Como Sidérius Nos Afetará na Terra?

Como Sidérius Nos Afetará na Terra?

Pergunta:

Olá Sr. Domingos!!!

De acordo com um de seus posts você diz que um planeta chamado Sidérius vai chegar pelo sistema solar e fazer o maior caos com ele (desculpa pelos termos, só estou tentando entender).

Mesmo que ele se choque com o Sol em 2018, que peso isso vai ter em nossas almas terrenas?.

Eu que gosto de calcular o tempo e disponho do conhecimento dos horóscopos, quero saber como isso vai interferir na “medição de almas”, você poderia me explicar?

Muito obrigado,
Uerê

Resposta:

Prezado Uerê,

Sidérius é um planeta gigantesco que está se dirigindo para dentro do nosso Sistema Solar. Ele tem outros nomes como, Nibiru para o povo Maia, Absinto na Bíblia (Apocalipse), e outros nomes como, planeta chupão, planeta higienizador e etc. Ele é tão grande que caberia entre o Sol e o planeta Mercúrio que dista 60 milhões de km. do Sol. Mas, eu nunca disse que ele iria se chocar com o Sol! De onde você tirou essa ideia? Ao contrário, apesar da órbita dele é em sentido contrário a órbita do Sol, ele entrará em órbita obliqua e perpendicular em nosso Sistema, lá pelas proximidades entre o planeta Marte e o planeta Júpiter e agirá como uma gigantesca bola de bilhar espalhando os demais planetas para novas orbitas, dividindo o nosso sistema solar em dois novos sistemas solares, que estarão afastados um do outro por bilhões de quilómetros de distância entre si. Desta forma, esta será a última vez que ele passará pelo nosso Sistema Solar, pois este, após as mudanças, não estará mais no caminho de Sidérius. Cuja órbita milenar é de mais ou menos cada 8 mil anos, tendo sido ele o causador do tão falado dilúvio, da submersão dos continentes da Lemúria e da Atlântida, numa de suas milhares de passagens durante os milênios passados. Portanto, nesta sua última passagem, ele causará grandes alterações geofísicas em nosso planeta, fazendo o eixo da Terra que, atualmente está inclinado em 24 graus de verticalização com as consequentes provocações de inundações de continentes inteiros, maremotos, tsunamis, terremotos e muitas outras alterações, eliminado muita fauna e flora e principalmente muitos seres humanos. Não sou eu quem diz isso, que já vem sendo previsto há milênios por muitas civilizações já extintas, muitos videntes e avatáres, que já deixaram registradas na Terra suas clarividências e suas visões e opiniões que foram motivos de descredito e zombarias, infelizmente! Tudo isso e muito mais, você encontrará nos meus livros, com minúcias e com os desenhos. Tenho um amigo Et, chamado Dornete, que vem acompanhando Sidérius desde quando ele passou pelo sistema solar dele, na década de 1970, com sua nave gigantesca de 400 metros de comprimento por cem metros de altura, com 20 tripulantes e com 20 naves mirins, cada uma para cada tripulante, que saem livremente para fora da nave mãe em busca de informações sobre os estragos que Sidérius vem fazendo por onde ele já passou e vem passando e através de uma aparelhagem sofisticada ele emite uma espécie de eletro cardiograma cósmico sideral que mensura as dificuldades e as facilidades que aquele planeta encontra em sua rota. Comparativamente ao nosso aparelhamento, linhas onduladas, significam que Sidérius está encontrando resistências e uma linha reta, ele não encontra dificuldades, passando sem causar qualquer dano ou alteração, significando, neste caso, que os planetas dos sistemas solar por onde ele passa, são evoluídos! Aqui na Terra, ele já vem interagindo no metabolismo humano, provocando distúrbios emocionais e endócrinos e na atmosfera do planeta, desde a década de 1950, conforme informou o grande Ramatís, e ele foi detectado, conforme eu informei numa entrevista para uma TV de São Paulo, desde o ano de 2005 e a NASA já o fotografou e o vem acompanhando desde então. Penso que já foi o suficiente para você entender! Por favor, divulgue, pois muitas outras pessoas querem saber destas informações e vão necessitar delas.

Abraços.
DYezzi::.

As ondas magnéticas do Sol, causam terremoto?

As ondas magnéticas do Sol, causam terremoto?

