Sobre os Greys

Mercúrio

Pergunta:

Mestre Yezzi, bom dia.

Muito me honrou a sua gentileza de disponibilizar uma de minhas perguntas a vc pra transmitir seus conhecimentos em resposta a mesma, em seu site. Mestre, o que poderia me dizer sobre os nossos irmãos extraterrestre do tipo Grey? Pois estava vendo um video onde falava sobre a causuistica ovni e um detalhe dito foi é que nos anos 60, 70, as pessoas que teriam tido encontros com eles passavam uma descrição quase sempre bem diferente que nos dias atuais. Pessoas que tiveram encontros sempre dizem ter sido pelos Greys, ou seja, sempre aquela descrição do tipo. O que pode me acrescentar de fato, baseado em tuas pesquisas e bagagem técnica?

Abraços de teu discípulo carioca, Mantuano.

Resposta:

Prezado Mantuano,

Cada pergunta feita a mim, e minha respectiva resposta ao leitor, colocamos no nosso site, pois outros que poderiam querer tomar conhecimento, o farão pelo site, evitando assim duplicidade de perguntas e respostas. Grato.

Quanto aos Greys, eles foram apelidados de Greys por ufólogos estrangeiros, somente pelo fato deles serem cinzas ou acizentados e pequeninos. Mas são os mais comuns e são bondosos apesar de serem lépidos, alegres e estarem sempre em todos os locais.

Leia no jornal “O Diário do Grande ABC” de São Paulo do dia 11/10/68 (se não me engano) uma grande reportagem sobre a visita deles a mim, em plana avenida principal da cidade de Ribeirão Pires, as 22, 30 hrs, do 10 anterior, Foi aquele auê na cidade.

É um povo maravilhoso. São de Mercúrio, naquele caso.

Um forte abraço do DYezzi::.

Nota do Autor:

“Para o bem da verdade e da sinceridade, acrescento que eu disse que os Greys que me visitaram na cidade de Ribeirão Pires na Grande S. Paulo, são de Mercúrio, porém há outros “Greys” que são de fora do nosso sistema solar, mas são igualmente bondosos, já estiveram em visita a pacientes em hospitais em S. Paulo, entrando pela janela e tratando desses pacientes. Há muitos relatos sobre estes casos nos anais da ufologia, basta os leitores consultarem.”

Abraços,
DYezzi::.

Visitantes extraterrestres… DNA… cruzamento com humanos… Pigmeus…

Visitantes extraterrestres… DNA… cruzamento com humanos… Pigmeus…Pergunta:

Olá Sr.Domingos Yezzi!!

Tenho visto alguns dos seus vídeos com depoimentos sobre contatos com UFO. Acredito que somos vizitados e que algo de extraordinário está para acontecer.
Desde criança me interesso pelo assunto.
Tenho algumas dúvidas que possivelmente o senhor possa ajudar a esclarecer.
Li já alguns livros, do Zacaria Sitchim, do David Jacobs e até mesmo partes da Bíblia. Minhas perguntas são:

  • Quantas civilizações extraterrestres já tiveram contato conosco desde a antiguidade?
  • Há realmente um projeto de mistura de DNA nosso com os dos Greys? Se sim, porque estão fazendo isso? Para onde estão indo os seres híbridos gerados e qual a função deles?
  • Fora os Greys, tem alguma outra raça alienígena em contato conosco na atualidade?

Agradeço profundamente a sua atenção.

João Paulo

Resposta:

Prezado João Paulo,

Grato por seu e-mail.

Você não deve esquecer que o Universo é antiguissimo — eu sempre digo brincando, ele é mais antigo que Deus! rsrs. Portanto, muito milhões de anos antes de nós, outros planetas com seus respectivos “habitats” e respectivos habitantes já existiam antes de nós e conseguiram alcançar o progresso universal e o conhecimento da necessidade de proliferação desse mesmo conhecimento para outros mundos e humanidades e ascensão. Desta forma, o “homo-sapiens” já vinha recebendo a visita de outros seres mais adiantados mental e cientificamente de vários cantos do universo, que sempre tiveram a intenção de adestramento daqueles de menos conhecimento e de menor adiantamento físico, social e cientifico, como eram os primeiros habitantes da Terra. Fizeram sim, visitas e trocas de informações e coabitação entre mulheres e homens, tanto deles para conosco e de nós para com eles. Fizeram o que denomino de “injeção sanguínea e morfológica para dar a evolução genética tanto na raça humana quanto na extraterrestre. Como os primatas da Terra começaram sendo sexuados, ou seja portadores de sexo masculino e feminino, esse tipo de procedimento só foi feito, e ainda é feito, agora com menor frequência por seres evoluídos também sexuados, cuja procriação só pode ser feita por inseminação sexual. Há no universo, e em alguns planetas do nosso sistema solar, seres muito evoluídos cuja procriação é assexuada, ou seja, através da mente. Seres desse naipe, mal comparando, seriam como nossas serpentes que apenas trocam de pele e continuam vivas e mais jovens. São seres que duram milênios para efetuarem uma nova troca de corpo físico e seus filhos ou descendentes, apesar de haver os sexos feminino e masculino, são gerados pelo poder da mente entre o casal que materializa o novo corpo físico sobre o espirito reencarnante. É muito complexo para eu explicar em poucas linhas. Leia meus livros, no quarto livro que estou escrevendo, entro em mais detalhes. São milhares de raças alienígenas que já entraram e ainda entram em contato físico com os ser humano terrestre, não somente os assim chamados Greys. Um exemplo desse contato e resultado de outras raças na Terra são os pigmeus, que são o resultado do cruzamento com seres de Mercúrio, que são pequeninos, super ágeis e inteligentes. Inclusive, aquela arma deles, a “zarabatana”, que é aquele no qual inserem setas envenenadas para caçar ou se defender, é de origem mercuriana, só que lá eles a usam como esporte.

