Mensagens de Ramatís

Caro amigo MASRÁCHIMIR, igualmente fundador de um templo de iniciados na Indochina, pela primeira vez contato-me com você através da escrita. Não o fiz antes por encontrar certa dificuldade no modo de entrosamento entre eu e o aparelho. Sua sensitividade (dela) além de ser diversificada é um tanto diferente das demais, mas como tudo tem que ter um começo, aqui estou eu, apenas para dizer-lhe algumas palavras amigas.

Primeiramente quero congratular-me com você, pelo seu livro.

Isso amigo, continue sua obra, pois ela será a conclusão da sua missão junto à Terra. Seu espírito sempre deixou marcas positivas em sua caminhada, agora feche com chave de ouro distribuindo as verdadeiras pérolas de seu livro aos “porcos”, sim, por que não? A estes principalmente, pois são os que mais necessitam, são os mais carentes.

A Humanidade já está entrando para a fase da maturidade, por isso está um tanto perdida necessitando de alguém que lhe ensine a caminhar para a frente e para o alto agora mais do que nunca. É mais do que necessário uma sacudida nos homens, pois se há seitas negativas que retardam o seu próprio progresso a também de outros, há também os positivistas que apesar de serem positivistas encontram-se perdidos. Mentes perdidas, espíritos perdidos, e consequentemente físicos perdidos. Não sabem como devem agir, procuram algo e não encontram e com isso retardam o seu progresso.

As obras que você já deixou para traz serviram para acordar a humanidade, cada qual no seu tempo, é preciso agora, como já falei acima concluir a de agora para a humanidade atual, tenha a certeza de que você terá êxito, pois está assessorado por Plêiades de entidades de alto padrão. Bem meu amigo, por hoje despeço-me, pois o aparelho está bastante cansado. Continuarei um outro dia.

Ramatís

Dirigida a mim. Captada por minha esposa diretamente (psicodatilográfica), como Ramatís faz com seu médium principal, Ercílio Maez . Rib. Preto. 13/03/80, 3:15h.

Conforme explicação mental, dada em seguida, por Ramatís, no século X depois de Cristo, meu nome era MASRÁCHIMIR, um mestre iniciado que liderava uma plêiade de discípulos Homens e Mulheres, entre os quais se encontravam o amigo Dr. Gil Vicente, o Dr. Almeida, o Dr. João Evangelista, e minha esposa. Ramatís liderava outra plêiade de discípulos, somente homens.

Universo Conturbado

Outrora, na bucólica paisagem terrestre, os homens e a natureza harmonizavam-se mais e estavam mais conscientes, eram mais puros, mais inocentes apesar da vida agreste. Eram ignorantes, mas não maldosos.

Foram-lhes dadas chances de progredirem, de elevarem-se e de degrau em degrau chegaram a civilização. de pigmeus tornaram-se gigantes. Para todas essas chances que lhes foram dadas, foi preciso movimentar-se até seres de outros mundos, foi recrutada uma legião de seres prontos a sacrificarem o seu “status” e descerem a Terra afim de tornar o homem mais homem, mais gente, para não ficar sendo apenas rebotalho humano.

O que fez o homem dessas chances? Alçou vôos mais altos, muito mais alto do que sua mente pode suportar. Criou inteligência, sabedoria, avanço tecnológico, etc.

De larva rastejante, tornou-se fênix. Muitos conseguiram sair-se bem, elevaram-se tanto, que essa elevação conseguida, está virando-se como uma arma contra seu próprio peito, pois tornaram-se receosos de baixarem à cata de irmãos necessitados. Colocaram-se em seu pedestais a ditarem normas e fórmulas. Fizeram da Terra o que hoje ela é; fomentou-se guerras, crimes, ódios, etc., daí para se tornar um circulo vicioso, uma bola de neve foi apenas um passo, então surgiu o “karma” para ver se criava um jeito de fazer de certa forma, as pessoas redimirem-se fatalmente de seus erros.

Se hoje o Universo terrestre encontra-se conturbado, a maior parcela de responsabilidade cabe aos “elevados”, àqueles temerosos da contaminação natural do meio ambiente terrestre, pois os demais arriscaram-se a descer e foram envolvidos pelo emaranhado de choques e entrechoques das emanações mentais do homem já então embrutecido, assumiram suas novas posições e conseqüentes responsabilidades. Não fugiram à luta, não se acovardaram e tão pouco permitiram que outros menos evoluídos servissem de cobaias psicofísicas e assim resgatassem indiretamente as culpas ou as responsabilidades que só a eles caberia sanar. Desceram para poderem subir mais firmemente e não fizeram como aqueles outros “elevados” que s e apartaram para não descerem com medo de nunca mais poderem subir.

A conturbação se faz presente também porque existem os que em nada crêem. Não crêem nem na sua própria existência. São desprovidos da faculdade de amar, de criar e de viver.

São negativistas, são céticos, destroem todo o animo daqueles que os rodeiam. São uns infelizes fracassados, não crêem no amor porque nunca o sentiram e nem o inspiraram. Não crêem num ideal porque só tiveram apetites e ainda assim não conseguiram satisfaze-los. São como caracóis humanos, escondidos em sua casca de onde só saem para destruir os brotos novos das plantas, deixando em seu caminho um traço viscoso.

Por outro lado, deve-se dar méritos a muitos homens, pois através de migrações em migrações a Terra transformou-se no único planeta do Sistema Solar que possui versatilidade incríveis. A começar pelas variadas raças e línguas, cada povo trazendo sua arte musical, seus costumes e crenças. A Terra tem honra de ser – pasmem amigos – a escola para seres evoluídos de outros mundos. É aqui que eles aprendem muita coisa, sem se deixarem contaminar.

Enfim, amigos o que quero dizer com tudo isso é que falta pouco tempo para que se complete esse Ciclo, não somente para a Terra, mas para todo o Sistema Solar e parte desta Galáxia.

É preciso dar um basta a essas aberrações, afim de que todos tenham chances de se redimir dentro da mesma existência. É preciso dar um basta ao se cortar abruptamente existências de um Beethoven, de um Mozart, de um Chopin, de um Lincoln, de um Luther King, de um Gandhi e de centenas de outros grandes vultos que muito mais poderiam ter legado à humanidade se não fossem tolhidos pelo “karma”.

O homem quando perdoado dentro da mesma existência, aceita mais corajosamente a luta, às vezes tomba extenuado mas nunca vencido, porque sabe que há sempre duas mãos estendidas, prontas para o erguer. Sabe que o sol consegue sempre, mesmo através de cerrada vegetação, coar um raiozinho de luz que ilumina e aquece. E assim perdoando ele terá mais capacidade de criar um mundo melhor, onde impere sempre o circulo sadio do Amor, e saiba mais convictamente perdoar para ser perdoado.

Ramatís

Mensagem captada por C.A.Yezzi às 23 horas do dia 27/03/1980 em Ribeirão Preto.

Visitantes extraterrestres… DNA… cruzamento com humanos… Pigmeus…

Visitantes extraterrestres… DNA… cruzamento com humanos… Pigmeus…Pergunta:

Olá Sr.Domingos Yezzi!!

Tenho visto alguns dos seus vídeos com depoimentos sobre contatos com UFO. Acredito que somos vizitados e que algo de extraordinário está para acontecer.
Desde criança me interesso pelo assunto.
Tenho algumas dúvidas que possivelmente o senhor possa ajudar a esclarecer.
Li já alguns livros, do Zacaria Sitchim, do David Jacobs e até mesmo partes da Bíblia. Minhas perguntas são:

  • Quantas civilizações extraterrestres já tiveram contato conosco desde a antiguidade?
  • Há realmente um projeto de mistura de DNA nosso com os dos Greys? Se sim, porque estão fazendo isso? Para onde estão indo os seres híbridos gerados e qual a função deles?
  • Fora os Greys, tem alguma outra raça alienígena em contato conosco na atualidade?

Agradeço profundamente a sua atenção.

João Paulo

Resposta:

Prezado João Paulo,

Grato por seu e-mail.