Pergunta:

Oi Domingos, tudo bem?!

O que você poderia nos dizer sobre este vídeo? É verdade que essas explosões solares afetam a consciência humana, e os terremotos no planeta Terra? É o Sol então nocivo?

Muito obrigada,
Christina Breault

Resposta:

Querida Christina,

Não acredito que essas ondas magnéticas possam causar terremotos, pois eles são resultado da movimentação das placas tectônicas do fundo da Terra. O máximo que elas poderiam causar, seriam interferências nas comunicações por satélites.

Não se impressione com essas figuras ondulatórias, elas são os reflexos de choques de ondas magnéticas nas altas camadas solares. Nada têm a ver com calor ou fogo! Minhas afirmações derrubam todas elas. Aqueles que querem relacionar esses gráficos com calor e altas temperaturas, logo será provado o que afirmo: O Sol É Um Astro Frio!

Tudo que emite radiação, seja magnética, ondas infravermelho, ultravioleta, as radiações que são emitidas pelos celulares, e até as emissões de um vídeo de televisão ou de computador, quando expostos continuamente e durante muito tempo sobre um indivíduo, afetam sim, não só a consciência, mas o cérebro, a mente e o espírito dos humanos. Tenho um amigo chinês médico e que aplica a medicina chinesa, entre elas, a acupuntura, me disse que tem detectado vários casos de tumores cerebrais (câncer), bem como distúrbios endócrinos em várias glândulas do corpo humano, tais como, tireóide, hipófise e etc., além das interferências na medula, baço e até atingindo os olhos! Como bom descendente de italiano eu diria: “Siamo tutti fritte e infarinatto”, traduzindo: Estamos todos fritos e enfarinhados.

O Sol tem ficado “nocivo” de uns tempos para cá em virtude de não termos mais aquela grossa camada de ozônio. Pode notar que as radiações solares estão sendo sentidas mais recentemente.

Abraços,
DYezzi::.

[box type=”note”]Translated Text: Do the magnetic waves from the Sun cause earthquakes?[/box]

Pontos A Esclarecer

(1)

Quando digo “noto”, quero dizer que durante estes mais de 45 anos de contato com seres extraterrestres através dos vários tipos de formas de contato catalogado entre eu e eles, verifico que os seres oriundos de planetas do centro de nosso Galáxia, a Via Láctea são quase sempre muito mais adiantados em tudo e por tudo, técnica e espiritualmente mais avançados do que os seres que habitam planetas situados na periferia do espiral e física e espiritualidade nossa Galáxia, e nesta periferia, quase no fim do espiral encontra-se o nosso sistema solar, cujo diâmetro abrange aproximadamente 30 bilhões de quilômetros e assim mesmo é uma insignificância dentro da galáxia. Temos seres evoluidíssimos como os habitantes dos planetas Netuno, Oswem, Saturno, Ága, o próprio Sol, Júpiter, Marte, Urano, Vênus, Mercúrio e Plutão, mas, os do centro da Galáxia ou de sistemas solares mais próximos ao centro são mais adiantados que eles.

E sem querer fazer qualquer comparação, aqui na Terra se dá a mesma coisa, senão vejamos: Quem habita as periferias das cidades? Normalmente é a classe mais pobre, os marginalizados, os marginais. e os do centro das cidades, quase sempre os mais poderosos, os mais ricos. Claro que há as exceções em tudo, não há uma regra absoluta mas os indícios indicam isso. As cidades, assim como as Galáxias e sistemas solares se formam de dentro para fora, do Núcleo para o externo, assim de forma centrípeta, espiralada, demonstrando o giro sobre seu próprio eixo.

(2)

Esse canal, que liga os positivos ao Centro Gerador do qual me refiro, é o canal vibratório de retorno a fonte. Essas vibrações fazem os positivos ascenderem mais diretamente, já os negativos, para chegarem ao Núcleo, só conseguem aumentando suas vibrações e passando por ele, ou seja, por esse canal. Jesus dizia: “- Ninguém chega ao PAI Senão por MIM-” será que ele não desejou dizer a mesma coisa com outras palavras? Não seria Ele um desses canais?

(3)

Permanecer “na deles” quer dizer, continuarem fazendo as maldades e a destruição moral, espiritual e física de tudo que os rodeia em todos os quadrantes do Universo, devem pensar, para que se esforçar para a elevação mental e espiritual se temos tudo o que queremos dentro da forma que vivemos?”

(4)

Conforme sou informado, há outros planetas gigantescos que circulam noutros trechos da Galáxia. Eles fazem o percurso em sentido contrário a rotação dos mesmos e dos seus sistemas solares, justamente para obrigar a existência de um período de transformação e expurgo e ainda novo posicionamento dos astros e sistemas solares.

O Tempo de duração do percurso ou da órbita de Sidérius é de aproximadamente sete mil anos; ou seja, ele já passou outras vezes, cada sete anos , dando origem às grandes transformações telúricas na Terra, tais como dilúvios, terremotos, maremotos, inclinação do eixo terrestre, alteração climáticas, transformando os gases reinantes em atmosferas composta de oxigênio e nitrogênio, enfim, alterando o “status-quo” daquele momento. É conforme ainda informações externas esta será a última passagem de Sidérius por este recanto de nossa Galáxia – a Via Láctea.

(5)

No caso da cruz, símbolo da cristandade, não há movimento giratório ou circular aparente, mas algo fixo que foi instituído para fixar, prender um ser vivente, algo que venha em sentido contrário ao movimento circulatório da humanidade pendente para o negativismo. O quaternário pode ser uma dança mas não é girante ou circular como a valsa por exemplo, que é ternária ou 3×4 ou múltiplos ternários tais como 6×8, etc. Na verdade, se nos utilizarmos da lógica imparcial, verificamos que ainda assim a simbologia da cruz é ternária, pois todo cristão católico diz ao fazer o sinal da cruz: “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, ou seja Em nome do Pai (na cabeça), do Filho (no peito) e do Espírito santo (lado esquerdo e lado direito simultaneamente); ele se utiliza de um nome composto para abranger dois lados da cruz, quando deveria ser: “Em nome do Pai (cabeça), do Filho (lado esquerdo) e do Espírito Santo (lado direito), portanto, três fazes, ou seja, ternário! (ou ainda, conforme a medicina: Cabeça, tronco e membros três fazes portanto)

A Terra É Oca?!

Não! A Terra não é oca. Esta é uma afirmação que me atrevo a divulgar sem medo de errar (como as demais faço no decorrer deste volume) pois, além do raciocínio particularmente meu, vai acrescida de respostas que obtive junto aos seres extraterrestres que vasculham o solo e o subsolo terrestre de todas as maneiras, possíveis e imaginárias, visitando pessoalmente os locais em que através de aparelhagens ultra sofisticadas que lhes permite radiografar nosso planeta, como fazemos com nosso corpo para detectarmos possíveis anomalias. “A Terra não é oca e não há civilizações vivendo em seu interior”.

1º) Não é oca em vista da forma pela qual descrevo nos capítulos que se seguem como nascem os sois e planetas, ou seja, do micro para o macrocósmo e não de explosões que depois os transformaram em pedaços ambulantes pelo espaço sideral.

2º) Não é oca, porque não suportaria as grandes pressões externas, tais como: a pressão atmosférica, as forças centrífugas e centrípetas oriundas de sua rotação em torno do seu eixo e em torno do Sol, a pressão dos oceanos, as várias mutações geográficas, terremotos, maremotos, vulcões, além das tremendas vibrações ocasionadas pelas explosões atômicas de experiências subterrâneas que os “gênios” de hoje fazem inadvertidamente. Os que assim afirmam, sempre acham esses buracos sob regiões como o Amazonas, os Andes, e locais de imensa vastidão, nunca dizem que a Terra é oca sob Nova York, São Paulo, Paris, Londres, Moscou, Tóquio!. Por que será?. Será que o advento do trem subterrâneo “o metro”, afastou desses locais o grande oco da Terra?

3º) Não há civilizações subterrâneas e que possuam naves interplanetárias e como afirmam alguns, serem os “discos voadores” de origem do interior da Terra. se tal hipótese fosse verdadeira, há muito tempo essas civilizações já teriam subido à tona ou a crosta e dado um “ultimatum” aos loucos que aqui em cima colocam a vida delas em constante perigo ou as deixam em sobressalto tirando-lhes o sossego, com as experiências irresponsáveis que fazem periodicamente. Se houvesse essas civilizações morando no oco da Terra e possuíssem suas naves tão velozes e tão potentes não iriam racionalmente permanecerem impassíveis vendo o homem pondo fim ao planeta Terra em busca de petróleo e de outras energias. Viriam até ele e o ensinariam a ter “bons modos” para depois ensinar-lhe também como fabricar um “disco voador barato” sem precisar destruir seu “habitat” e o “habitat” deles!.

