Realidades Multidimensionais … Mundos Paralelos

Realidades Multidimensionais ... Mundos Paralelos

Pergunta:

Oi Domingos!

Eu tenho lido sobre realidades (mundos) paralelos e li que somos (todos) seres multidimensionais, podendo assim criar essa e outras realidades simultaneamente. Por exemplo, se eu receber um convite para um encontro com alguém e um lado meu decidir ir, digamos por desejo, mas um outro lado meu decidir não ir, digamos por impossibilidade (suponhamos que eu já tenha outro compromisso), eu crio a realidade onde não vou, para atender o meu outro compromisso, mas o meu desejo de ter ido cria uma outra realidade onde eu fui naquele encontro. Li também que temos o nosso Eu-Superior (aquela parte de nós “desconectada” do nosso ego, a nossa essência espiritual) cuja consciência viaja para passados e futuros, criando assim realidades nesses dois tempos, que na verdade acontece no eterno presente.

Adoraria ouvir seus comentários sobre esse assunto de realidades multidimensionais.

Muito obrigada,
Christina Breault

Resposta:

Prezada Christina,

O Núcleo Central Cósmico, mais comumente chamado de Deus, ao se originar, originou também suas Leis Universais que regem tudo o que ocorre dentro dele! Portanto, aquela frase um tanto popularesca e bem como, um tanto rústica e fanática-religiosa, que diz: “O ser humano foi criado à sua imagem e semelhança”, não deixa de ter seus fundamentos, só que os animais, ou seja, a fauna, a flora, os vegetais e os animais também o foram! Sendo assim, quando se diz: Que Ele está em toda parte, em todos os lugares, está mesmo! Pois Ele abrange todos os quadrantes universais com requintes de Sua perfeição, dando ou transferindo a cada ser vivente e, não devemos esquecer que até as pedras (minerais) também são seres viventes, (veja por exemplo, as pedras que se movem no solo dos desertos do Vale da Morte no U.S.A, e noutros desertos do mundo) e ainda que para cada elemento, brota um ser Elemental que a guisa de uma Webmaster, desenha, administra e dá vida ao seu elemento, como a terra, o mar, a água e o ar e, consequentemente, tudo o que se origina desses elementos. Com a diferença de que O Núcleo Central Cósmico não possui rosto, corpo, braços e pernas e muito menos os “status fisiológicos” como haveria de pensar o ser humano comum da Terra. Isso não ocorre com os seres mais evoluídos de outros planetas, pois, sabem que cada um deles e cada um de nós, está atrelado ao seu “habitat” original, e cada um desses habitats dentro de suas dimensões próprias e particulares e que proporcionará a seus originados, seus “poderes”, suas locomoções astrais, ou viagens astrais e desdobramentos para fora ou para dentro do espaço e do tempo, vivendo o continuo “Eterno Presente”, libertando-o ou não, dependendo de suas constituições psicofísicas ou psicossomáticas, que o deixarão mais ou menos a vontade, mais ou menos leves e flutuantes para caminhar ou voar nas linhas magnéticas, aparentemente invisíveis, que percorrem o Universo em todos os seus quadrantes. Diga-se de passagem, que, as Naves Extraterrestres ou como eles, os ETs, as chamam: Volitores, fazem esse mesmos percursos durante seus vôos, e quando por infelicidade ou casualidade, essas linhas magnéticas sofre interrupções abruptas em consequência da péssima composição vibratória do “habitat” que visitam, como por exemplo o planeta Terra, ocorrem os atritos com as atmosferas e as consequentes explosões e desintegrações dessas naves e suas tripulações. Desta forma, cada ser humano, dentro de seu habitat e dentro de suas limitações de vivência e experiência, pode sim estar em vários locais ao mesmo tempo, pois, sua mente e seu duplo etérico são multidimensionais e elásticos e, mesmo que seu original, que seria o físico e o perispirito presentes, ou seja, onde ele está atuante no momento, não consegue impedir essa dualidade, pois, mesmo eles estando ocupado ou se dedicando aos seus afazeres, completamente opostos de onde ele está sendo chamado, ele seguirá para para lá para atendimento, quase sempre em uma de suas especialidades anteriores, como por exemplo, se ele tenha sido médico várias vezes, místico ou músico ou outras atividades, como político e etc. Seguirá e atenderá com precisão, mesmo que ele não atine ou esteja inconsciente com aquela atividade, pois, as pessoas que o conheceram antes e em suas formas biofisicas ou espirituais anteriores, as quais permaneceram registradas e intáticas nos Registros Akhashikos, sempre poderão ser buscadas e contatadas aleatoriamente ou em linguagem cibernética, “randomicamente”. É o meu caso, por exemplo, que me vejo em outros lugares atendendo a vários pedidos e, no entanto, meus afazeres atuais, não me permitiriam estar neles de corpo presente! Vou dar um exemplo aqui que você, como eximia Webmaster e os que se utilizam dos atuais computadores, vão compreender melhor: “Quando recebemos um e-mail e queremos repassá-lo, poderemos fazê-lo repassando-o para milhares de contatos, que receberão suas copias “ipsis litereis” com os mínimos detalhes, mas no entanto, o original permanece conosco em nosso computador e intático e pronto para “viajar” se desdobrando para outros locais e paragens, independentemente, do original querer ou não, estar disposto o não!”