Sim, existe o processo e não o projeto de cruzamento de DNA entre eles e a raça humana. Porque, como é sabido, e você poderá notar nas raças terrestres que não permitem a miscigenação, o enfraquecimento do biotipo humano, ou a degeneração, não é o caso de nós brasileiros, que aceitamos todo tipo de miscigenação. Não vou mencionar as raças que demonstram degeneração para não causar celeuma, mas note que aquelas que assim agem, são descoloridas, pálidas e o biótipo é quase sempre o mesmo na aparência, apesar de manterem a inteligência e sabedoria. Os Extraterrestres, que quase sempre são frutos de uma única raça entre eles, quando percebem a possibilidade ou o perigo dessa degeneração, trazem para cá suas mulheres para serem fecundadas pelos homens da terra, ou seus homens para fecundarem nossas mulheres. Aí há a inteligência aliada a engenharia genética, por isso são obrigados a buscarem novos DNAs, mas suas ciências tem o domínio de separar DNAs indesejáveis, portanto eles apenas fortificam a raça deles ou nossa. Os frutos desses cruzamentos serão os futuros procriadores no mundo deles ou no nosso. Nada mais que isso!

Sim, há muitos seres em contato conosco atualmente, veladamente, pois o ser humano tem medo até da sua própria sombra e de tudo o que desconhece. Mas pode ter certeza, nenhum deles, mas nenhum mesmo, tem má intenção com a humanidade terrestre, muito pelo contrário!

Há uma série de boatos a respeito de seres reptilianos, a meu ver fruto da imaginação criativa, se bem que bem intencionada de alguns, mas nunca mostraram esses seres ao vivo, nem em fotografia. Claro que o universo é um grande, um gigantesco oceano do qual há muito tipo de peixe, uma gama enorme de variação de vida e de comportamento, mas existem as Leis Universais que controlam todos os seres, às quais todos, sejam eles quem ou qual forem, estão sujeitos.

Por favor, compartilhe estas informações, pois muitos como você estão sequiosos por saber e não tiveram o mesmo acesso, ou privilégio!

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”note”]Translated Text[/box]

Mermaids: Real or Legend? ~//~ Sereias: Verdade ou Lenda?

Mermaids: Real or Legend? ~//~ Sereias: Verdade ou Lenda?

Texto Original

Não se trata de um esqueleto de um ET mas de um habitante subaquático, com os quais já tive contato e que vai relatado em meu quarto livro, ou seja “sereias e sereios” se é que podemos chamar os machos assim. Eles possuem comunidades sub-aquáticas e já apareceram para alguns viajantes da antiguidade, ULisses, por exemplo. Não é lenda não. Eles existem mesmo, durante o tsunami do Japão um deles foi encontrado morto numa praia, ninguém levou a serio e divulgou-se que era mais uma bincadeira da Internet, pode até ter sido, mas garanto que eles existem. E elas costumam cantar sobre pedras grandes ou ilhotas em pleno oceano. Ai está uma prova. Por favor, traduza isto para os leitores desta página, okay?

Abraços,
DYezzi:.

American-English Translation

This is not a skeleton of an ET but of an underwater inhabitant, with whom I’ve had contact with and it is written in my fourth book; that is, “male and female” mermaids — if we can call them “male mermaids.” They have underwater communities and have appeared to some travellers of antiquity, [such as] Ulysses, for example. No, it is not a legend. They indeed exist. During the tsunami of Japan one of them was found dead on a beach, nobody took it seriously and was announced that it was an internet joke. That might have been the case, however, I assure you that they do exist; and they usually sing on large rocks or islets in the middle of the ocean. There is a proof. Please translate this for the readers of this page, okay?

Hugs,
DYezzi:.

[Translated by Christina C. Breault]

Vídeo em Destaque ~//~ Featured Video: