se nas formas e nas esferas que assim desejarem, é o caso dos anjos, arcanjos e seres desencarnados em outros orbes mais elevados e que tencionarem fazer algum trabalho de auxilio espiritual nas psicosferas mais baixas.

Essas altas psicosferas não ficam dependentes do que ocorrer no planeta e as vezes nem sob o que possa ocorrer no sistema solar. Podem ser influenciadas talvez, no que possa ocorrer na galáxia como um todo.

Quando eu e minha esposa fazemos nossas viagens astrais ou “projeção do duplo etérico a longa distancias em estado mental de consciência total ou semiconsciência, notamos que durante essas viagens, quer sejam elas feitas até os Umbrais ou como as chamo de psicosferas inferiores ou quando seguimos para psicosferas superiores, sempre acompanhados de Guias e Entidades especializadas, podemos fazer mais coisas em menos tempo, ou seja, se tivéssemos que fazer as mesmas coisas, tais como visitas, auxílios, palestras, no físico, não conseguiríamos, pois o tempo aqui seria mais curto ou mais rápido, enquanto que naquelas regiões fazemos tudo e parece-nos que o tempo não passa.

Concluí que isso ocorre devido aqui estarmos sujeitos a rotação terrestre em torno do seu eixo, o que nos limita aos fusos horários físicos e ao espaço também físico. Já nas psicosferas, o tempo e o espaço também se tornam mais elásticos, mais amplos parecendo portanto mais lentos, tanto nos períodos de sofrimento como nos períodos de alegria e jubilo.

Desta forma o Núcleo Central Cósmico – Deus – é mesmo Magnânimo e Justo através Suas Leis, pois é dado ao culposo todo o tempo e espaço do Universo para sofrer se arrepender e resgatar suas dividas, desintoxicar-se das mazelas que produziu sobre si mesmo e sobre os outros e aquele que foi justo e de vibração elevada usufruir muito mais ainda do que ele poderia fazer quando no físico.

Fazendo uma comparação muito rústica, tentando trazer o assunto para os tempos atuais, eu diria que o nosso perispirito é uma grande fita de gravação (tape ou video-tape). Quando queremos gravar alguma coisa da TV ou copiar de uma fita para outra devemos pensar, primeiramente, que temos em mãos uma fita virgem que tem “X” metros de comprimento exatamente igual aquela da qual vamos retirar as imagens e se forem imagens da TV, então, temos que levar em conta o tempo do programa a ser transmitido.

Tudo sendo conhecido ou previsto antecipadamente será mais fácil iniciarmos o processo de gravação. Ocorre que queremos aproveitar a fita virgem para gravarmos mais de um programa, por exemplo, programas sinfônicos. Colocamos então o video-tape que vai gravar em velocidade mais lenta do que o normal, para que desta forma aumente o espaço físico da fita e sobre a outra metade da fita para gravarmos o outro programa. Desta forma, apesar das duas fitas não correrem em tempo normal igual (o que aqui represento como o tempo e o espaço na Terra), a gravação, no seu interior, corre mais velozmente (o que aqui represento como o tempo e o espaço extrafísico ou, nas psicosferas), e na hora de assistirmos os programas gravados, os assistiremos na velocidade normal, ou seja, apesar de o conteúdo das gravações (por exemplo uma sinfonia de Beethoven seja alterado, ele continuara o mesmo.

Penso que este exemplo, aproxima o leitor do que ocorre exatamente entre as várias psicosferas e a fisiosfera (Terra) sem complicar-lhe muito o entendimento.

A velocidade normal de uma fita para video-tape é de duas horas, mas podemos reduzi-la para quatro ou seis horas. Nestes dois últimos tempos ou velocidades é como se alargássemos o espaço das fitas para caber aquilo que seria feito em duas horas. Esse “alargamento”, seria o tempo e o espaço nas psicosferas e o conteúdo a ser gravado seriamos nós, quando em visita aquelas regiões. Nada se altera em nossa compleição psicofísica, mas sim, nas regiões que nos rodeiam.

Para que o leitor tenha uma pequena idéia da correlação tempo e espaço entre a fisiosfera (crosta terrestre) e as psicosferas que no caso do relato que farei a seguir trata-se da psicosfera do baixo-astral que, comumente é chamado de umbral, onde quase tudo se assemelha a crosta terrestre, com seus vales, precipícios, furnas, cavernas, casas, castelos, locais pantanosos, lúgubres e atmosfera deletéria, pesada, quase irrespirável para nós que ainda estamos na matéria. O caso em questão já se encontra relatado em capitulo a parte, mas aqui vai a titulo de ilustração no que se refere ao mundo das dimensões.

Reptilianos, Nibiru …

Reptilianos, Nibiru ...

Pergunta:

Olá! Como vai o senhor? Acessei o seu site e li alguns artigos. Gostaria que me tirasse algumas dúvidas.

Desde já agradeço.

  1. Os Reptilianos são os Anunnakis?
  2. Nibiru e Hercolubus são o mesmo?
  3. O Aérobus (do livro Nosso Lar de Chico Xavier) é uma nave? Como diferenciar de uma nave extraterrestre?
  4. Como saber se estamos diante de um ET ou um espírito (o espírito assume várias formas)?

Desculpe tantas perguntas.

Obrigada,

Antonieta

Resposta:

Prezada Antonieta,

Grato por suas palavras.

  1. Não acredito na existência dos chamados reptilianos, pois apesar de ter tido e ter contato com dezenas de seres diferentes, nunca me deparei com esses reptilianos ou anunnakis. A meu ver todos são produtos de mentes sensacionalistas ou apavoradas, contudo não posso afirmar que não existam. Há dúvida maior é que só ouvimos noticias de “especialistas ” nesses seres, mas nenhuma prova, mesmo das más ações deles, é um tal de disse-e-não-disse. Confesso que essa vou ficar devendo.
  2. Nibiru, Hercolubus, Absinto, Sidérius dos meus livros e sites, Higienizador, e outras dezenas de nomes que ele tem, sim, são o mesmo. (E por falar nele, já há noticias dos astrônomos mundiais de que ele já está sendo visto a olho nu) o que eu disse em 1978 e numa reportagem do SBT – Repórter de 1998 de que ele seria avistado a partir de 2005.
  3. Sim, é uma nave energética do astral da Terra, ou seja, ela circula nos mundos e universos paralelos da Terra. Enquanto uma nave extaterrestre é física, feita de matéria da terceira dimensão, mesmo que elas tenham a propriedade de desaparecer e aparecer das vistas humanas, o que é apenas uma questão técnica de vôo.
  4. Para os que estão acostumados com a mediunidade, já é difícil, pois um ET adiantado ele pode se projetar energéticamente em qualquer ambiente, mesmo entre os espíritos que também não conseguem, por vezes distinguir o que é um e o que é outro. Sim, o espirito de origem extraterrestre, pode assumir várias formas e nos aparecer na sua reencarnação anterior de ET. Somente a evolução de cada sensitivo e aquele que tem um trabalho de vários séculos na lida com os ETs, consegue distinguir com mais facilidade, mas está sujeito a se enganar, pois os espíritos inferiores também possuem essa propriedade de se transformar na imagem que seu interlocutor quiser ver. É complicado!

Abraços,

DYezzi::.