Será que me fiz entender? Caso contrário, por favor volte a perguntar ou a acrescentar algo mais! OK? Devo acrescentar que quanto mais antigo for o ser humano, quanto mais experiência e vivencia e se por ventura ele for um ser originário de outro planeta, mais “gigabytes” ele terá e mais procurado ele será!

Abraços,
DYezzi::.

Os Anunnakis Lutaram Contra Os Reptilianos Pela Terra?

Os Anunnakis Lutaram Contra Os Reptilianos Pela Terra?

Pergunta:

Boa tarde Senhor Domigos,

Sempre gostei de pesquisar sobre ETs. Acredito que eles existem e no que dizem os sites sobre eles. Minha mãe me falou sobre seu site, que eu estou adorando lêr, e gostaria de saber algumas coisas. Agradeço desde já a atenção que puder me dispensar.

Se os reptilianos não existem, por que em qualquer site leigo fala que os anunnakis lutaram contra os reptilianos pela terra? E como que se deu nossa povoação, se não existiu Adão e Eva? Até o papa já afirmou isso. Tenho mais algumas perguntas, mas como já sei que o senhor é detalhista, irei fazendo por partes.

Atenciosamente
Ju H.

Resposta:

Prezada Ju H.,

Grato por seu e-mail e por sua pergunta. Sim, sou detalhista, por conhecer o que falo e faço, não é por ouvir dizer, é por experiência. Comigo, uma resposta tem que ser resposta pura, não pode ser eu acho isso, eu acho aquilo! Modéstia a parte, não sou do “achismo”! Pode fazer as perguntas que quiser. Só não prometo a resposta imediata apenas por ter muitos e-mails a responder.

Vou fazer uma ressalva aqui: Eu disse que, todos aqueles que falam ou escrevem sobre os reptilianos, nunca me mostraram com eficiência a existência deles e eu estou nisso há dezenas de anos e já tive e tenho contato com uma variadíssima gama de seres de todos os tipos, muito dos quais, deixariam espantados os aficionados dos reptilianos, tal os também variadíssimos “biotipos” incríveis! O quero dizer que o Universo é incrivelmente habitado de acordo com os “habitats” existentes assim como nossos mares e oceanos também são.

Tudo o que foi dito até agora foi baseado em lendas e vestígios históricos da existência de povos antigos como os Anunnakis. Portanto, eles poderiam ter lutado mesmo com seres estranhos e que hoje estão sendo denominados de reptilianos. Como eu disse, tudo é possível, mas, até agora não se mostraram! Também podem ter revelado o conteúdo do Umbral inferior da Terra, mundos paralelos negativos que, para quem viu como eu já vi, são de arrepiar! Aqui na Terra tudo é possível, razão pela qual os ETs se interessam em estudar nosso “habitat” e que por vezes, é desrespeitado por eles em algumas ocasiões. Veja meu primeiro livro: “O Que Os Extraterrestres Pensam E Esperam De Nós?!

Abraços,
DYezzi::.

Separação ''Joio'' do ''Trigo''

Separação ''Joio'' do ''Trigo''

Pergunta:

Boa noite, Domingos, tudo bem?

Venho aqui lhe fazer uma pergunta referente a explosão cósmica que se aproxima. Com o Siderius e Nibiru tornando-se um segundo Sol, haverá uma grande explosão e separação de níveis de consciência, de pessoas más e boas?

Em que dimensão está Marte e Vênus?

As crianças Cristais e índigos serão automaticamente levadas a esferas e planetas mais evoluídos, como o chamado arrebatamento?

Grato pela sua atenção.
Zack M.

Resposta:

Prezado Zack,

Não haverá explosão! Sidérius que está se aproximando, ao entrar em nosso sistema solar terá suas camadas superiores ativadas, assim como ocorre com o nosso Sol. Virá “aceso”, razão pela qual, durante um período aproximado de três anos, que é o tempo, mais ou menos, que ele levará para atravessar e modificar nosso Sistema e dividi-lo em dois Sistemas, (veja a divisão em meu primeiro livro), dai ele estar sendo chamado de Segundo Sol, consequentemente, como ele vem em órbita contrária ao nosso Sol, ele emitirá um calor triplicado sobre todos os planetas e seus habitantes. Desta forma, a Terra que já está com suas camadas atmosféricas e camada de ozônio enfraquecidas, receberá toda a radiação em doses fortíssimas de ambos os Sóis e isso, provocará a extinção de todo ou quase todo o tipo de vida dentro do planeta Terra. Durante a sua passagem, ele afastará o Sol de sua atual órbita e com ele alguns planetas que estarão ligados a ele, e Júpiter com outros planetas que estarão ligados a ele. Nascerão então os dois novos sistemas solares, os quais se afastarão um do outro por bilhões de quilômetros no espaço cósmico-sideral, dentro de Nossa Galáxia a Via Láctea. Durante esse tempo de sua passagem e das transformações generalizadas em nosso Sistema, como o eixo da Terra se verticalizará, mudando sua posição no espaço, vai parecer aos seus habitantes que as estrelas estão descendo do Céu, (como uma figueira quando perde seus frutos abalada por vento forte, conforme narra João Evangelista em capítulos do Apocalipse. E durante esse tempo de modificações, enquanto cada planeta não se agrupar a seus novos Sóis, O Sol e o planeta Júpiter, haverá escuridão total e ao mesmo tempo um terrível frio, que, juntamente com o enorme calor anterior, se incumbirá de eliminar todo o tipo de vida sobre a Terra!

Tudo isso já vem sendo previsto por vários espíritos de escol, videntes e clarividentes, antigas civilizações como os Atlantes, os Lemurianos, os Sumérios, Egípcios, os Maias, os Incas, os Gregos e muitos outros, inclusive os Judeus, pois João Evangelista era judeu, Nostradamus que era francês e muitos outros, só que ninguém os ouviu e muito menos deram valor aos seus vaticínios, infelizmente! No entanto, agora, nunca se viu tanta gente interessada neles! Quem sabe ainda dará tempo a uma rápida renovação de atos, de ideias e de objetivos, antes da chegada de Sidérius, que não vai demorar muito tempo.

Vênus e Marte, bem como, Mercúrio, Saturno, Ága, Oswen, Urano e Netuno, já se encontram com suas humanidades em alto grau vibratório e não entrarão em choque com a aura negativa de Sidérius, eles seguirão para suas novas fases, incólumes!

Não só as crianças Índigos, mas também os seres humanos e outras crianças comuns, também serão abduzidas para dentro da naves gigantes que já estão sendo avistadas adentrando o nosso Sol e estacionadas nas periferias do nosso Sistema Solar!

Abraços,
DYezzi::.

Se Há A Lei do Esquecimento, Como Lembrar Nossa Missão?

Se Há A Lei do Esquecimento, Como Lembrar Nossa Missão?

Pergunta:

Olá Sr. Domingos,

Tenho assistido suas entrevistas no YouTube e acabei de comprar seus dois primeiros livros, vou iniciá-los.

Vou fazer algumas perguntas para o senhor, se me permitir, e se for possível responder estas indagações, que é importante para mim nesta fase da minha vida.

Acredito que todos nós temos um projeto maior de mundo (missão), que não conseguimos lembrar, devido a lei do esquecimento. Como o senhor vê isso? Todos temos uma missão que antecipadamente programamos aqui na terra? Ou estamos sempre sujeitos ao carma e em algumas situações (reencarnações) não conseguimos realizar ou lembrar nossa missão, enquanto não finalizarmos nosso carma? Como descobrir esta missão? Isso é intuitivo?

Outra dúvida é como o senhor vê a relação que pessoas, que começam a expandir suas consciência, têm com o dinheiro e o lado material, quando começa a mudar seus valores e que algumas coisas não tem mais sentido? Temos que trabalhar para sobreviver, mas como fazer isso com uma visão oposta ao meio que vivemos, como a espiritualidade vê isso? Temos que aprender a conviver com isso, ou podemos mudar completamente de vida? A partir da tomada de decisão de mudança mais focado para o lado espiritual, acredito que nossos protetores nos guiem. É dessa forma que acontece?

Agradecido,
Rogério M.

Resposta:

Prezado Rogério,

As Leis Cósmicas-Siderais, comumente chamadas de Leis Divinas, são imutáveis! O Criador, ou como nós o chamamos “O Núcleo Centro Cósmico”, as veio gerando a milhões de anos e são elas, “dentro das quais, nascemos”, nós e todos os seres do Universo, que regem cada movimento das Galáxias, seus Sistemas Solares, seus Sóis e Planetas e os Quasares (buracos negros) e tudo o mais no Universo, partindo das partículas infinitesimais aos gigantescos Astros ou Estrelas. Portanto, como eu disse, tudo o que foi, é ou será gerado, nascerá dentro delas e estará regido por elas. Desta forma, são as centelhas, (almas ou espíritos) de cada ser humano, ou humanoide ou ainda animal, vegetal ou mineral, que quando geradas dentro do Núcleo são expandidas para o universo a fora e cada uma se resfriará sobre o”habitat” que estiver no seu caminho, e ali fará seu copo tangível ou energético e a partir daquele momento iniciará sua caminhada em direção ao seu progresso tecnológico e/ou espiritual. Isso levará milhares de anos, dos nossos, e, nessa caminhada e de conformidade com seu “habitat” determinará seu destino (kharma) que poderá ser altamente progressivo, suave e sempre melhorando, ou pesado e sofrido como o “habitat” Terra. Sempre cada um com seu livre arbítrio, ou seja, (minha frase) “O Habitat faz o habitante e o Habitante faz o habitat” e cada um formará seu próprio ambiente que determinará seu nível de evolução. Dependendo do tipo de habitat encontrado, muitos terão seus físicos compostos com intestinos e outros apetrechos, ou sem os intestinos, assexuados e físicos mais energéticos, dai a existência de milhares de tipos e biotipos que habitam os bilhões de planetas no universo, só que a nossa ciência como brotou dentro deste habitat inóspito que é a Terra, levará centenas ou milhares de anos para chegar a esta simples conclusão. O assunto dá para eu escrever mais vários livros. Espero que você tenha compreendido até aqui.

Desta forma, cada ser, dentro de seu habitat já determinou a sequencia de suas missões, as quais os levarão em busca da perfeição e galgando os degraus mais elevados e passando de “Habitat” ou planeta inferior para o imediatamente superior para dar continuidade a seus projetos, ou permanece em seu habitat inicial, revendo seus atos e suas lições até adquirir “status” para pode habitar outro ambiente diferente do seu. Isso leva milhares de anos, pois quem está em estado inferior carrega sobre si próprio (físico, perispirito, mente e espírito (alma)) diversos tipos de toxinas que agirão como lastro, mantendo-o preso às suas bases e, como a água que só se transformará em vapor, após ter atingido 100 graus, o ser só subirá após ter se livrado de seu correspondente lastro. Por isso o grande Avatar – Mestre dos Mestres – dizia “à Cada Um conforme suas obras”, ou seja, quem plantou feijão vai colher feijão e não abóbora!

A experiência de vida está consignada as várias vivencias (reencarnações) que cada um conseguir ter ou se empenhar e não há como se passar de um para o outro, pois o valor estará intrínseco a cada um, leve o tempo que levar! E aqui não vai mencionado qualquer tipo de religião, seita ou filosofia, pois, no universo e entre os vários planetas evoluídos, elas não existem, são criadas por seres inferiores que dependerão delas como muletas para poderem prosseguir. Alguém já disse: “As religiões, seitas e filosofias, são o ópio da humanidade atrasada!”

Penso que para um bom entendedor, o que expus acima, bastará! Mas, se ainda não foi suficiente, volte a escrever OK?

Abraços.
DYezzi::.

Faz Lógica a Teoria do Big-Bang?

Faz Lógica a Teoria do Big-Bang?

Pergunta:

Oi Domingos,

Faz lógica na existência desse Big Bang, já que ele explodiu algo que ja havia antes?

Obrigado,
Olavo C.

Resposta:

Prezado Olavo,

O Big Bang nunca existiu pois o Núcleo Central Cósmico, gerador de tudo o que existe dentro do universo visível e dos universos paralelos, invisíveis, partiu do microcosmo para o macrocosmo para criar tudo, e sendo assim, caem por terra todas as teorias baseadas no Big Bang.

O Criador não era e nunca foi um padeiro, ou seja fazer uma grande massa para depois explodi-la. Ele1 me parece ser mais inteligente do que os nossos “sábios” cientistas, criados por Ele1, pensam, preferiu criar tudo a partir do microcosmo, ou seja, do átomo e continua nos dando demonstração disso, a partir do Universo do nosso corpo físico. Leia mais detalhes nos meus livros!

Abraços.
DYezzi::.

1 Aqui, onde a assexualidade de Deus e a sua onipresença e onisciência está em toda parte, fazemos referências à Deus como “Ele”, masculino, somente para acomodações linguísticas.

Temos Cérebro Reptiliano?

Temos Cérebro Reptiliano?

Pergunta:

Oi Domingos,

Existe tal coisa como um cérebro reptiliano? Há pessoas que crêem nessa raça de Reptilianos e dizem que temos um cérebro como eles, que formos alterados. Eu não creio nisso, e você? Veja o que diz essa pessoa neste video: https://www.youtube.com/watch?v=rtt3ZxmfAcw

Muito obrigada!
Christina Breault

Resposta:

Oi Christina,

Se formos levar em conta o tipo de raciocínio e de ações de alguns grupos terráqueos, que se dizem serem seres humanos, como por exemplo, aqueles que “aprontaram recentemente na França”, com certeza, teriam cérebro de reptilianos, pois são sanguinários, vingativos e desprovidos de qualquer senso de sentimento e de humanidade, e a morte para eles nada significa, pois, acham que morrendo matando muitos “infiéis”, aqueles que não participam de seus pensamentos retrógrados, com certeza devem ter cérebros reptilianos! Isto julgando apenas pela aparência do que seriam os répteis se tivessem formas humanoides, mas, nunca vi nenhum em toda esta minha vida em contato com os Extraterrestres, entretanto, eles me dizem o seguinte: “Vocês na Terra têm grandes mares e oceanos, profundos e tão grandes à guisa do Espaço Cósmico-Sideral, no qual, há uma variedade de espécies marinhas, vivas (fauna e flora), com comportamentos dispares entre si e variando de acordo com a profundidade onde “residem”, ou seja, conforme a localização de seus “habitats”, quando o de baixo sobe para comer o de cima e o de cima desce para comer o debaixo, e, só não permanecem ali pela dificuldade natural de oxigenação! São obrigados a viverem onde nasceram, mesmo quando a fome abate sobre eles, o que quer dizer que, as Leis naturais e Divinas se fazem presentes sempre, em todas as situações e regiões do Universo, dando a cada ser a liberdade de vida dentro de seus respectivos habitats! São Leis rígidas e que devem ser obedecidas sem qualquer conotação religiosa, pois como já expliquei inúmeras vezes, no Universo não há religiões ou religiosismos, o tal mal necessário criado pelo terráqueo e por alguns outros seres em outros planetas do Universo, desta forma, mesmo que mal comparando, o espaço Cósmico-Siedral é similar aos oceanos e mares da Terra, também há seres de todos os tipos e conformações biofisicas e ainda com ações pouco recomendáveis dentro dos princípios harmônicos humanos e mesmo até humanoides, apesar de todos, todos mesmo, sem exceção, serem regidos pela mesma Lei Cósmica Universal de Ação e Reação que fatalmente colherá o transgressor no futuro, quando ele menos esperar, seja ele evoluído mental, espiritual ou tecnicamente, isso quando não ocorrer no mesmo momento da transgressão. Assim surgem também os chamados “Patricinhos e Patricinhas” ou “play boys do espaço sideral”! Vejam, os grandes acidentes ocorridos dentro do espaço terrestre com naves alienígenas, cuja tripulação era e é tida como possuidora da mais alta técnica de construção e de domínio de vôo intergalático, vindo a provar que ninguém escapa aos rigores da Lei, seja ele quem for!” Portanto, apesar de eu nunca ter visto ou ter estado em contato com um ser reptiliano na terceira dimensão de nosso planeta Terra, e acredito que esses que os mencionam também só ouviram dizer deles, nunca o viram ou conversaram com eles, pois já pedi para eles provarem a existência do que eles insinuam, mas, não obtive resposta, ficam só nas conjecturas, nas ilações fantasiosas, nada mais que isso. Não acredito que a raça humana tenha se originado de cérebros reptilianos, mas, acredito que possam ter havido no decorrer dos milhões de anos e anos que formam as humanidades e as gerações terráqueas, alguma injeção morfológica de seres alienígenas que alteraram o DNA Físico e o DNA Espiritual do ser terráqueo causando transformações e deixando heranças genéticas bárbaras com consequências funestas para alguns grupos raciais!

O assunto vai longe e, eu poderia escrever mais um livro só sobre ele, mas, para não cansar os leitores e nem a você, vou parar por aqui, desejando que você publique cada vírgula, se puder, com a respectiva tradução no nosso lindíssimo site.

Abraços.
DYezzi::.

Queda da Sonda da NASA no Planeta Mercúrio

Queda da Sonda da NASA no Planeta Mercúrio

Comentário:

Prezados Amigos,

Afim de que aqueles que leram meus livros se lembrem, e os que não leram vou lembrar agora:

A NASA mandou uma “sonda rebolante” para investigar o Planeta Mercúrio, aquele que está mais próximo do Sol, que a ciência acha que está há mais de 6000º de calor — ou seja está pegando fogo! — e que o Planeta Mercúrio por se encontrar próximo ao Sol estaria com sua superfície super aquecida, que no dizer da ciência, o chumbo estaria derretendo a 800º de calor. Pois bem, aquela sonda foi lançada há mais de quatro anos e ficou girando em torno de Mercúrio desde então e, em 30 de abril de 2015, [highlight]despencou [/highlight]para dentro daquele planeta. Mais uma prova de que a ciência, ao mandar essas sondas, obedece só em parte a Lei da gravidade! Ppois vira e mexe essas sondas estão despencando sobre a humanidade deste ou de qualquer outro planeta. Pois bem, aquela despencou, e sabem o que ela encontrou? [highlight]Gelo e água!!!![/highlight] — provando que nada daquilo que ela divulgava era verdadeiro, mas, ao contrário, tudo aquilo que venho afirmando há anos, está correto. O [highlight]Sol é um astro frio[/highlight]! Mercúrio.é um planeta normal como a Terra e eu digo que são habitados tanto o Sol quanto Mercúrio! Leiam nos meus livros, entrem no meu site, pois logo, logo, tudo que vai escrito nele e afirmado por mim, será constado e a NASA não terá outro jeito a não ser dar o braço a torcer e dizer que este humilde brasileiro sempre esteve certo!

E tem mais. Muita gente vai pensar que eu esteja querendo me vangloriar agora ainda mais, hoje principalmente, quando a nave russa Progress está despencando sobre a Terra, sobre nossas cabeças, mas não estou! Apenas reitero o que venho dizendo há muitos anos: A ciência da Terra manda “essas naves rebolantes” para o espaço, sem saber onde elas poderão cair, pois como eu sempre disse, a ciência obedece apenas parte da Lei da Gravidade, pois vire e mexe elas perdem a sustentação do primeiro impulso e despencam. Essa está inclusive tendo um movimento em torno de seu próprio eixo mais ou menos trinta rotações por minuto, o que vem comprovar que no vácuo tudo perde seu peso e recebe a influência do peso da Luz Solar, ou seja, assim como os planetas que giram em torno do seu próprio eixo devido o peso dos raios solares, os obriga a girar devido a eles terem um lado na luz outro nas sombras. Portanto, o que venho falando, está se comprovando, infelizmente! O homem se arvora em querer ser Deus, mas as Leis Cósmico-Siderais que Ele criou, não permite que qualquer planeta despenque um sobre o outro ou que seus satélites naturais, como a Lua, na Terra, os dois satélites de Marte, Deimos e Febos, girem um no sentido contrário do outro, os vários satélites de Júpiter, tenham cada um sua órbita própria, e não despencam sobre seus planetas! A Lua chega a descer 40 mil quilômetros quando no período da “Lua Cheia”, mas não despenca, passado o período ela retorna à sua posição inicial!

Abraços.
DYezzi::.

Fui dita que estive no Registro Akáshico deste universo

Registros Akáshicos

Pergunta:

Sr. Domingos:

Ao ouvir sua entrevista para o programa enigmas, sinto-me a vontade para relatar fatos que ocorreram comigo há anos atrás. Procurarei ser breve: Uma noite antes de dormir, alguém ficou falando repetidamente “pegue lápis e papel”. Eu respondia que precisava dormir mas fui obrigada a obedecer e só fui ler no dia seguinte, quando retornei do trabalho, descobri que era uma fita de relaxamento intitulada “Escada de luz”. Bem, gravei em uma fita e fiz o referido relaxamento, continuei recebendo várias mensagens até que pedi que parasse pois eu estava muito confusa. Uma certa noite, tive “um sonho” que lembro com detalhes e desde então busco respostas. Sonhei que flutuava no Cosmo muito estrelado e perto de mim apareceu um cubo branco com inscrições neste cubo, [mas] faltava um pequeno pedaço que consertei e completei uma escrita nele já gravada. Imediatamente fui parar numa sala toda branca com mesas que tinham quadrados em seus tampos; perto de mim apareceu um ser muito alto, eu não vi seu rosto, só gravei bem o símbolo que ele trazia numa túnica meio cor de cereja. Ele me perguntou se eu sabia trabalhar ali, eu respondi que sim, então ele foi embora e eu passava as mãos sobre os quadrados das mesas e estes acendiam e apagavam. Acordei muito intrigada com o sonho e passei a buscar respostas. Uma certa ocasião um espírito me disse que eu estive no Registro Akáshico deste universo. Bem, além desta passagem tenho alguns escritos que recebi de um ser totalmente dourado com os olhos lilás. Ele era pura energia elétrica chamado Sium. Aguardo um parecer seu.

Muito obrigada,
Clélia

Resposta:

Prezada Clélia,

Grato por sua pergunta.

Pelas minhas experiências e vivencias “in loco” no assunto, posso assegurar a você que existem milhares, até milhões, de pessoas vivendo na Terra, cujos espíritos são de origem extraterrestres, dos mais variados planetas e constelações da nossa Galáxia e de outros recantos do Universo. Pessoas, cujos espíritos para cá vieram ou “foram empurradas” para cumprirem determinadas missões, tais como, aprendizado, esclarecimento, distribuição de conhecimentos e ao mesmo tempo, serem intermediários/médiuns, entre os campos físico e o energético, entre o terrestre e o extraterrestre, e com certeza, você e o seu espírito são uma dessas pessoas, que abençoadas pelo que eu chamo em meu segundo livro de “O bendito Esquecimento” quando nada lembram do que foram ou que fizeram ou ainda de onde vieram, mas seus DNAs, sabem, trazem registrados intrinsecamente dentro dos Registros Akhashikos Universais, todos esses detalhes.

Consequentemente, para muitas dessas pessoas, o Universo Grandioso, se torna pequeno frente a todas as suas possibilidades e potencialidades e, desta forma, “marcam encontros” com seus antigos “patrícios” de seus antigos planetas para em determinada época de suas vidas em desabrocharem essas possibilidades e se reencontrarem, e aqui, para reiniciarem o que ficou programado há milênios atrás, assim como outros, que estão passando pelos mesmos problemas e terão a oportunidade de serem esclarecidos e formarem uma base, após lerem estes nossos comentários.

O seu caso é típico de uma dessas pessoas. Seu “duplo etérico”, que é uma espécie de corpo-semi-material, que nasce com o corpo físico e se interpõe a ele e o perispirito (corpo astral), e serve também de um almofadado entre os dois, sendo ele o Agente da dor, ou seja, afastando-se o duplo etérico do corpo, seja por hipnose física ou química, seja por traumas violentos, o ser humano fica isento da dor física, podendo ser operado, podendo fazer os tratamentos que seriam os mais dolorosos normalmente, completamente sem dor e, no seu caso. no meu e no de outros, ele é atraído para fora do corpo físico e acompanha nosso racional para viagens astrais, dentro e fora do planeta, dentro e fora do astral e para dentro das naves extraterrestres que, na maior parte das vezes, ficam estacionadas nas proximidades da casa “do viajante”, seguindo todos os movimentos necessários para uma boa viagem e compreensão do “status quo” da ´pessoa naquele momento e, como “Um Repórter de Campo”, vê, ouve e fotografa mentalmente tudo, sem correr riscos de medos ou pavores, velocidades, ou queda de pressão sanguínea e outras deficiências ou defesas orgânicas que viriam a atrapalhar ou a interromper aquela missão. Ao retornar ao físico, rememora o acontecido, o que presenciou, narrando ou escrevendo em livros para outros poderem absorver, conhecer e divulgar. Exatamente o que fazemos agora.

Para aqueles que estão acostumados com esse “pseudo sofrimento”, sabem que não é um sonho, e também não é desdobramento, pois este se dá durante o sono e inconscientemente, enquanto que as Viagens Astrais ou, o que é chamado também por mim de ” Projeção do Duplo Etérico à Longas Distancias”, ocorre em estado de vigília, conscientemente.

Aconselho a você e os demais leitores lerem meus livros e a entrarem no meu site, onde vocês encontrarão outras respostas, outras afirmativas e detalhes nunca antes mencionados. Os livros estão em PDF e você poderá adquirí-los diretamente no website.

Por essas e outras razões, aqueles que são “abduzidos” mentalmente, ou fisicamente, parece já conhecerem aqueles que os vêm buscar. Mas, tudo já foi adrede preparado, programado minuciosamente, apenas o “pivot” da viagem, que é o sensitivo, de nada se lembre de antes. Portanto, você esteve dentro de uma nave extraterrestre e foi acompanhada por seres que já a conheciam e a acompanham, talvez há milênios.

Continue escrevendo, se possivel, anexe ao meu e-mail o que você tem de escritos, talvez possam servir para algum esclarecimento.

Abraços.
DYezzi::.

O astro Sidérius é um planeta morto, sem atmosfera?

Planeta Sidérius

Pergunta:

Sr. Domingos Yezzi, tudo bem?

O astro Sidérius que se aproxima do nosso sistema solar é um planeta morto, sem atmosfera? Pode me informar de onde vem, o que houve com ele no passado? O Sidérius não está aqui por um acaso, ou seja, foi a humanidade do planeta Terra que o atraiu com o padrão vibratório inferior? Neste caso, as humanidades dos demais planetas vizinhos também serão afetadas sem “culpa” nenhuma? O Sidérius só vai passar entre os planetas sem colisão e depois vai continuar seguindo para rumo desconhecido? Se nós mudarmos a vibração poderíamos evitar a aproximação, teoricamente? Desculpe, embora simples intelectualmente, mas, muito detalhista, tudo isso me despertou muitas perguntas.

Agradeço pela atenção.
Hissachi

Resposta:

Prezado Hissachi,

Devo dizer que todas essas informações você as encontrará no meu site e mais ainda nos meus livros, os quais você obterá em PDF através do site, basta fazer o pedido e pagar pelo PayPal, mas, eu não poderia deixar de responder a você, um leitor tão interessado e que poderá divulgar a seus contatos.

Sidérius não é um astro morto, é Astro Gigantesco com mais ou menos 40 milhões de kms de diâmetro, portanto, bem maior que o Sol que tem aproximadamente 1 milhão e 300 mil kms de diâmetro. Ele possui uma atmosfera deletéria, com gazes venenosos, ainda não apropriada ao tipo de vida igual ao da Terra, mas, servirá para atrair os espíritos recrudescentes, malignos, da Terra e de outros planetas por onde ele já passou e passará após passar por Nosso Sistema Solar. Ele é tão pesado magneticamente que atrairá àqueles espíritos. Após desencarnarem em seus planetas, os carregará “colados” em seu astral e os despejará sobre planetas com afinidades negativas com aqueles espíritos. O que vale dizer que cada um receberá e viverá conforme suas obras e sua vibrações intrínsecas. Pelo que sou informado e pelo que me é mostrado por Dornete e sua equipe que o vem acompanhando desde 11º sistema solar mais próximo do nosso, dentro de nossa galáxia, todos os seres que tentaram escapar as ações de Sidérius, mesmo tendo naves avançadas, foram atraídos e seguem presos com suas naves, na “cabeleira” magnética de Sidérius e dela, só sairão, quando forem despejados em outros planetas mais atrasados e carentes de uma nova civilização. Portanto, se a civilização ou seres tiverem afinidades com o tônus vibratório de Sidérius, não escaparão de terem que recomeçar tudo novamente desde a estaca zero.

Agora, para melhor compreensão sobre a formação e origem do Gigante Sídérius, vou levar você, e os demais leitores a uma viagem mental racional, através do Espaço Cósmico e Sideral, lá junto aos Engenheiros Siderais, responsáveis pela habitabilidade dos mundos e pela criação desses mundos.

Há milhares de anos passados, tais Entidades, que tudo prevêem e conhecem dentro do Universo, fizeram deslocar-se de sua órbita dentro da Galáxia, uma órbita gigantesca que circunda milhares de sistemas solares, girando em sentido contrário desses planetas. Ou seja, enquanto a Terra e nosso Sistema Solar giram da direita para a esquerda no sentido dos ponteiros de um relógio, Sidérius gira da esquerda para a direita, o que provocarão uma total remodelação de todos os sistemas e planetas por onde ele teria que passar, já passou e ainda passará.

Por quê isso. justamente, contrariando o pensamento retrógrado da Ciência terrestre e de milhares de seres humanos, de que vida só há na Terra, ao contrário, vida há em todos os planetas de todos os sistemas solares e e galáxias em todos quadrantes do Universo. Entretanto, mesmo aqueles seres, ou humanidades, que atingiram um patamar de progresso técnico, mental, cerebral e espiritual inconcebíveis para o ser comum, eles se acomodam em seus estágios grandemente evoluídos e não se lançam a busca de novos e incríveis conhecimentos á sua disposição no Universo, e permanecem em seus planetas cultuando seu próprio progresso, sem descerem para auxiliarem civilizações mais atrasadas, como as da Terra, por exemplo, pois todas as vezes que aqui tentaram foram repelidos ou causaram danos irreparáveis, o que, dentro da Lei Universal, significa culpabilidade e resgate kármico pela ação e reação inerente a vida nos mundos. Desta forma, Sidérius, já alterou nosso sistema solar por várias ocasiões, uma delas quando, na Terra, ocasião há mais ou menos onze ou doze mil anos atrás, o famigerado Dilúvio, que submergiu vários continentes na Terra e, enquanto trazia para dentro do nosso sistema solar, novos planetas e satélites naturais, com suas respectivas civilizações. Razão pela qual, ele também é chamado de planeta higienizador, chupão e na Bíblia, de Absinto. Portanto, com a passagem de Sidérius, tudo será movimentado dentro do sistema solar, e só serão afetados, planetas que tiverem sintonia com as emanações vibratórias dele, aqueles que não tiveram, serão afastados de sua órbita atual com suas próprias atmosferas e respectivas civilizações intactas.

Quero dizer que o planeta que sofrerá mais com a presença de Sidérius será a Terra, e penso, que não será necessário eu explicar a causa ou os porquês. E neste caso, não dará mais tempo para se evitar as hecatombes previstas, pois elas foram anunciadas milenarmente por avatares, pela Bíblia, por videntes e clarividentes, mas ninguém deu ouvido, preferiram ouvir a Ciência cega e insensível e se dedicarem a belicosidade, a maldade, a negatividade e outros sentimentos vis!

O que poderá ser feito, é uma tentativa rápida de mudança de costumes e aumento das vibrações mentais e espirituais de cada ser humano, sem fanatismo ou religiosismo barato, para ou durante os próximos 10 ou 15 anos anos, tempo esse, que meus amigos calculam que Sidérius será mais sentido.

Ele entrará em sentido contrário ao Sol, ou seja, enquanto o Sol se põe, ele, imediatamente, surgirá no poente, para na manhã seguinte aparecer no Zênite (no Céu), como o segundo Sol e durante alguns meses os dois sois nos queimarão inapelavelmente, até que ele se afaste, dividindo nosso sistema solar em dois, tendo o Sol atual como líder de um novo sistema e Júpiter como líder do outro, levando consigo alguns dos atuais planetas. Vejam as páginas e capítulos específicos nos meus dois livros, agora também em PDF pelo meu site.

Sidérius entrará em nosso sistema solar pela proximidades do planeta Júpiter em órbita perpendicular as orbitas dos planetas.

Abraços.
DYezzi::.