Você não deve esquecer que o Universo é antiguissimo — eu sempre digo brincando, ele é mais antigo que Deus! rsrs. Portanto, muito milhões de anos antes de nós, outros planetas com seus respectivos “habitats” e respectivos habitantes já existiam antes de nós e conseguiram alcançar o progresso universal e o conhecimento da necessidade de proliferação desse mesmo conhecimento para outros mundos e humanidades e ascensão. Desta forma, o “homo-sapiens” já vinha recebendo a visita de outros seres mais adiantados mental e cientificamente de vários cantos do universo, que sempre tiveram a intenção de adestramento daqueles de menos conhecimento e de menor adiantamento físico, social e cientifico, como eram os primeiros habitantes da Terra. Fizeram sim, visitas e trocas de informações e coabitação entre mulheres e homens, tanto deles para conosco e de nós para com eles. Fizeram o que denomino de “injeção sanguínea e morfológica para dar a evolução genética tanto na raça humana quanto na extraterrestre. Como os primatas da Terra começaram sendo sexuados, ou seja portadores de sexo masculino e feminino, esse tipo de procedimento só foi feito, e ainda é feito, agora com menor frequência por seres evoluídos também sexuados, cuja procriação só pode ser feita por inseminação sexual. Há no universo, e em alguns planetas do nosso sistema solar, seres muito evoluídos cuja procriação é assexuada, ou seja, através da mente. Seres desse naipe, mal comparando, seriam como nossas serpentes que apenas trocam de pele e continuam vivas e mais jovens. São seres que duram milênios para efetuarem uma nova troca de corpo físico e seus filhos ou descendentes, apesar de haver os sexos feminino e masculino, são gerados pelo poder da mente entre o casal que materializa o novo corpo físico sobre o espirito reencarnante. É muito complexo para eu explicar em poucas linhas. Leia meus livros, no quarto livro que estou escrevendo, entro em mais detalhes. São milhares de raças alienígenas que já entraram e ainda entram em contato físico com os ser humano terrestre, não somente os assim chamados Greys. Um exemplo desse contato e resultado de outras raças na Terra são os pigmeus, que são o resultado do cruzamento com seres de Mercúrio, que são pequeninos, super ágeis e inteligentes. Inclusive, aquela arma deles, a “zarabatana”, que é aquele no qual inserem setas envenenadas para caçar ou se defender, é de origem mercuriana, só que lá eles a usam como esporte.

Sim, existe o processo e não o projeto de cruzamento de DNA entre eles e a raça humana. Porque, como é sabido, e você poderá notar nas raças terrestres que não permitem a miscigenação, o enfraquecimento do biotipo humano, ou a degeneração, não é o caso de nós brasileiros, que aceitamos todo tipo de miscigenação. Não vou mencionar as raças que demonstram degeneração para não causar celeuma, mas note que aquelas que assim agem, são descoloridas, pálidas e o biótipo é quase sempre o mesmo na aparência, apesar de manterem a inteligência e sabedoria. Os Extraterrestres, que quase sempre são frutos de uma única raça entre eles, quando percebem a possibilidade ou o perigo dessa degeneração, trazem para cá suas mulheres para serem fecundadas pelos homens da terra, ou seus homens para fecundarem nossas mulheres. Aí há a inteligência aliada a engenharia genética, por isso são obrigados a buscarem novos DNAs, mas suas ciências tem o domínio de separar DNAs indesejáveis, portanto eles apenas fortificam a raça deles ou nossa. Os frutos desses cruzamentos serão os futuros procriadores no mundo deles ou no nosso. Nada mais que isso!

Sim, há muitos seres em contato conosco atualmente, veladamente, pois o ser humano tem medo até da sua própria sombra e de tudo o que desconhece. Mas pode ter certeza, nenhum deles, mas nenhum mesmo, tem má intenção com a humanidade terrestre, muito pelo contrário!

Há uma série de boatos a respeito de seres reptilianos, a meu ver fruto da imaginação criativa, se bem que bem intencionada de alguns, mas nunca mostraram esses seres ao vivo, nem em fotografia. Claro que o universo é um grande, um gigantesco oceano do qual há muito tipo de peixe, uma gama enorme de variação de vida e de comportamento, mas existem as Leis Universais que controlam todos os seres, às quais todos, sejam eles quem ou qual forem, estão sujeitos.

Por favor, compartilhe estas informações, pois muitos como você estão sequiosos por saber e não tiveram o mesmo acesso, ou privilégio!

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”note”]Translated Text[/box]