4º) O que ocorre, são visitas de pesquisadores extraterrestres que por alguns períodos relativos as suas pesquisas adentram com suas naves em algumas formas, cavernas e logo após se retiram para seus planetas. Porém, no campo extrafísico, nas psicosferas, há grande quantidades de seres extraterrestres que lá se projetam com seus corpos astrais e duplo-etéricos permanecendo também por bom tempo em grandes grupos, só que ninguém os vê ou os detecta com aparelhamento ou com olhos físicos, permanecem na 4a. e outras dimensões.

O Sol e sua influência em atividades sísmicas na Terra

O Sol e sua influência em atividades sísmicas na Terra

Todos sabemos que o Sol é um astro gigantesco e conforme minhas afirmações é Um Astro Frio. Ele é um gigante magnético e como tal emite radiações de energias magnéticas por todo o nosso Sistema Solar, consequentemente, todos os planetas, no caso a Terra, estão atrelados às Forças Centrifugas e Centrípetas geradas pelo Sol dentro do Sistema. Dai as forças de Gravidade, de atração e repulsão que mantém os planetas em órbita do Sol e este em Órbita de Um Ponto Magnético Central. Isso tudo aliado a Vácuo Total onde todos os planetas estão situados e por conseguinte lhes dá a cada um Peso Zero no Espaço Sideral, os mantém em órbita constante e permanente, diferentemente das estações espacias “rebolantes” que o homem lança ao Espaço e lá se mantém devido as forças de empuxo inicial e se utilizando de parte da Lei da Inércia, mas vez por outra caem, despencam sobre o homem, o qual teve sorte até agora delas não terem caído sobre suas grandes cidades e promovido grandes destruições. Sim, digo parte, pois a Lua que também sofre todas essas influencias do Sol e Siderais, se mantem em orbita, despencando vertiginosamente pelo menos uns 40 mil quilômetros quando se mostra como Lua Cheia, mas logo após retorna à sua posição inicial.

Como já explanei em meus livros, as chamadas explosões solares são choques de energias magnéticas que ocorrem nas altas camadas do Sol, resultado das ondas de reflexo dessas mesmas energias sobre cada planeta, os quais, servem de espelhos siderais mais seus grandes satélites naturais, que retornam ao Sol e se chocam com as outras que naquele momento estão sendo emitidas por ele. Portanto, as influencias do Sol sobre os vários tipos de sismos na Terra, ocorrem devido a grande energia magnética emitida por esse gigantesco gerador que é o Sol e, bem como, pelas forças centrifugas e centrípetas que descrevi.

Quanto as teorias astrológicas, e sem querer desmerecer os competentes astrólogos que se dedicam a esse mister, eu diria que elas precisariam ser revisadas, pois conforme minhas afirmações o nosso sistema solar é composto de 12 planetas mais o Sol, portanto há as influências de mais três planetas que ainda não foram descobertos pela ciência, mas existem, estão lá! E depois, e principalmente, temos cada um de nós nosso espirito com seu potencial e kharma especifico, particular, que nos dá nossas diretrizes do passado, presente e futuro, ou seja “O Eterno Presente”. Caso contrário, todos seríamos iguais, pois muitos nascemos no mesmo dia e hora e no entanto, uns são pobres, morrem pobres, são doentes, morrem jovens, outros são milionários e morrem velhos, com muito ou pouco sucesso em seus empreendimentos! O que demonstra que, sem a mensuração dos valores intrínsecos espirituais de cada um de nós, nenhuma influência planetária ou carta astrológica têm valor exato, matemático.

Agora, a partir de hoje, vocês vão ouvir falar de que os cientistas para darem valor a aplicação de Oito bilhões de dollares na construção daquele reator subterrâneo de partículas, estão dizendo que encontraram a partícula de Deus!!! Se encontraram, ótimo, mais uma descoberta que vem corroborar as minhas afirmações de que o “Big Bang” nunca existiu. É, portanto, uma farsa!

Como vocês podem perceber, não sou o dono da Verdade, mas a Ciência também não é, e eu prefiro ficar com as minhas afirmações e não teorias, pois sem querer ser “jactante”, elas têm mais lógica, pois me são ensinadas por seres mais evoluídos que eu.”

Abraços e disponham.
dyezzi:.

Transformação Planetária

Transformação Planetária

Pergunta

“Hola querido Domingos Yezzi, como esta? … Ya acabo su libro… Tiene tiempo de contestarme una pregunta?…he leido a una señora Ramtha que es una persona que habla de un ser que la canaliza y es un guerrero atlante y dice que nuestro planeta va a dar un giro que rotara en sentido opuesto el cambio de polos pero antes seran los dias de oscuridad; tambien habla de que hay que juntar comida; creo que a las personas que no estamos bien informadas esto nos hace pensar mil cosas….estos seres de luz son de la federacion galactica? Usted sabe muchas cosas y no me las platica ojala me diga que hay que hacer por que algo me dice que este cambio esta cercano, como son esas personas o es que moriremos al pasar a esa dimencion? Meditar se que es muy bueno pero esto nos ayudara a bien morir? Le mando todo mi afecto, su amiga, Elsa.”

Resposta

“Sim, esses seres são verdadeiros. Veja na página 47, capítulo 13 de meu livro “O Que Os Extraterrestres Pensam e Querem de Nós“. Nela você lerá a mensagem de um deles para mim.

Nosso planeta vai passar por uma grande transformação, uma transformação radical. Os ETs temem que ocorra o que você mencionou, pois se isso ocorrer, não sobrará nada sobre a face da Terra, contudo, apesar de temerem isso, acham que não irá acontecer, mas, sim uma verticalização do eixo terrestre que atualmente está inclinado a 24°. Essa verticalização que já se iniciou, mudará a face de alguns continentes, que serão em parte encobertos pelo mar. É claro que todas as populações à beira mar do mundo inteiro terá que se precaver, tomando algumas providências, como por exemplo ir se mudando gradativamente para o interior. Mas, isso não as livrará dos acontecimentos, os quais, até o momento, estão nas raias das suposições, da irrealidade, assim como a população do tempo de Noé ouvia falar mas não acreditava, só ele acreditou e construiu sua arca. Milhares de pessoas perderam a vida, várias continentes foram submersos, inclusive a Lemúria e a Atlântida, o que vai acontecer novamente, agora com maior dimensão. Mas a população, mesmo com todos esses avisos e aparelhamentos modernos a sua disposição, ainda assim será pega de surpresa! Não há como convencê-la só com previsões, ela quer fatos! Ele precisa de mais hecatombes, mais tsunamis, mais terremotos, inundações, incêndios, guerras e outras “pequenas” coisas para se convencer. Elas estão chegando. Este ano alguma coisa vai acontecer para dar o “começo” na mudança de pensamento da humanidade.

“Se vamos morrer todos? Quem sabe? Mesmo que soubéssemos não seriamos acreditados seriamos sim, injuriados, desprezados, desacreditados. Então o que fazer, se não esperar, apenas esperar e dar continuidade a vida, aos projetos, enfim a tudo que o mundo e o momento nos oferece. Cada um de nós deve tomar conta de seus atos e pensamentos, procurar não enveredar para o lado do mal, não adquirir toxinas de toda ordem, pois os vícios, as drogas, as bebidas, o aviltamento do sentimento humano, o desamor pela vida, pelo seu semelhante, estão aumentado a cada dia. Tudo isso são indícios de um grande naufrágio da humanidade, indícios de uma grande expulsão de almas doentias e daninhas para orbes mais inferiores tidos como: “prisões” planetárias de nosso sistema solar, para onde todo esse joio irá sem apelação, para reiniciar novamente da estaca zero, e se lembrar que um dia viveu num paraizo azul, seu saudoso planeta Terra. Essa é a realidade atual. Não haverá protegidos especiais, haverá sim, aqueles que por si só construíram uma nova condição vibracional para seu futuros corpos.

“Por favor, divulgue pelos meios que tiver a sua disposição, para aqueles que têm “ouvidos de ouvir” e “olhos de ver”. Para os demais, deixe-os chegarem ao seu bom senso próprio, pois nada poderemos fazer!”

~ Domingos Yezzi

[box type=”info”]American-English Translation: Planetary Transformation[/box]